SB de Alportel | Município celebrou 107 anos com forte aposta nas Acessibilidades Físicas e Digitais

Regionais
Tools
Typography

O 107.º aniversário do Município de São Brás de Alportel foi celebrado com a abertura de uma nova era nas acessibilidades do concelho. Acessibilidades físicas, com a inauguração do novo Terminal Rodoviário “Circular”, a apresentação do projeto de requalificação da EN2 – ligação à A22, estruturante para o desenvolvimento do concelho; a apresentação do Plano Urbanístico do Quarteirão Fonte Maria, para uma nova centralidade e mobilidade a norte da vila, um espaço que para além de áreas habitacionais e de equipamentos, vai acolher o Jardim dos Combatentes onde será instalado o monumento em Tributo aos Combatentes e um Campus Social, pronto para receber novos equipamentos sociais, em áreas fundamentais, como a saúde e o apoio à população com deficiência; e acessibilidades digitais com a abertura da nova “Portal Digital” do Município, aberta 24 horas, 7 dias por semana, com acesso a um conjunto muito diversificado de serviços online, sendo um dos primeiros municípios a concluir mais esta etapa do projeto intermunicipal Simplex Autárquico.

Momentos que marcaram a manhã do passado dia 1 de junho, Dia do Município, cujas comemorações decorreram no novo Terminal Rodoviário “Circular”, localizado a norte da vila, junto à circular norte, na presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

“Ficou claro, querem mais vida a norte da vila, uma nova centralidade, mais mobilidade, mais espaços verdes, mais cuidados de saúde, mais cuidados sociais para a população. E isso, é coesão social e territorial”, afirmou acrescentando: “valorizar aquilo que já existe, reabilitando e renovando com modernidade. Isso é coesão social e territorial”.

Ingredientes que afirmou importantes para um bom serviço público que proporcione melhor qualidade de vida a todos quantos vivem, trabalham ou visitam o concelho e que, sobretudo, permitam que o viver em São Brás de Alportel, na serra ou no barrocal tenham as mesmas oportunidades do que as pessoas que vivem nos grandes centros urbanos.

Um sentimento partilhado pelo presidente da Assembleia Municipal, Ulisses Brito, que considera que o concelho se tem desenvolvido de forma harmoniosa fruto de um bom uso dos fundos comunitários e da visão dos seus líderes.

“Celebramos a nossa história, uma História de autonomia, de progresso e desenvolvimento sustentável, construída por grandes homens e grandes mulheres, construída pela comunidade são-brasense”, disse o presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vitor Guerreiro, nesta cerimónia de acesso restrito, para cumprimento das regras de segurança para prevenção de contágio por COVID-19, mas emitida em direto nas redes sociais do Município.

Este período pandémico e as dificuldades colocadas ao Município e a toda a sua população marcou o último ano e meio de forma inequívoca e Vitor Guerreiro enalteceu e agradeceu a todos os membros da comunidade que de forma profissional e/ou pessoal se têm envolvido e colaborado para encontrar novas respostas e rumos em prol da comunidade, mostrando uma resiliência extraordinária e exemplar.

Exatamente para apoiar esta comunidade exemplar, o Município tem vindo a criar sinergias e parcerias com entidades e associações locais e regionais e tem mesmo contado com a participação dos cidadãos para colocar em marcha diversas respostas e apoios sociais. Vitor Guerreiro recordou o apoio à economia local que tem vindo a ser dado através do Plano SOS Economia local composto por um conjunto amplo de medidas para ajudar os empresários do concelho a superar esta fase crítica da economia nacional e internacional. Os projetos e as medidas multiplicaram-se em diversas áreas da vida da comunidade, particularmente no apoio social, na área da saúde com projetos como as máscaras sociais, o centro de testagem “Drive Thru” e o Centro Municipal de Vacinação, assim como na área da educação com a adaptação das escolas à nova realidade.

A pensar no futuro, Vitor Guerreiro sublinhou que o Município continua a implementar a sua estratégia de desenvolvimento do concelho onde se enquadram investimentos importantes na área do empreendedorismo, do ambiente, da educação, do turismo, da Proteção Civil, do Desporto, entre outras.

A área de serviço de autocaravanas tem a sua inauguração prevista para este mês de junho e também para breve está a inauguração do Núcleo Interpretativo da Serra do Caldeirão. Projetos com missões próprias que se enquadram na estratégia municipal que visa um desenvolvimento sustentável do concelho que proporcione qualidade de vida aos são-brasenses de hoje e para as próximas gerações.

O Quarteirão Fonte Maria materializa, segundo Vitor Guerreiro, “muitos dos principais objetivos da estratégia de desenvolvimento sustentável que defendemos para o nosso concelho: resposta sociais de apoio à população, acessibilidades universais, qualidade ambiental, desenvolvimento económico e valorização da nossa história e das nossas gentes”.

Num concelho, que de acordo com os dados já disponíveis pelos Censos de 2021, registou um crescimento populacional superior a 6% nos últimos 10 anos, tendência que se pretende manter em prol do desenvolvimento económico, social e cultural, é vital planear, preparar o futuro.

Na sua intervenção, o vereador Acácio Martins elencou diversas obras realizadas e projetadas para o concelho nas áreas do urbanismo, da mobilidade e das acessibilidades e lembrou que cada uma delas representa mais um passo, mais contributo para a qualidade de vida no concelho, mas também para a sua atratividade e dinâmica económica e turística.

Durante a parte da tarde, as comemorações prosseguiram com as comemorações dos 20 anos da Biblioteca Municipal, com exposições, momentos de celebração do Dia da Criança e o lançamento do primeiro título da aguardada reedição da obra de José Dias Sancho; a inauguração da exposição alusiva aos 40 anos da Universidade do Algarve e o desafio “é de pequenino que se escolhe o pratinho” no âmbito do projeto Prato Certo.

As comemorações encerraram com a transmissão, através das redes sociais do Município e no Meo Kanal 205 250, de um original Espetáculo Musical comemorativo “Sons de São Brás”, que é um espetáculo em forma de viagem e uma viagem em forma de espetáculo, exclusivamente com temas originais de autores são-brasenses, à descoberta do concelho, num apoio à cultura e à economia local.

Requalificação da EN2 entre São Brás de Alportel e a A22

A apresentação do projeto de requalificação da EN2 entre São Brás de Alportel e a A22 (Via do Infante) coube a José Manuel Faísca, da direção de engenharia e ambiente da Infraestruturas de Portugal.

Um projeto que pretende criar melhores acessibilidades, melhor mobilidade, reduzir tempos de percurso, dar maior conforto e segurança de circulação e contribuir para o desenvolvimento económico e social a nível local, regional e nacional.

O projeto prevê intervenções ao longo de 7.718 metros, a criação de nove rotundas, a retificação do traçado em duas zonas, a criação de três vias adicionais para veículos lentos em 2,4 quilómetros, a reabilitação e reforço de pavimentos assim como a reabilitação de obras de arte existentes que vão permitir a aproximação de São Brás de Alportel à rede fundamental para o transporte de pessoas e mercadorias, tendo como foco os eixos de acesso ao aeroporto, à rede ferroviária, ao litoral e à Europa, seja através da EN2, da EN 125 ou da Via do Infante ( A22) ao mesmo tempo que se protegem habitações e empresas existentes neste troço.

Após a apresentação do projeto, a Ministra Ana Abrunhosa assegurou: “Esta ministra já assumiu um compromisso público com a requalificação desta ligação e mantem esse compromisso. Portanto, continuaremos a trabalhar, contando sempre com as Infraestruturas de Portugal e com o Ministério das Infraestruturas e Habitação que são também extraordinários parceiros da coesão territorial no Governo, mas sobretudo no território”.

Porta Digital do Município de São Brás de Alportel

As novas tecnologias têm vindo ao longo do tempo a ser introduzidas na vida quotidiana e nos serviços públicos para simplificar e acelerar processos e o serviço à comunidade. O contexto pandémico veio acentuar as suas potencialidades e a necessidade da sua utilização de uma forma que permita aproximar autarquias, entidades públicas e privadas dos cidadãos.

Ciente dessa realidade, o Município tem vindo a preparar a abertura de mais uma porta de atendimento à população que foi disponibilizada online esta terça-feira, 1 de junho.

“Hoje abrimos a nova Porta Digital do Município, que está aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana. Queremos simplificar a vida dos nossos munícipes, fazer a diferença na vida das pessoas e das empresas através da desmaterialização de processos, pra disponibilizar os serviços de forma digital, mais fácil e acessível para todos”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel Vitor Guerreiro durante a sua intervenção em que convidou todos os são-brasenses a fazer o registo nesta plataforma.

Um investimento integrado num projeto intermunicipal, conciliado com o Simplex 2.0 e no Algarve Mais Digital, com cofinanciamento FEDER a 80% e que segue a estratégia municipal na área da modernização, transparência e agilização dos serviços municipais através desta plataforma que está a ser apetrechado com dezenas de formulários para diferentes áreas e serviços que passam a estar disponíveis aos cidadãos através de um dispositivo eletrónico.

GI da CM SBADiaSBAlportel1DiaSBAlportel2DiaSBAlportel3DiaSBAlportel4DiaSBAlportel5

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS