Eurocidade do Guadiana Define Estratégias para enfrentar “Cenário Pós-Coronavírus”

Regionais
Tools
Typography

A Eurocidade do Guadiana e as universidades de Huelva e do Algarve encontram-se a traçar um plano estratégico para o desenvolvimento turístico deste território transfronteiriço, de forma a enfrentar os desafios causados pela pandemia mundial de Covid-19, a qual determinou a paralisação do setor.

As medidas a adotar visam posicionar a Eurocidade do Guadiana como um destino transfronteiriço saudável e capaz de dar garantias adicionais para aqueles que visitem este território composto pelos municípios de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

Os especialistas, que já se encontravam a trabalhar numa estratégia para o setor, acrescentaram agora uma análise mais específica para fazer face a um período em que se pretende sobretudo a recuperação da confiança por parte dos turistas.

A definição do diagnóstico está a ser coordenada pelos professores Adão Flores, da Universidade do Algarve, e Elena García de Soto, da Universidade de Huelva, a que se junta a participação de agentes turísticos dos três municípios.

Nesta primeira fase, que passa pela obtenção de dados, as universidades contam com o apoio da equipa técnica da Eurocidade e dos departamentos de turismo dos três municípios que a integram.

Para dar a conhecer estas estratégias, foi criado um fórum virtual e uma newsletter, potenciando assim a comunicação com os empresários e os agentes de turismo na atual situação de confinamento. A atual etapa está a ser desenvolvida em regime de teletrabalho e irá prolongar-se até julho.

Todos estes trabalhos estão englobados no projeto EuroGuadiana 2020, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal.

GC do Mun VRSA

EurocidadeGuadiana

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS