Núcleo Regional da "Quercus Algarve" elege nova Direcção

Regionais
Tools
Typography

Foi eleita no sábado, dia 25 de Julho de 2020 pelas 15h, em Assembleia de Núcleo Regional do Algarve da Quercus ANCN e por unanimidade de votos, uma nova direcção de núcleo que promete uma modernização no activismo ambiental reforçando a consciencialização e a participação civil nas decisões ambientais da região. Claudia Sil, engenheira biológica de formação, especialista em assuntos da água, sucede ao licenciado em Engenharia do Ambiente Fernando Dias que presidia àquele núcleo.

“A região do Algarve conta com um conjunto importante de valores naturais sendo que o seu território é abrangido por dois dos 13 parques naturais nacionais continentais, uma das sete reservas naturais e duas áreas protegidas de âmbito local (ambas paisagem protegida local), inseridos na sua extensa costa e nas suas serras. É sabido que o sector do turismo é o motor da economia da região e embora a estratégia da Região de Turismo do Algarve priorize a valorização dos recursos naturais e culturais e tenha criado, em parceria com a CCDR Algarve e Universidade do Algarve, o Observatório para o Turismo Sustentável do Algarve, visando a sustentabilidade do destino, as pressões sobre o meio natural são significativas exigindo uma actuação vigilante por parte das ONG ambientais e movimentos cívicos locais. A situação ambiental do Algarve revelou-se particularmente inquietante ao serem conhecidos os resultados relativos à Qualidade Ambiental do Índice Sintético de Desenvolvimento Regional 2018, do Instituto Nacional de Estatística, que coloca o Algarve num desonroso último lugar. E se esta era já uma situação preocupante, a incerteza do impacto da pandemia fez-nos reflectir mais ainda sobre a necessidade de uma mudança de actuação na estratégia da protecção ambiental local”, esclarece a engenheira. 

Acompanham a recém presidente nesta direcção os sócios activos da Quercus, Jorge Madeira Mendes, engenheiro civil, reformado da DGT da União Europeia, sócio n.º 90 que acompanha a Quercus desde a sua fundação, na função de Secretário, e Júlio Carrajola, que possui mais de duas décadas de experiência de activismo ambiental na Quercus do Algarve, TOC de profissão e que mantém agora as suas tradicionais funções de Tesoureiro neste núcleo. Em conjunto, prometem fortalecer a relação da Quercus com a região na defesa do ambiente para que se torne mais sustentável e amiga dos recursos naturais.

Claudia Sil, Mestre em Gestão Ambiental e doutoranda em Ciências do Mar, da Terra e do Ambiente na UALG é também a Coordenadora do Grupo de trabalho da Água da Quercus e possui uma larga experiência no activismo ambiental e cultural tendo chegando a liderar importantes movimentos cívicos no país.

CCCPQuercusAlgarve1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS