Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António | Nota Informativa

Regionais
Tools
Typography
A Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila Real de Santo António, informa que o Corpo de Bombeiros mantidos por esta Instituição, cuja área de atuação prioritária se desenvolve nos Concelhos de Vila Real de Santo António e de Castro Marim foi, ao fim de 11 meses de pandemia Covid-19, alvo de registo de casos positivos por Covid-19, confrontando-se neste momento com um surto no seio da sua estrutura operacional.
 
No passado dia 31 de janeiro, registou-se o primeiro bombeiro positivo à Covid-19, motivo pelo qual foi de imediato ativada a segunda fase do plano de contingência interno, com o intuito de travar precocemente a cadeia de contágio e manter a capacidade de resposta a situações de emergência, proteção e socorro. Esta situação foi, desde o primeiro momento, acompanhada pela Autoridade de Saúde.
 
Do efetivo de 72 bombeiros, estão neste momento, infetados com o coronavírus SARS-COV-2, 12 Bombeiros e, por determinação da Delegada de Saúde, outros 38 em isolamento profilático.
 
Face à situação registada, o Comando Regional de Emergência e Proteção Civil do Algarve, com o objetivo de garantir a continuidade da defesa das pessoas, dos seus bens e do ambiente, com recurso ao dispositivo constituído como reserva estratégica dos Bombeiros do Algarve, reforçou o dispositivo nos concelhos de Vila Real de Santo António e de Castro Marim.
 
Para assegurar a reposição da normalidade, no início da tarde de hoje, após um processo de preparação das instalações, será realizada a descontaminação das áreas do quartel, a levar a efeito por um grupo de intervenção em risco biológico Covid-19, dos Bombeiros da Região, mobilizado pelo Comando Regional do Algarve.
 
Neste sentido, esclarece-se toda a população que continua garantida a resposta a eventuais situações de emergência, nos concelhos de Vila Real de Santo António e Castro Marim.
 
CREPC AlgarveProtecaoCivil

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS