FFMS lança Ciclo de Conferências Digitais “Dívida e Financiamento da Economia Portuguesa”

Regionais
Tools
Typography
  • TRÊS CONFERÊNCIAS DEDICADAS A DEBATER O FUTURO DA DÍVIDA PÚBLICA E O FINANCIAMENTO DA ECONOMIA PORTUGUESA ÀS QUAIS PODE ASSISTIR TODAS AS QUARTAS FEIRAS, NAS PRÓXIMAS TRÊS SEMANAS, ÀS 17 HORAS, EM FFMS.PT, NO FACEBOOK E NA FFMS TV (Meo Kanal 505050)

A Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) lança, esta quarta-feira, o ciclo de conferências digitais "Dívida e financiamento da economia portuguesa". Teria a economia portuguesa conseguido uma melhor prestação caso os governos tivessem contraído dívida indexada ao PIB, em vez de dívida tradicional? Como poderá Portugal apostar na recuperação da economia tendo em conta o actual nível de endividamento do Estado, das empresas e das famílias? Qual é a capacidade de financiamento das economias europeias e que soluções deveriam ser implementadas ao nível Europeu? Para reflectir sobre estas e outras questões, a Fundação convidou especialistas nacionais e internacionais, que, ao longo das próximas três semanas, vão participar em debates digitais dedicados a debater o futuro da dívida pública.

PROGRAMA

17 de Junho às 17h00

Apresentação e discussão do estudo "Dívida indexada ao PIB na economia portuguesa" com Gonçalo Pina, Cristina Casalinho e João Moreira Rato

Teria a economia portuguesa conseguido uma melhor prestação caso os governos tivessem contraído dívida indexada ao PIB, em vez de dívida tradicional? Partindo da experiência portuguesa com certificados de tesouro, este estudo pretende analisar as oportunidades e desafios destes instrumentos de financiamento. A Fundação desafiou a actual Presidente do IGCP, Cristina Casalinho, e o anterior presidente da mesma instituição, João Moreira Rato, para, a partir do estudo, reflectirem sobre as limitações deste tipo de instrumentos e debaterem possíveis caminhos para a sua aplicação pelos diferentes Estados.

25 de Junho às 17h00

Dívida e partilha de risco na UE em tempos de pandemia com Markus Brunnermeier e Lucrezia Reichlin

A pandemia da covid-19 coloca pressão sobre a capacidade de financiamento das economias europeias, havendo diferentes perspectivas sobre as soluções que os Estados-membros, a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu devem implementar. A Fundação desafiou Markus Brunnermeier e Lucrezia Reichlin, reputados especialistas internacionais em macroeconomia e política monetária, para conversarem sobre estas questões.

1 de Julho às 17h00

Dívida pública e o financiamento da economia portuguesa com Nazaré da Costa Cabral e Francesco Franco

Sinopse do episódio: Como poderá Portugal apostar na recuperação da economia tendo em conta o actual nível de endividamento do Estado, das empresas e das famílias? Até onde poderão ir os diferentes actores? A Fundação convidou Nazaré da Costa Cabral, Presidente do Conselho de Finanças Públicas, e Francesco Franco, especialista em macroeconomia e Professor na Nova School of Business and Economics, para debater o futuro do financiamento da economia portuguesa.

JLM&AFundacaoFMSEconomia

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS