Albufeira | Construção de Equipamento de Apoio à Infância e Terceira Idade em Olhos de Àgua

Regionais
Tools
Typography

O dia 28 de maio de 2020 vai ficar registado na história de Albufeira como um momento marcante, assinalado simbolicamente pelo lançamento da primeira pedra de um importante equipamento social em Olhos de Água, destinado a dar apoio à infância e à terceira idade do concelho. A obra, que envolveu um investimento na ordem dos 5 milhões e duzentos mil euros, integra um conjunto diversificado de valências como Creche, Centro de Dia, Estrutura Residencial para Idosos e Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) e tem capacidade para apoiar um total de 184 utentes.

A cerimónia, que decorreu na presença de um número limitado de convidados, respeitando todas as regras aconselhadas pelas autoridades de Saúde Pública, foi a primeira a ser realizada em Albufeira em fase de desconfinamento da Covid19, situação que associada à relevância do projeto imprimiu um simbolismo especial à data.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira destacou “o enorme simbolismo do momento” refletido no próprio ritual da cerimónia que “assinala o final de uma etapa e o começo de outra, ou seja passa-se da fase de projeto ao início da construção”. José Carlos Rolo sublinhou que até chegar aqui, o processo foi bastante longo e difícil. “A construção do Lar, Creche e Centro de Dia de Olhos de Água era para ter começado em 2007 ou 2008, mas surgiu a crise e tivemos que parar tudo. Depois foi necessário adaptar o projeto à nova legislação que entretanto entrou em vigor, lançar o concurso e hoje, finalmente, estamos aqui a dar início à construção”, disse. O autarca explicou que o simbolismo passa, também, por dar um sinal à comunidade, aos próprios investidores e a quem nos visita de que “o concelho não para”. A construção civil é o motor da economia do país e neste caso em particular do nosso concelho, sublinhou. “Estas obras promovem a economia local direta e indiretamente, quer pelos empregos que geram, pela aquisição de materiais necessários à construção e pela dinamização dos cafés, restaurantes e alojamentos, entre outros negócios”. O autarca referiu que neste momento o Município está a desenvolver o estudo de viabilidade económica com vista ao lançamento do concurso destinado à construção do Lar de Fontainhas e brevemente irá lançar o concurso para o Lar dos Caliços, bem como dois projetos de construção de habitação social em Paderne e Albufeira. José Carlos Rolo reiterou a importância dos investimentos socias em creches, lares, centros de dia e habitação social, áreas em que o concelho é bastante carenciado, com vista ao desenvolvimento económico e ao bem-estar da população, sublinhando que a autarquia está a desenvolver todos os esforços para ultrapassar as dificuldades inerentes ao momento que estamos a atravessar.

O presidente da Assembleia Municipal, por sua vez, agarrou as palavras de José Carlos Rolo, precisamente para reforçar a ideia de que a economia social deve ser entendida como um investimento. “Um equipamento desta natureza não deve ser visto como uma despesa, mas como um investimento, porque é feito a pensar nas pessoas e a economia social e os investimentos em equipamentos sociais nunca têm preço porque o seu retorno é sempre muito superior”, sublinhou. Paulo Freitas reiterou a importância e a necessidade deste tipo de equipamentos na localidade de Olhos de Água e no concelho, tendo destacado que o Município tem tido o cuidado de distribuir o investimento por todas as freguesias”.

O edifício do Lar, Creche e Centro de Dia de Olhos de Água é composto por dois pisos e está a ser construído num terreno do Município com uma área de 6. 225,41 metros quadrados. A área bruta de construção é de 3.880,72 metros quadrados, sendo que o equipamento integra duas áreas distintas: uma destinada exclusivamente a Creche e outra a Centro de Dia e Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), ambas com entradas independentes. A Creche terá capacidade para 42 crianças, enquanto as restantes valências poderão acolher um total de 132 utentes: 57 idosos (ERPI), 35 idosos (em regime de Centro de Dia), mais 40 utentes do Serviço de Apoio Domiciliário. O equipamento é completado, ainda, por receção, átrio, gabinete médico e cozinha.

O espaço exterior será vedado e organizado em cinco zonas: acesso ao público e área de serviço (fornecimentos, carga e descarga e condicionamento de lixo), estacionamento privado com capacidade para 18 lugares, zona para a Creche, e zona de lazer e convívio para os utentes do Centro de Dia e ERPI. O espaço irá acolher, ainda, uma pequena uma horta, que poderá funcionar como fonte de abastecimento de produtos frescos à instituição e servir eventuais projetos educativos e de terapia ocupacional. Será também construído um reservatório de águas pluviais, destinado a garantir a rega da horta.

DCRP da CM AlbufeiraEquipamentoOlhosAgua1EquipamentoOlhosAgua2EquipamentoOlhosAgua3EquipamentoOlhosAgua6EquipamentoOlhosAgua8EquipamentoOlhosAgua4EquipamentoOlhosAgua5

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS