Faro | Canil / Gatil de Faro - Centro de Recolha Oficial

Regionais
Tools
Typography

Quem por estes dias passar na zona do Medronhal, no Guilhim, já pode ver o levantamento das estruturas do futuro Centro Oficial de Recolha de Animais (CROA) de Faro, cujo projeto, no valor de 1.139.500,75 euros, prevê uma capacidade máxima de 173 animais, incluindo um núcleo para adoção e outro para animais em quarentena. A estrutura vai contar com 16 boxes coletivas para gatos e área de canil com 42 boxes coletivas e, ainda, com áreas de circulação exteriores e dois parques lúdicos para animais, além de zonas administrativas e de tratamento e medicina veterinária.

Acompanhando, no passado dia 15, os trabalhos iniciais, o Presidente Rogério Bacalhau referiu-se a esta realização como “uma das mais importantes conquistas para todos os que, como nós, prezam a dignidade, a saúde e o bem-estar dos animais”.

Adjudicado à empresa Rui Vilaça Pinheiro, Lda., este projeto surge, na verdade, no seguimento de um princípio orientador de respeito e preservação do bem-estar e dignidade animal seguido pelo Município de Faro, que tem também vindo a estabelecer parcerias com associações de defesa da causa animal e realizado campanhas de sensibilização contra o abandono, maus-tratos e cuidados com os animais.

Concomitantemente, o Município tem adotado medidas como a realização de projetos de captura, esterilização e devolução com excelentes resultados e, para além disso, foi dos primeiros no País a proibir a realização de espetáculos circenses em espaço público com animais em cativeiro e outros eventos que implicam sofrimento animal, que considera deprimentes e lesivos da consideração e respeito que todos devemos ter para com os animais.

Refira-se ainda que a autarquia reforçou o pessoal afeto ao Serviço de Veterinária, contratando um novo médico veterinário, preparando-se também para adquirir uma carrinha adequada às necessidades do serviço, o que implicará um investimento de 23 mil euros.

Mun de FaroCanilGatilFaro

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS