DECO apresenta a Agenda do Consumidor 21-25 para as Autárquicas

DECO - Consultório do Consumidor
Tools
Typography

A DECO apresenta a sua Agenda do Consumidor para as Autárquicas 21-25 definindo 4 prioridades para os próximos anos: a Sustentabilidade, a Transformação Digital, a Habitação e a proteção de consumidores mais vulneráveis.

Acelerar a desindexação da tarifa de resíduos ao consumo de água, alargar os pontos de acesso gratuitos com rede Wi-Fi, criar balcões municipais de habitação e reforçar o Fundo Municipal de Emergência Social são algumas das medidas que constam desta agenda e traduzem a Voz do Consumidor naquelas que são as suas necessidades locais.

A DECO considera que a pressão digital, a transição ecológica, a habitação inclusiva e a proteção social serão, certamente, os maiores desafios que os municípios irão enfrentar, pelo que só centrando as políticas locais no cidadão se contribuirá para uma melhor qualidade de vida e bemestar dos munícipes.

“Muitos consumidores perderam o seu rendimento, as suas economias e outros encontram-se atualmente em situação de dificuldade e até mesmo em risco de exclusão social, pelo que as autarquias locais têm uma responsabilidade acrescida em mitigar as lesões provocada pela pandemia do COVID-19”, afirma a Diretora-Geral da DECO, Ana Tapadinhas.

Para contribuir para esta mitigação, a DECO divulga um conjunto de recomendações essenciais para tornar a proteção do consumidor local mais justa, inteligente e inclusiva.

Saiba mais em: https://deco.pt/

GPI DECO-AlgarveDECOAgendaConsumidor