"BEZARANHA" nas ruas, monumentos e salas do espetáculo do Algarve

Regionais
Tools
Typography

Os "Ventos que vêm por bem", trazidos pelo BEZARANHA, continuam a percorrer os municípios do Algarve. Com uma programação diversificada, as iniciativas visam, a uma escala intermunicipal, fomentar a itinerância e o apoio aos artistas locais, bem como a descoberta do território e a promoção do património cultural.

Portimão, Olhão, Tavira ou Castro Marim são só alguns dos concelhos por onde o BEZARANHA já passou, com eventos de música, dança e teatro. Ainda numa fase de transição, após um período em que os eventos ocorreram maioritariamente online devido ao contexto pandémico, espera-se que, nas próximas semanas, o público possa estar presente nos locais onde decorrem os espetáculos. O regime presencial, há muito aguardado, é, desde logo, motivo de satisfação tanto para os promotores, como para os próprios artistas que anseiam por essa proximidade que a cultura proporciona.

A programação, que junta cerca de 200 eventos e iniciativas e que promete chegar a todos os concelhos algarvios, vai contribuir para apoiar os artistas locais de cada município. Prevê-se que o projeto apoie mais de 700 artistas e outros profissionais do setor cultural.

Música com Viviane e Tó Viegas, Pedro Joia Trio com o acordeonista João Frade, Teatro, Gala de Fado, uma Mostra de Artes Performativas, e muitos outros artistas e iniciativas, já passaram pelo BEZARANHA. Amanhã, dia 15, será apresentada a primeira de três sessões da iniciativa "Danças do Guadiana" que reunirá, ao longo do mês, escolas e companhias do concelho de Vila Real de Santo António. Os espetáculos têm sido transmitidos em direto na página do FB dos municípios promotores e na do próprio BEZARANHA.

Esta é a primeira vez que um modelo de programação cultural em rede junta a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), os 16 municípios e a Direção Regional de Cultura para concretizar um projeto conjunto na área da cultura.

Acompanhe este vendaval que já se sente e que, em breve, se vai espalhar por ruas, monumentos e salas de espetáculo de todo o Algarve em www.bezaranha.pt e na página do FB do projeto.

O projeto Algarve - Programação Cultural em Rede resulta de uma candidatura que a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve submeteu, no âmbito do Programa Operacional Regional do Algarve (CRESC Algarve 2020), aprovada a 30 de dezembro de 2020. O investimento total do projeto é de 800 mil euros, financiado pelo PO CRESC ALGARVE 2020 e pelo FEDER- Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

WLPBezaranha

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS