GPSummit: Conferência inovadora para Médicos de Família, conta com a participação de Pedro Abrunhosa entre os convidados especiais

Regionais
Tools
Typography

É já nos próximos dias 17 e 18 de junho de 2021 que irá decorrer a 1.ª edição do Global Physician Summit - Family Medicine Edition, a conferência virtual que pretende capacitar os Médicos de Família em três vertentes fundamentais do seu trabalho – clínica, gestão e visão, com um programa rico em temas atuais de aplicabilidade imediata. Concebido por Médicos de Família para Médicos de Família, este evento vai contar, não só com a presença de oradores reconhecidos em várias áreas da Saúde, mas também com participações inspiradoras, como a do músico e autor, Pedro Abrunhosa. E se aprender é bom, fazê-lo de forma dinâmica e divertida é ainda melhor. Nesse sentido, a Organização criou o GPQuiz, um jogo para consolidar conhecimentos, que dá prémios a todos os participantes que obtenham aproveitamento. O evento conta com o apoio da Presidência da República, da Ordem dos Médicos e é ainda acreditado internacionalmente. Razões de sobra para fazer parte do GPSummit, cujas inscrições estão ainda abertas.

“Temos a certeza que será inesquecível, não só pela qualidade, como também pela inovação que traz à formação médica contínua”. Esta é a opinião partilhada pelos três elementos da equipa organizadora, Inês Campos Costa, Nuno Capela e Tiago Taveira-Gomes, relativamente ao GPSummit, cujo mote é “Vem inspirar o futuro!”.

Neste sentido, a organização do GPSummit preparou uma sessão diferente, conduzida por uma figura pública externa à Medicina, com a missão de inspirar os participantes a cultivar o desenvolvimento pessoal e profissional. Falamos de Pedro Abrunhosa, músico e autor, que irá fechar o evento com chave de ouro e ativar o motor da mudança com o tema “Arte e Ciência, busca permanente”.

Além desta surpresa, e na senda da inovação, a primeira edição do GPSummit contará com um jogo didático, o GPQuiz, baseado em questões de escolha múltipla para ajudar na consolidação de conhecimentos entre os participantes. É também necessário completar desafios escondidos nas sessões, na exposição científica e na exposição técnica. Este esforço será recompensado com prémios, apoiados pelos parceiros do evento, para todos os participantes que obtenham aproveitamento no jogo.

Segundo a organização, o GPSummit diferencia-se pela curadoria do programa, oradores e acompanhamento próximo e profissionalizado da preparação de palestras. “Esta iniciativa permitirá aos colegas refinar competências ao longo da carreira profissional de um modo leve, informal e divertido, nas três grandes vertentes que pautam o trabalho da Medicina Geral e Familiar – a clínica, a gestão e a visão holística”, afirma Tiago Taveira-Gomes, acrescentando que o GPSummit pode ser encarado como uma formação “complementar às demais iniciativas pensadas para os médicos de família”.

Também Inês Campos Costa acredita que “um evento de referência na área da Medicina Familiar tinha de abordar temas técnicos, mas também temas relacionais, sociais e de gestão”. Por isso mesmo, o programa foi construído de forma muito alargada e criativa, incluindo desde conferências sobre temas clínicos – insuficiência cardíaca, lesões ortopédicas, interações farmacológicas, doença renal crónica e diabetes ou depressão – até intervenções dedicadas a temas mais práticos do dia-a-dia do médico de família, como a criação de um processo assistencial integrado, a organização de uma pasta partilhada, a comunicação e a inteligência emocional em ambiente de consulta.

“Perante um volume de informação que cresce continuamente”, diz Nuno Capela que “o GP Summit constitui uma ferramenta que ajuda os clínicos no processo de atualização de conhecimentos, pois os conteúdos são abordados de forma a ir ao encontro das necessidades dos MF e são entregues de uma forma objetiva e prática, para que possam ser exequíveis e impactantes”.

Igualmente merecedor de destaque, por um lado, o programa de treino digital informal, preparado para utilização pós-conferência, com o objetivo de se aplicar o que foi apreendido e de se consolidar conhecimentos; e por outro lado, a apresentação de trabalhos em diferido, no formato póster ou vídeo, disponíveis 24/7 e com a possibilidade de interação entre colegas. Falamos não apenas de trabalhos com teor clínico e científico, mas também projetos e ideias inovadoras que pretendam solucionar os desafios da saúde.

As inscrições para o GPSummit continuam abertas. Para registo ou consulta de mais informações, basta aceder ao website do evento em https://www.gpsummit.pt.

GPSummitPedroAbrunhosa

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS