Tavira e Faro recebem os últimos concertos do Festival de Órgão

Regionais
Tools
Typography

Sexta-feira, 26 de novembro, tem lugar na Igreja da Misericórdia de Tavira o único concerto de música de câmara integrado nesta edição do Festival de Órgão. A acompanhar André Ferreira nos teclados e registos do Órgão histórico construído em 1785, André Conde dá-nos a escutar o timbre do trombone. L. Mozart, Giazotto/Albinoni, Corelli, Handel e Marcello são os compositores escolhidos para esta noite única onde se irão escutar adágios, sonatas e até árias de ópera!

No sábado, 27 de novembro, o ciclo de concertos do Festival encerra em grande na Sé de Faro, com uma noite de música coral e órgão pelo Officium Ensemble e Sérgio Silva, dirigidos por Pedro Teixeira. Serão executadas as "Novas Flores de Música", conjunto de obras dos compositores contemporâneos portugueses Eurico Carrapatoso (Pange lingua), João Madureira (Poema), João Santos (Verso) e João Vaz (Magnificat), combinadas com obras renascentistas de Manuel Rodrigues Coelho. Este concerto conta com o apoio complementar da Direção-Geral das Artes.

A fechar o Festival, na tarde de domingo 28 de novembro realiza-se na Sé de Faro o concerto protagonizado pelos alunos da Escola de Órgão que pretende dar a conhecer o seu trabalho. A Escola de Órgão da Sé de Faro iniciou-se no ano letivo de 2017/2018, por iniciativa do Cabido da Sé, na pessoa do Cónego José Pedro Martins. Contando atualmente com 20 alunos, visa prepará-los no acompanhamento do canto litúrgico e no aprofundamento dos conhecimentos musicais. As aulas são lecionadas pelo organista André Ferreira.

Os concertos de 26 e 27 de novembro realizam-se às 21h00 e o concerto de 28 de novembro realiza-se às 15h00, sendo todos de entrada livre (gratuita).

Os programas de concerto estão disponíveis no Livro do Festival: https://heyzine.com/flip-book/9743b8d09d.html

Como solista ou integrado em diversos agrupamentos musicais, André Ferreira já efetuou recitais em Portugal, Espanha, Itália, Holanda, Inglaterra e Nova Zelândia. Colabora como organista com a Paróquia de S. Tomás de Aquino e com a Paróquia de Santa Maria de Belém, Mosteiro dos Jerónimos. É professor de Órgão na Escola Diocesana de Música Sacra do Patriarcado de Lisboa, no Conservatório de Mafra e na Sé Catedral de Faro.

André Conde tem integrado diversas orquestras nacionais e estrangeiras como trombonista convidado: Orquestra da Ópera de Zurique; Malaysian Philharmonic Orchestra; Tonhalle Orchester Zürich; Orquestra Gullbenkian, Orquestra Metropolitana de Lisboa; Orquestra Sinfónica do Porto – Casa da Música; Orquestra Sinfonietta de Lisboa; Orquestra Clássica do Sul; entre outras. Atualmente é docente na Academia Nacional Superior de Orquestra e na Universidade de Évora.

Officium Ensemble tem-se estabelecido como um dos mais proeminentes grupos vocais portugueses dedicados à música antiga. Atua regularmente em festivais de música antiga: Jornadas Internacionais Escola de Música da Sé de Évora, Festival Música em São Roque, Terras sem Sombra, Dias da Música (CCB), Festival de Órgão de Lisboa, Festival Internacional de Música de Marvão, Cistermúsica, Festival Laus Polyphoniae (Antuérpia) e o Festival de Música Antiga de Utrecht - Oude Muziek.  Gravou para o canal Mezzo e os seus concertos são frequentemente retransmitidos pela Antena 2.

Como concertista, Sérgio Silva apresenta-se regularmente, tanto a solo como integrado em diversos agrupamentos nacionais de prestígio, tendo atuado em Portugal, Espanha, Itália, Inglaterra, França, Alemanha e Macau. Atualmente, desempenha as funções de docência de órgão no Instituto Gregoriano de Lisboa e na Escola de Música Sacra de Lisboa, e é organista titular da Basílica da Estrela e da Igreja de São Nicolau (Lisboa).

Pedro Teixeira é reconhecido pelas suas interpretações intensas e expressivas do repertório coral. Orienta masterclasses de direção coral e classes de Verão. É membro de júri em concursos de coros: Festival Coral de Verão de Lisboa, Gran Premio de Canto Coral Espanha, Winter Choral Festival Hong-Kong, e Singapore International Choral Festival. Desde 2011 colabora com o Coro Gulbenkian, como maestro-ensaiador e como maestro-convidado dirigindo concertos 'a cappella'. É professor na Escola Superior de Música de Lisboa e na Escola Superior de Educação de Lisboa.

Com organização da Associação Música XXI, O Festival de Órgão do Algarve 2021 conta com os apoios da Direção Regional de Cultura do Algarve e dos Municípios de Faro, Loulé, Portimão e Tavira, com o apoio à divulgação da Região de Turismo do Algarve e com os parceiros de comunicação Antena 2, Sul Informação e Rua FM. Conta ainda com o parceiro de alojamento Hotel Faro e com a parceria da Diocese do Algarve, do Cabido da Sé de Faro, da Ordem do Carmo de Faro e das Paróquias de Portimão, Boliqueime e Tavira.

Página FB do evento: https://www.facebook.com/festivalorgaoalgarve/

Música XXIFestOrgao2FestOrgao3OrgaoIgrejaTaviraOrgaoIgrejaSeFaro

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS