SB de Alportel | Município e UALg apresentam reedição de "Bezerros de Ouro" de José Dias Sancho

Regionais
Tools
Typography

“Bezerros de Ouro” dá titulo ao romance do escritor são-brasense, José Dias Sancho (1989 – 1929), cuja reedição é apresentada esta sexta-feira, dia 12 de novembro, pelas 17h00, na Biblioteca Municipal de São Brás de Alportel.

Trata-se do segundo volume da coleção das obras de José Dias Sancho, ora reeditadas pelo município, através da editora Opera Omnia, que surge na sequência do primeiro volume, intitulado “Deus-Pan e outros contos”, lançado a 1 de junho deste ano, Dia do Município de São Brás de Alportel que marcou o 20.º aniversário da Biblioteca Municipal Dr. Estanco Louro.

O aguardado segundo volume da coleção que revela o único romance de José Dias Sancho “Bezerros de Ouro” vai ser apresentado pela equipa de investigadoras responsáveis: Sílvia Quinteiro e Maria José Marques. Um romance só publicado postumamente, em 1930, por iniciativa do seu sobrinho, Roberto Nobre que herdou o seu génio multifacetado.

Nas palavras de José Dias Sancho, a obra é “uma rápida vista sobre a vida social portuguesa contemporânea, localizada na província, num período de agitação eleitoral. Comédia e drama, a um tempo, ele não é mais do que um reflexo da existência humana com todos os seus ridículos, aspirações sôfregas e cruciantes dores”.

Segundo as investigadoras responsáveis por este projeto, trata-se de “um enredo recheado de ambição, poder, política, desejo, adultério, egoísmo, amor e traição, temas recorrentes na obra de José Dias Sancho”. O título da obra, “Bezerros de ouro” é uma clara alusão ao bezerro de ouro da passagem bíblica.

Esta coleção de autor resulta de um projeto conjunto entre o Município de São Brás de Alportel e a Universidade do Algarve que tem como missão homenagear José Dias Sancho (1989 – 1929) através da reedição da obra completa desta personalidade carismática são-brasense, singular na história da região e vulto maior da cultura. Prevê-se o lançamento de duas obras por ano, num total de seis.

Formado em Direito, José Dias Sancho na sua curta vida, deixou vasta obra impressa: contos, poemas, crítica literária, artigos de opinião, entre os quais se destacam os de teor regionalista, dispersos em jornais de todo o país e no estrangeiro. O conjunto da sua obra destaca-se pela qualidade do seu conteúdo literário e pela atualidade do seu espírito crítico, atento e refinado que merece ser dado a conhecer.

GI da CM SBABezerrosOuro

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS