Loulé | Festival MED participa em Certames Internacionais dedicados às Músicas do Mundo

Regionais
Tools
Typography

Num ano atípico, em que a pandemia impossibilitou a realização presencial de várias iniciativas, muitas organizações optaram pelo formato virtual para levar a cabo os seus eventos. Neste âmbito, o Festival MED mantém a sua participação em certames dedicados à World Music, como é o caso da WOMEX e da EXIB Música - Expo Ibero-Americana de Música, mas este ano numa dimensão digital.

De 29 a 31 de outubro, Setúbal é palco da EXIB Música, numa edição especial já que se trata de um desafio virtual para contornar as restrições impostas pela COVID-19. Com o tema “O Tom do Futuro”, este evento contará com showcases de artistas ibero-americanos, fóruns de intercâmbio de ideias, ações formativas e de networking para profissionais, tudo em formato digital. O diretor artístico do Festival MED, Paulo Silva, é um dos convidados do certame e irá fazer parte de uma plataforma de discussão sobre a realidade musical ibérica e da América Latina e as cidades musicais sustentáveis. Participam nesta iniciativa programadores de países como Argentina, Reino Unido, Canadá, Holanda, República Checa, México, Finlândia, entre outros. A representar o nosso país, para além do Festival MED, estará também o Festival Bons Sons, na pessoa do seu programador, Miguel Atalaia.

Refira-se que a EXIB é uma plataforma estratégica para a criação e desenvolvimento de projetos culturalmente sustentáveis. É uma organização produto de dez anos de experiência no desenvolvimento de projetos culturais, que conecta criadores, promotores, organizações e cidades.

Entretanto, de 21 a 25 de outubro, decorreu mais uma edição do WOMEX, este ano numa versão digital. O Festival MED voltou a marcar presença naquela que é a maior feira de músicas do mundo, reunido as componentes de certame, conferências, filmes e showcases, num encontro de mais de 2.500 profissionais do setor.

“Continuamos a apostar na participação nestas plataformas internacionais direcionadas sobretudo aos profissionais desta indústria das músicas do mundo pois acreditamos que é através destas redes de contactos e da troca de experiências que podemos melhorar ainda mais a qualidade artística deste evento musical, a cada edição, reforçando a sua presença no roteiro dos festivais europeus de world music“, refere o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo.

Recorde-se que, no passado dia 17, o MED foi distinguido nos Iberian Festival Awards, nas categorias de Melhor Festival Lusófono e Hispânico da Península Ibérica, e Melhor Promoção Turística, no contexto dos festivais de música portugueses.

GAP da CM LouléFestivalMEDLoule

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS