Loulé | "Família" é o Mote da 7ª Monstrare - Mostra Internacional de Cinema Social

Regionais
Tools
Typography

De 13 a 16 de janeiro a Câmara Municipal de Loulé, através do Loulé Film Office, estrutura dedicada à promoção do setor do cinema e audiovisual, lança mais uma edição da MONSTRARE – Mostra Internacional de Cinema Social. Este ano, o tema “Família” é o ponto de partida para os filmes apresentados e as conversas em torno dos mesmos.

Numa época em que a pandemia continua a condicionar o decorrer das iniciativas culturais, o evento será realizado em espaço virtual, isto é, nas redes sociais. Assim, através do Facebook do Loulé Film Office será possível visionar os filmes apresentados, bem como acompanhar os webinars propostos, enquanto que no Instagram haverá lugar às lives diárias e talks com convidados ligados ao setor do cinema.

No arranque da Mostra, 13 de janeiro, as “curtas” estarão em destaque no Short Films Day. Entre as 17h00 e as 20h00, a organização disponibiliza online “Moço”, de Bernardo Lopes; “A Mulher do Sjaaks morreu e ele tem que dizer alguma coisa”, de Eva Zanern (Países Baixos), “Califórnia”, de Nuno Baltazar; e “Vício para uma família feliz”, de Tiago R. Santos. Às 22h00, o realizador quarteirense Bernardo Lopes, recentemente distinguido com o Prémio Revelação no XXVI Festival Caminhos do Cinema Português com “Moço”, fará uma live no Instagram sobre este trabalho e o galardão que recebeu.

A produção luso-francesa “Montanha”, do realizador João Salaviza, é a proposta da MONSTRARE para o dia 14 de janeiro. Entre as 17h00 e as 20h00, vai ser possível visionar a película no Facebook. 

Segue-se, às 21h00, um webinar com a produtora de “Montanha”, Maria João Mayer. Às 22h00, a atriz louletana Victoria Guerra fará um live no Instagram, juntando-se, assim, a mais uma iniciativa ligada ao cinema que acontece em Loulé.

O documentário “Tempo Comum” integra o programa da Mostra no dia 15 de janeiro - o DOC Day -, disponível online das 17h00 às 20h00. A realizadora Susana Nobre traz a lume o tema da maternidade. 

A realizadora Susana Nobre e Ivone Machado, diretora da Casa da Primeira Infância de Loulé, serão as convidadas do webinar que terá lugar das 18h30 às 19h30, dedicado à temática central desta película. A partir das 23h00, haverá um talk no Instagram com o guionista, realizador e produtor Gonçalo Galvão Teles.

Refira-se que a MONSTRARE, palavra latina que significa tornar algo visível, é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais. É mais uma das iniciativas que fazem parte da aposta da Câmara Municipal de Loulé na promoção e apoio à sétima arte, seja em termos da rodagem de produções ou da realização de eventos como os recentes Prémios Cinetendinha.

GAP da CM LouléMonstrare7

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS