Loulé | Hora do Planeta 2021 - Município "Apaga as Luzes" na Luta contra as Alterações Climáticas

Regionais
Tools
Typography

Entre as 20h30 e as 21h30 do próximo dia 27 de março, o concelho de Loulé volta a ser um dos pontos do globo em que as luzes se irão apagar, como sinal de luta por um futuro mais sustentável. O Município volta a associar-se, assim, à “Hora do Planeta”, uma ação ambiental promovida internacionalmente pela organização global de conservação da natureza World Wildlife Found (WWF).

Em 2021, a “Hora do Planeta” tem como tema “Água e Alterações Climáticas” e como conceito “Liga-te ao Planeta”, pretendendo voltar a aproveitar o poder dos cidadãos em todo o mundo para mudar o rumo das alterações climáticas, consideradas como uma das maiores ameaças ambientais, sociais, económicas e até de saúde que o planeta enfrenta, com o agravamento e maior frequência da ocorrência de eventos climáticos extremos.

A nível local, a Autarquia de Loulé compromete-se a desligar as luzes de vários edifícios e espaços públicos do concelho durante 60 minutos, neste dia 27 de março: Paços do Concelho, Edifício Engº Duarte Pacheco (Assembleia Municipal), Monumento Engº Duarte Pacheco, Mercado Municipal de Loulé, Cineteatro Louletano, Muralha do Castelo de Loulé, Centro Autárquico de Quarteira e edifícios das juntas de freguesia de S. Sebastião, S. Clemente, Quarteira, Salir, Querença, Tôr, Benafim e Boliqueime.

Mas o apelo para que esta iniciativa seja replicada estende-se a todas as famílias, de forma a que, com um simples gesto, se juntem a este movimento. A par do “apagão global”, no presente ano, pretende-se, estimular a criatividade das famílias em demonstrar a sua adesão através de eventos individuais, criados por cada um e feitos a partir de suas casas, podendo estes eventos ser partilhados com a Associação Nacional de Municípios Portugueses, em associação com a WWF, através das redes sociais ou para o seguinte e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Cozinhar uma receita que tenha uma base sustentável, criar um momento de storytelling à volta da natureza, desenvolver uma atividade que promova o bem-estar e equilíbrio (meditação, yoga, respiração consciente), realizar atividades em família com o enfoque no nosso planeta (desenhos, teatralizações, cantigas, músicas) são algumas das sugestões para esta comemoração digital.

“Face ao momento extremamente sensível e delicado que vivemos, em que a maioria das famílias se encontra em casa, constitui esta iniciativa também uma oportunidade de reflexão para reinventarmos a forma como vivemos o planeta e no planeta, na certeza que hoje a mensagem da importância da aposta na ação conjunta por um futuro melhor faz ainda mais sentido”, consideram os responsáveis do evento.

Já o autarca de Loulé sublinha “a importância desta iniciativa, que se enquadra por completo naquela que tem sido a política ambiental do Município, na mudança de comportamentos”. “Apesar de uma ação simbólica, a verdade é que tem tido cada vez mais seguidores, o que é demonstrativo de que as pessoas estão cada vez mais sensibilizadas e despertas para o problema das alterações climáticas”, considera Vítor Aleixo.

Recorde-se que a “Hora do Planeta” arrancou em 2007, em Sidney (Austrália), quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas apagaram as luzes por uma hora, numa tomada de posição contra as mudanças climáticas, e é hoje o maior movimento do mundo em defesa do ambiente.

GAP da CM LouléHoraPlanetaLoule

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS