Teia D'Impulsos educa para o Meio Aquático e leva Alunos a Velejar

Regionais
Tools
Typography

Arrancou hoje, oficialmente, o novo projeto da Associação Teia D'Impulsos no âmbito da Educação para o Meio Aquático (EMA), co-financiado pelo Programa Operacional Mar 2020, destinado a alunos do 5.º ao 7.º ano do concelho de Portimão.

As escolas que revelaram interesse em participar encaminharão as suas turmas para as sessões do EMA a decorrer na Marina de Portimão. Durante cerca de três horas, as respetivas turmas são divididas em grupos e enquanto uns aprendem mais sobre a biodiversidade e a preservação dos ecossistemas marinhos, com atividades lúdicas na praia, outros experimentam técnicas de navegação de barco à vela.

Mas, afinal, o que é isto de educar para o meio aquático? A bióloga marinha do projeto, Rita Silva, explica-nos que no EMA "as crianças irão aprender um pouco sobre a vida marinha presente na região, os seus habitats e como podemos todos ajudar o nosso Planeta".

O objetivo do projeto é "promover o enriquecimento dos programas curriculares, com a inclusão de uma oferta educativa no âmbito da cultura marinha e marítima". Além disso, o EMA pretende sensibilizar as crianças e jovens para a importância do meio aquático e da economia azul, com todas as oportunidades que estes oferecem, assim como incutir-lhes responsabilidade ambiental e práticas eco-friendly.

A par de outros projetos da Associação, como o FICA - Férias Inclusivas para a Comunidade Algarvia e a Vela Solidária, também o EMA estará apto para a participação de crianças e jovens com mobilidade condicionada. A 1.ª fase do projeto será desenvolvida ao longo deste ano letivo, 2021-2022, e irá abranger cerca de 2.400 alunos e 2.000 famílias de Portimão.

Associação Teia d'ImpulsosMeioAquatico1MeioAquatico2

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS