Loulé | Arquitetura é Temática em Destaque de duas Obras apresentadas em Loulé

Regionais
Tools
Typography

“Gonçalo Ribeiro Telles – O Homem e a Obra” e “Platibandas do Algarve”. No próximo sábado, 13 de novembro, pelas 16h00, o Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé irá receber uma sessão de apresentação de duas obras distintas – um livro biográfico e outro dedicado a um elemento característico do património edificado algarvio - mas com um denominador comum: a Arquitetura. Obras que serão apresentadas por Fernando Santos Pessoa e por Guilherme d’Oliveira Martins.

Figura incontornável da Arquitetura portuguesa, Gonçalo Ribeiro Telles deixou-nos faz precisamente hoje, 11 de novembro, um ano mas a sua marca perdurará e é também essa ideia que outro arquiteto, Fernando Santos Pessoa, quis transmitir em “Gonçalo Ribeiro Telles – O Homem e a Obra”.

Com Gonçalo Ribeiro Telles a Arquitetura Paisagista chegou ao conhecimento do público em geral como a atividade indispensável à concretização do ordenamento do território e da paisagem, e como suporte fundamental de uma política de ambiente e de qualidade de vida. Esta edição leva-nos a descobrir como ele desenvolveu a sua ação pedagógica, profissional e política ao longo de várias décadas de vida, trabalho e militância de causas.

O livro inclui 74 imagens, entre fotografias, projetos e pinturas por ele realizadas, que nos dão uma imagem da dimensão da criatividade e qualidade de uma obra imensa que nos deixou. Gonçalo Ribeiro Telles constitui um exemplo profissional, ético, e metodológico com grande interesse para as várias gerações que reconhecem e admiram esta figura de referência da nossa da cultura contemporânea.

Este livro, patrocinado pela Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas, resulta de um trabalho rigoroso e apaixonado que o arquiteto paisagista Fernando Santos Pessoa, primeiro como aluno, depois como colega, e mais tarde amigo e companheiro de Gonçalo Ribeiro Telles, soube registar num texto recheado de memórias de um grande admirador. Uma espécie de road-map pelo homem e a obra do arquiteto paisagista e engenheiro agrónomo mais conhecido em Portugal.

O segundo livro apresentado neste dia teve o apoio dos Municípios de Loulé, Albufeira, Castro Marim, Olhão, Portimão, Tavira e Vila do Bispo e da Direção Regional de Cultura do Algarve. Da autoria do fotógrafo algarvio Filipe da Palma, autor das imagens, com textos de Miguel Reimão Costa, José Eduardo Horta Correia, Alexandre Tojal e Pedro Prista, e ainda prefácio de Guilherme d’Oliveira Martins, “Platibandas do Algarve” apresenta aquela que é uma referência marcante dos edifícios da região e um elemento de grande valor patrimonial, com uma importância notável na imagem dos aglomerados urbanos e dos núcleos rurais.

Embora mais evidentes na região do Sotavento, a sua presença é uma constante em todo o território do Algarve e sobressai de uma forma graciosa e colorida na valorização da paisagem de toda a região.

As platibandas constituem uma expressão muito especial da afirmação da cultura construtiva regional, tanto na arquitetura popular, como na erudita. São também um testemunho do gosto de criar formas e da perícia de construir do povo algarvio.

Esta edição, ilustrada com mais de 160 imagens, é o resultado de um significativo e original levantamento fotográfico, que se tornou a base de um estudo importante para a identidade da região e para os apreciadores do património do Algarve.

Esta sessão dupla em Loulé é uma oportunidade para o público aprofundar o conhecimento sobre uma arte tão presente no nosso quotidiano e os seus protagonistas. A entrada é livre.

GAP da CM LouleLouleGoncaloRTelesLoulePlatibandasAlgarve

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS