Loulé | Dia da Floresta Autóctone: Município associa-se ao Projeto "Life Terra"

Regionais
Tools
Typography

A assinatura de um protocolo com a Associação Natureza y Hombre – Portugal, no âmbito do Projeto “Life Terra”, será um dos pontos altos do programa comemorativo do Dia da Floresta Autóctone que o Município de Loulé promove na próxima terça-feira, 23 de novembro, durante a manhã.

Com a missão de restaurar e promover a ligação entre a sociedade e a natureza, facilitando a plantação de árvores e capacitando as comunidades com conhecimento, tecnologia e ferramentas para a ação climática no presente e no futuro, “Life Terra” assenta na criação de uma rede de voluntários e de entidades com atividade no âmbito da promoção da floresta.

Nesta efeméride ambiental que é anualmente comemorada em Loulé com iniciativas de valorização deste património natural ficará ainda marcada por uma ação de reflorestação, através do adensamento do terreno adjacente à Instituição de Solidariedade Social da Serra do Caldeirão, no Barranco do Velho.

Recorde-se que a Agenda para as Florestas é um dos dossiers que o Município tem neste momento em mãos, assumindo ser este mais um instrumento para responder às necessidades crescentes de sequestro de carbono da atmosfera.

Por outro lado, várias têm sido as iniciativas no concelho de Loulé que visam a promoção da reflorestação do território. Ao abrigo de um acordo celebrado com o ICNF em maio deste ano, o Município pretende plantar dezenas de milhares de árvores nos próximos 5 anos.

O Dia da Floresta Autóctone, que se assinala a 23 de novembro, foi estabelecido para promover a divulgação da importância da conservação das florestas naturais, apresentando-se como um dia mais adaptado às condições climatéricas de Portugal e Espanha para se proceder à sementeira ou plantações de árvores, alternativo ao Dia Mundial da Floresta, 21 de março, que foi criado inicialmente para os países do Norte da Europa.

GAP da CM LouléCaldeiraoArvores

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS