UFFaro Investe em Tratamento das Árvores da Cidade para evitar Pragas de Afídios (Piolho Verde)

Regionais
Tools
Typography

A União das Freguesias de Faro no âmbito das suas novas competências na área da manutenção de jardins e espaços verdes da cidade, está a proceder a um tratamento por endoterapia em mais de 600 árvores para minimizar o incomodativo "melaço", provocado por afídios (piolho verde), que durante o Verão, afeta calçadas, transeuntes e automóveis. 

As consequências provocadas por estas pragas, para além da substância pegajosa, causado pelas secreções dos afídios, são os ramos secos, a queda prematura de folhas e a degradação da saúde e a vida das árvores urbanas.

Os afídios, são insetos que sugam a seiva e causam grande fragilidade e debilidade nas árvores. Este tipo de insectos “picadores-sugadores” têm afetado as árvores da cidade, sobretudo Jacarandás, Tipuanas e Mélias, entre outras espécies.

A endoterapia vegetal é um método já aplicado em outras cidades, com reconhecido sucesso e consiste na injeção de substâncias fitossanitárias diretamente no tronco da árvore, o que vai permitir a sua distribuição ao longo de todo o sistema vascular da planta com uma substância que tem um efeito repelente nos insetos causadores da praga. É usado para tratar árvores, em substituição dos tratamentos convencionais por pulverização. Minimizam-se assim os riscos de alergias, é mais amigo do ambiente e com menor impacto comparativamente à pulverização convencional. Necessita de menos produto e não tem perdas pelo vento, para o solo ou para linhas de água. Por essas razões, o método tem um impacto reduzido no espaço urbano, não obriga à instalação de faixas de contenção de estacionamento, de interrupção de trânsito ou sequer a medidas de proteção especiais em pessoas ou animais e evita que tenham de ser realizadas podas sanitárias que deformam e deterioram a saúde das árvores.

UFFTratamentoPragasFaro

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS