Faro | Embarcação "Ria Solidária" continua a garantir Socorro nas Ilhas-Barreira

Regionais
Tools
Typography

Foi deliberada, em reunião de câmara do passado dia 6 de janeiro, a segunda prorrogação do protocolo para operacionalização, utilização e sustentabilidade da embarcação da “Ria solidária”, assinado em 2018 pelas autarquias de Faro e Olhão, pela Autoridade Marítima Nacional e pelo INEM.

Na prática, os municípios de Faro e Olhão e o INEM continuam a contribuir, cada um, com um apoio de 7 mil euros, num total de 21 mil euros anuais, para despesas de manutenção e operacionalização da embarcação.

Recorde-se que o acordo define que o barco-ambulância se encontra ao serviço, de modo regular, dos habitantes dos núcleos da Ilha da Culatra, no concelho de Faro e das ilhas da Fuzeta e Armona, no concelho de Olhão. O “Ria Solidária” tem como principal missão o apoio a estas populações através do transporte logístico de doentes e pessoas com mobilidade reduzida face à inacessibilidade por outros meios com as condições adequadas.

Este barco-ambulância, construído pelo Governo Civil de Faro em 2007 e entregue, pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, à Autoridade Marítima Nacional em 2013, conta com uma média de 180 evacuações por ano.

Com este protocolo, continua a haver uma partilha das despesas de operação e sustentação da embarcação pelas entidades envolvidas e o INEM vê aumentada a sua capacidade de assistência pré-hospitalar às populações destas ilhas algarvias.

Mun de FaroBarcoRiaSolidaria

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS