fbpx

Alcoutim | Aldeia do Pereiro alvo de Obras de Valorização

Regionais
Tools
Typography

O Município de Alcoutim assinou recentemente o termo de aceitação de uma candidatura ao PADRE designada por “Valorização Urbana na Aldeia do Pereiro”. A candidatura tem um investimento elegível de 756.163,66 euros, ao qual foi atribuída uma comparticipação comunitária (FEDER) de 529.314,57 euros, sendo esperada a sua conclusão até 31 de dezembro de 2022.

Pretende melhorar e consolidar os espaços públicos da aldeia, intervindo-se ao longo das principais ruas, num largo e num troço da EN 124, tendo o seu inicio em torno da rotunda, desenvolvendo-se até ao parque de caravanismo e para Oeste, numa extensão de 485m, com a criação de faixa pedonal e ciclovia. Pretende-se a requalificação das ruas com a criação de estacionamento ordenado. Junto à rotunda, os espaços serão revestidos a calçada tradicional e instalados equipamentos geriátricos.

A operação tem enquadramento no Programa Operacional CRESC Algarve 2020, eixo prioritário 5 – investir no emprego, objetivo temático 8 – promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral, prioridade de investimento – 8.9. – A conceção de apoio ao crescimento propício ao emprego, através do desenvolvimento do potencial endógeno como parte integrante de uma estratégia territorial para zonas especificas, incluindo a conservação de regiões industriais em declínio e o desenvolvimento de determinados recursos naturais e culturais e da sua acessibilidade, estando o investimento incluído no Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (PADRE).

O investimento tem como objetivo a requalificação de arruamentos nesta aldeia, a criação de circuitos pedonais, de ciclovias, de estacionamento ordenado e de equipamento comunitário, que permitirá uma melhor ligação entre a Área de Serviço de Autocaravanas (ASA) do Pereiro e a aldeia, melhorando não só a qualidade de vida dos residentes, mas também a sua atratividade turística.

GC do Mun AlcoutimPereiroAldeia1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS