fbpx

Algarve regista Procura acentuada de Investimento no Imobiliário de Luxo por parte de Compradores Alemães

Regionais
Tools
Typography
  • Alemães representam em média 15% do investimento em imobiliário de luxo no Algarve
  • Quinta do Lago é a zona mais procurada pelos compradores alemães

Portugal é desde há muito um destino de eleição para muitos estrangeiros, que procuram não só um local para desfrutar das suas férias, mas muitas vezes de um novo local para morar. Segundo dados da Engel & Völkers, consultora imobiliária direcionada para o mercado de luxo, o mercado alemão tem vindo a registar, nos últimos dois anos, um interesse crescente pela aquisição de imóveis em Portugal, com particular incidência na região do Algarve. Os compradores alemães já representam em média 15% do total de compradores da imobiliária na zona sul do país. As suas preferências incidem sobretudo por propriedades de luxo, nomeadamente moradias isoladas e com amplos espaços interiores e exteriores, com vista para o mar ou envolvente de natureza e muitas vezes próximas de campos de golfe.

Na zona de Faro-Tavira, a percentagem, o mercado alemão representa atualmente 8%. Em termos de requisitos, os compradores alemães desta localização procuram sobretudo apartamentos com terraços amplos ou moradias isoladas que apresentam um estilo mais tradicional que se localizam no centro das localidades.

Em Albufeira-Vilamoura, 15% dos imóveis transacionados têm como compradores os clientes alemães, sendo que a procura incide principalmente em moradias com jardim e piscina e tipologias V3 e V4. O cliente alemão privilegia a privacidade e a envolvência com a natureza, preferindo zonas de baixa densidade.

Já na Quinta do Lago, o comprador alemão já representa cerca de 25% da procura. Tem preferência por propriedades de charme, com áreas muito amplas, jardins e vista para o mar. Caso este último critério não seja possível, é essencial para esta tipologia de compradores que o imóvel fique localizado perto de praias e de campos de golfe.

Já em Portimão verifica-se que os germânicos são responsáveis por 8% das vendas, sendo que em janeiro último se denotou um pico de que representou 14% das operações de venda de imóveis por esta imobiliária. Relativamente ao tipo de propriedade preferida nesta zona, os clientes alemães dividem-se entre moradias isoladas com construção interior moderna, piscina e vista mar ou quintas de construção tradicional, situadas em zona tranquilas.

O propósito da aquisição de imóveis por parte dos compradores alemães relaciona-se sobretudo com investimento imobiliário e destino de férias, ainda que cada vez mais se registe a transferência da residência para Portugal. De acordo com os dados dos últimos Censos, registou-se entre 2011 e 2021 um aumento de 40,6% de pessoas de nacionalidade estrangeira residentes em Portugal, que agora representam 5,4% do total da população. De acordo com o INE, a população estrangeira tem uma presença mais elevada de população estrangeira no sul do país, nomeadamente na região do Algarve, representando 14,7% do total de estrageiros residentes em Portugal.

TinkleEngelVolkers

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS