Loulé | Associação Folha de Medronho apresenta nova criação no Cine-Teatro Louletano

Regionais
Tools
Typography

Estreia no próximo dia 11 de julho, quinta-feira pelas 21h30, no palco do Cine-Teatro Louletano, a terceira criação da Associação Folha de Medronho, artes performativas. “E o Estado não é de quem manda? – variações sobre Antígona”, a qual baseia-se na versão clássica do mito sobre Antígona que é descrita na obra homónima do dramaturgo grego Sófocles, um dos mais importantes escritores de tragédia. Esta nova criação integra-se na Bolsa de Apoio ao Teatro 2019 dinamizada pela Câmara Municipal de Loulé/Cine-Teatro Louletano.

Aos criadores interessou-lhes, na obra, a reflexão sobre conflitos fundamentais da existência humana em sociedade, designadamente entre a razão de Estado e as liberdades individuais.

A ausência de maniqueísmos, assim como a contestação feminista à ordem política machista da Grécia antiga (mesmo nas cidades mais democráticas como Atenas), também foi um dos pontos de interesse do encenador João de Mello Alvim, sendo que “toda a contestação é protagonizada por uma mulher”.

António Sofia e João de Mello Alvim, que assinam a dramaturgia deste “E o Estado não é quem manda?”, construíram todo o espetáculo com uma malha dramatúrgica que se foi tecendo ao ritmo da pesquisa de atores em palco ao experienciarem formas de representação e da recusa de percursos estéticos normalizados, induzindo antes a procura de caminhos estéticos que interpelam.

A peça, com duração de 60 minutos, destina-se a maiores de 12 anos de idade, com o custo associado por pessoa de cinco euros sem descontos aplicáveis. A lotação é limitada.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

Fonte: GAP da CM LouléEnsaioHenriqueLopes1EnsaioHenriqueLopes2

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS