SB de Alportel Presta Homenagem ao Poder Local nas comemorações do 25 de abril de 1974

Regionais
Tools
Typography

O 47.º aniversário da Revolução de 25 de abril de 1974 foi ontem assinalado em São Brás de Alportel com uma Sessão Solene Comemorativa realizada ao ar livre, em formato adaptado ao contexto de Pandemia, que contou com a presença do Secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho e teve por objetivo prestar Homenagem ao Poder Local.

O programa de comemorações do Dia da Liberdade conta nesta edição com a realização de exposições, partilha de testemunhos e memórias e um concerto apresentando online, que dá voz a um conjunto de artistas são-brasenses.

"Comemoramos hoje, o quadragésimo sétimo aniversário da revolução de abril, um marco histórico que devolveu a dignidade ao povo português, pelas mãos desinteressadas e corajosas daqueles que na madrugada do dia 25 de abril 1974 derrubaram uma Ditadura, e lutaram sem sede de fama ou vaidade, por um País livre, e para sempre ficaram a ser conhecidos como os Capitães de abril! Esta é a revolução que trouxe a democracia ao nosso país, e que o pôs no caminho do progresso!", com estas firmes palavras, o Presidente da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, João Rosa, dava início à Sessão Solene Comemorativa.

Este momento solene foi antecedido pela cerimónia protocolar de Hastear da Bandeia, ao som do Hino Nacional interpretado pela Banda Filarmónica de São Brás de Alportel, com a colaboração do Corpo de Bombeiros, em formato reduzido, exclusivamente para convidados, para prevenção de contágio por COVID-19.

Tendo presente a homenagem ao poder local assumida nas comemorações deste ano, o presidente da Assembleia Municipal, Ulisses de Brito, felicitou a iniciativa, de grande significado e lamentou que o Poder Local em Portugal ainda não tenha sido reforçado com a implementação da regionalização.

"Passados 47 anos desde a madrugada que trouxe a Liberdade e a Paz ao Povo Português, encontramo-nos hoje aqui, para celebrar este acontecimento que foi determinante no percurso da nossa história, reafirmando hoje e sempre os valores, os ideiais e as conquistas da Revolução do 25 de abril de 1974, pilares fundamentais na construção da democracia e de uma sociedade plural, promotora de Liberdade, Igualdade, Solidariedade e Justiça", sublinhou o presidente da Câmara Municipal, Vitor Guerreiro, na sua intervenção proferida em pleno Parque das Amendoeiras que este ano acolheu a Sessão Solene Comemorativa do Aniversário da Revolução de 25 de abril, que prestou homenagem ao Poder Local.
Vitor Guerreiro aproveitou ainda  o momento para deixar uma mensagem de agradecimento e alento aos são-brasenses e um agradecimento a todos os cidadãos e entidades públicas e privadas que têm unido esforços de forma exemplar para que São Brás de Alportel possa superar a pandemia e a consequente crise económica e social. "Uma vez mais, ser são-brasense foi e é sinónimo de união, partilha e solidariedade", vincou.

"O combate à pandemia, o apoio à economia local e o apoio às famílias em situação de fragilidade social e económica, têm sido os eixos prioritários de uma estratégia local de intervenção alicerçada no Fundo Municipal de Emergência", acrescentou Vitor Guerreiro elencando várias medidas municipais concebidas em contexto pandémico para dar resposta aos desafios atuais económicos, sociais e também ao nível da saúde onde a parceria com as autoridades de saúde permitiu, entre outras medidas, a criação do Centro de Testagem Drive e do Centro de Vacinação Municipal que entra em funcionamento esta terça-feira, 27 de abril, permitindo o início do plano de vacinação massivo da população.

Após um período de intervenções, seguiu-se o emocionante momento de entrega de placas comemorativas em tributo aos obreiros do Poder Local, atribuídas a todos os antigos presidentes da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel desde 1919. Lideres são-brasenses que agora integram a Galeria dos Presidentes da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel hoje inaugurada em homenagem ao Poder Local.

Durante a cerimónia, muitos antigos presidentes e seus representantes deixaram os seus breves mas muito sentidos testemunhos.

Maria Eugénia Narra, em representação do seu bisavô e antigo presidente José Rodrigues Passos Pinto (em funções de 1928 a 1933), deixou os votos de que um dia as galerias dos líderes são-brasenses possam ser compostas por homens e mulheres.

Convidado a participar nas comemorações são-brasenses da Revolução dos Cravos, o secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho, enalteceu a iniciativa "nada melhor para celebrar Abril do que reconhecer a importância dos autarcas" e recordou que está em curso o processo de transferência de competências do Estado para as autarquias. Um "patamar de responsabilidade para o qual o executivo de São Brás de Alportel terá competência para desempenhar", afirmou. Mais um passo para a consolidação dos ideais do 25 de abril de 1974, que Jorge Botelho considera que devem ser defendidos e transmitidos às gerações mais novas e vindouras sobretudo aos que dão por garantidos direitos e liberdades que foram alcançados com grande esforço.

Galeria dos Antigos Presidentes da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel

"E porque hoje comemoramos uma data tão importante na nossa democracia, homenageamos o poder local, fazendo um reconhecimento a homens que deram do seu tempo em prol da nossa freguesia", afirmou o presidente da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, João Rosa, no momento da inauguração da Galeria dos Antigos Presidentes da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel.

A Galeria patente a partir de agora de forma permanente nas instalações da Junta de Freguesia dá a conhecer os são-brasenses que desde 1919 lideraram esta entidade pública cuja missão prima pela sensibilidade, responsabilidade, disponibilidade, atenção, proatividade e proximidade junto da população para superar dificuldades.

"Homens determinados, de convicções fortes e que, apesar das limitações de meios, face às dificuldades, nunca desistiram de lutar para melhorar a vida da sua população", afirmou Vitor Guerreiro. 

As memórias do 25 de abril de 1974, momento que mudou o rumo de Portugal, estão a ser partilhadas ao longo do dia nas redes sociais do Município.
O programa de hoje culminam com o espetáculo musical comemorativo "Melodias de Abril", marcado para as 21h30, na página de FB do Município. Um espetáculo apresentado por um quarteto de artistas são-brasenses: Alina Correia, Adriana Gonçalves, Fernando Ponte e Nuno Martins.

GI da CM SBA25AbrilSBA325AbrilSBA225AbrilSBA625AbrilSBA725AbrilSBA825AbrilSBA525AbrilSBA1

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS