TJ da Comarca de Faro | Detido por Violência Doméstica e Coação Sexual

Regionais
Tools
Typography

Dia 13 de maio, a Procuradora da República do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro afeta à violência doméstica, apresentou ao Juízo de Instrução Criminal de Faro, para interrogatório judicial de arguido, um homem de 38 anos indiciado pela prática de um crime de violência doméstica e de coação sexual, em que é vitima uma mulher de 33 anos.

Em 2008, em Faro, suspeito e vitima iniciaram um relacionamento amoroso, do qual nasceram dois rapazes, respetivamente, de 6 e de 8 anos de idade.

Suspeito e vitima terminaram o relacionamento no inicio de 2020, altura a partir da qual o suspeito passou a perseguir a vitima pelas ruas de Faro e a introduzir-se pela força na casa desta, local onde a apelidava de “gorda” e “puta”, agredi-a fisicamente, ameaçava-a de morte e de que lhe ficaria com os filhos por estar em situação económica superior.

Numa das ocasiões, no interior da casa, em Faro, o suspeito, entre outros atos, exerceu coação sexual naquela.

O arguido ficou sujeito à medida de coação de proibição de contactos com a vitima, monitorizado através vigilância eletrónica.

TJ da Comarca de FaroTribunalFARO

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS