Loulé | 'Rocha da Pena' e 'Fonte Benémola' recebem novos Equipamentos de Apoio a Visitantes

Regionais
Tools
Typography

Na semana de 10 a 14 de agosto realizaram-se vários trabalhos de manutenção necessários ao bom funcionamento dos percursos pedestres homologados da Rocha da Pena (PR18 LLE) e da Fonte Benémola (PR16 LLE), um compromisso assumido pela Câmara Municipal de Loulé perante a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, entidade responsável pelos respetivos processos de implantação e homologação dos percursos.

Procedeu-se à substituição dos 10 painéis temáticos que se encontram ao longo dos percursos pedestres, 6 na área protegida da Fonte Benémola e 4 na área protegida da Rocha da Pena, com incidência nas temáticas de Fauna, Flora, Água e Património Construído.

Estes painéis encontravam-se já bastante degradados, quer por razões naturais (exposição solar, precipitação, vento, entre outras), quer por atos de vandalismo. A sua substituição, para um melhor usufruto dos visitantes, permitiu ainda fazer uma revisão, atualização e melhoria dos conteúdos em versão bilingue (Português e Inglês).

A Paisagem Protegida Local da Fonte Benémola conta agora também com 6 papeleiras, mais 4 do que existia até à data. Estas papeleiras vieram reforçar e complementar locais chave como parques de estacionamento, parques de merendas e a margem direita da ribeira, junto às poldras. Com a situação pandémica que vivemos tem-se notado um considerável aumento na procura por espaços ao ar livre, nomeadamente áreas de elevados valores naturais e/ou culturais, com a consequência incontornável do aumento da quantidade de resíduos. O aumento do número de papeleiras só terá repercussões visíveis e positivas com a ajuda de todos os visitantes, que deverão usá-las para colocar o lixo que produzem.

Brevemente serão afixados Totens, nos acessos menos conhecidos da Paisagem Protegida Local da Fonte Benémola, que irão assinalar e alertar os visitantes da sua entrada numa Área Protegida.

Por fim, serão substituídas/reparadas 9 balizas em plástico reciclado, usadas para sinalizar o percurso pedestre da Rocha da Pena, e que se encontravam degradadas, reforçando a aposta do município numa valorização deste espaço através da escolha de materiais e estruturas mais sustentáveis.

“Queremos melhorar as condições de vivência de quem procura estes espaços que fazem parte do nosso património natural. Esta ação visa não só o amento da informação aos visitantes, mas também a sensibilização dos mesmos para o respeito que todos deveremos ter para com estas áreas protegida e todas as dinâmicas naturais que lá ocorrem”, sublinha Vítor Aleixo, autarca de Loulé.

Recorde-se que as Paisagens Protegidas da Rocha da Pena e da Font da Benémola são dois dos geossítios que fazem parte do aspirante Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira.

GAP da CM LouléBenemolaBenemola1Benemola2Benemola3

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS