fbpx

Quarteira | Exposição Fotográfica “Oficinas no Cabo do Mundo” - Centro Autárquico de Quarteira

Regionais
Tools
Typography

A Exposição Fotográfica “Oficinas no Cabo do Mundo” é um convite a uma visita à Fortaleza de Sagres através do olhar do outro, da forma como viu e sentiu aquele espaço, como descobriu as ténues linhas, as efémeras sombras, os detalhes, as nuances impercetíveis, os momentos fugidios, paralisando o movimento, eternizando o momento, fotografando de forma única e artística, produzindo imagens e memórias inesquecíveis, transformando imagens em poesia, fazendo de um click uma mensagem, de um pequeno detalhe um instante, uma memória.

A exposição que desde agosto de 2021 está a percorrer o Algarve, chegou agora a Quarteira onde ficará patente ao público de 3 de março a 3 de abril no Centro Autárquico.

Tendo iniciado esta viagem na Fortaleza de Sagres, onde recebeu milhares de visitantes, rumou a Alte, onde esteve no Polo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, seguiu para o Restaurante Rosmaninho em Sarnadas, uma pequena localidade na freguesia de Alte. Desceu da Serra ao litoral, para estar no Instituto Português do Desporto e Juventude em Faro e posteriormente nas Ruínas Romanas de Milreu – Estoi.

"Oficinas no Cabo do Mundo” foi um Projeto que envolveu jovens que frequentam o Curso Profissional de Técnico de Turismo da Escola Profissional Cândido Guerreiro e séniores residentes na freguesia de Alte por si convidados a embarcarem numa viagem de descoberta, de exploração, de aprendizagem, da vivência conjunta de experiências, de troca de conhecimentos, de partilha de afetos e de criação artística sobre a Fortaleza de Sagres.

Uma viagem que promoveu o desenvolvimento das relações e cumplicidades intergeracionais e motivou para a conhecimento, a valorização, a preservação e a divulgação do Património.

“Oficinas no Cabo do Mundo junta num tempo e em dois espaços, matéria de três tempos diferentes: o tempo do monumento e o tempo de duas gerações humanas… Lindo o projeto, quase etéreo…porque etéreo é o tempo.”

António Martins / Presidente da Junta de Freguesia de Alte

O projeto, a partir de uma ideia original de Isa Catarina Mateus, foi desenvolvido de maio a outubro de 2021 no âmbito do Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos (DiVaM), da Direção Regional de Cultura do Algarve. Promovido por uma parceria constituída pela Associação In Loco, a Junta de Freguesia de Alte, a Escola Profissional de Alte, CIPRL e a sua Escola Profissional Cândido Guerreiro, o Centro de Animação e Desenvolvimento Comunitário da Freguesia de Alte, a Casa do Povo de Alte/Juventude Altense, contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé - Museu Municipal - Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, da Região de Turismo do Algarve, da Federação Nacional de Cineclubes e da Federação Internacional de Cineclubes.

A itinerância em curso, tem vindo a contar com o apoio das entidades, organizações e empresas que a têm acolhido nas suas instalações: Fortaleza de Sagres, Polo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte; Restaurante Rosmaninho – Sarnadas/Alte; Instituto Português do Desporto e Juventude – Faro, Direção Regional de Cultura do Algarve e agora também da Junta de Freguesia de Quarteira.

“Foi com enorme orgulho que vim experienciar esta exposição. Sobre o Algarve mais esquecido, o Algarve de História e de paisagens únicas.”

Mãe da Inês Pereira, uma das jovens alunas que participou no Projeto

Associação IN LocoExposicaoOficinaQuarteiraExpoOficinasQuarteira1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS