Eurocidade do Guadiana apresenta projeto EuroGuadiana 2020

Regionais
Tools
Typography

A Eurocidade do Guadiana - constituída pelos municípios de Ayamonte (ES), Castro Marim e Vila Real de Santo António (PT) - acaba de apresentar o projeto EuroGuadiana 2020: Laboratório Europeu de Governação Transfronteiriça.

Este será o primeiro laboratório permanente de governação transfronteiriça na Euroregião Alentejo-Algarve-Andaluzia, cujo objetivo é enfrentar os novos desafios territoriais, explorar metodologias de trabalho conjunto e elaborar estratégias de acordo com as novas diretrizes europeias.

Este programa é fruto de uma candidatura, cofinanciada pela União Europeia e aprovada pela RIET (Assembleia-geral da Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças), à qual a Eurocidade do Guadiana pertence após ser reconhecida como Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT).

Na sessão, foi apresentado o plano de trabalhos, tendo por base quatro pilares fundamentais: Consolidação de Governação e Coordenação, Agenda Urbana do Baixo Guadiana, Mobilidade e Acessibilidade para um território inclusivo e Estratégia de Turismo da Eurocidade.

Para Luís Romão, diretor da Eurocidade do Guadiana, «a Eurocidade deve ser inclusiva, acessível e sustentável, sendo uma excelente oportunidade para o desenvolvimento económico, urbano e social da região».

«Há um longo caminho a percorrer, mas se todos acreditarmos e nos empenharmos no seu desenvolvimento, tenho a certeza de que, a médio prazo, a Eurocidade do Guadiana será determinante para conseguirmos um território mais consistente, competitivo, desenvolvido e solidário, em que os cidadãos se sintam integrados. O potencial é grande, as diferenças são muitas, por isso a vontade política é determinante para o sucesso do projeto», prossegue o também vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA.

Além da participação das três autarquias, o projeto irá contar com parceiros como a Universidade do Algarve, a Universidade de Huelva e a Federação Ibero-Americana de Entidades Inteligentes e Sustentáveis.

A sessão de apresentação decorreu na Casa do Sal, em Castro Marim, no passado dia 31 de outubro, contando com a presença da alcaldesa de Ayamonte e Presidente da Eurocidade do Guadiana (2019-2020), Natalia Santos Mena, da vice-presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Filomena Sintra, e do vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA e diretor da Eurocidade do Guadiana, Luís Romão.

Estiveram também presentes representantes das autoridades locais e regionais, bem como o diretor dos Serviços de Desenvolvimento Regional da CCDR, Aquiles Marreiros.

Sobre a Eurocidade do Guadiana

A Eurocidade do Guadiana é um projeto que pretende o fortalecimento da ligação já existente entre os municípios de Ayamonte, Castro Marim e VRSA, constituindo uma oportunidade para a convergência económica, social, cultural, turística e ambiental entre os territórios.

A estrutura, criada em janeiro de 2013, foi inicialmente constituída pelos municípios de Ayamonte e Vila Real de Santo António. Na sequência das relações de proximidade territorial e cultural existentes, o concelho português de Castro Marim juntou-se à Eurocidade em maio de 2013

A presidência da Eurocidade é atribuída rotativamente a cada um dos municípios por um período de dois anos. Para o biénio 2019-2020 a presidência do organismo é liderada pelo Município de Ayamonte.

Fonte: GC do Mun VRSAProjetoEuroGuadiana1ProjetoEuroGuadiana2ProjetoEuroGuadiana4

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS