Campanha Literária Luís Guerreiro - FLIQ 2019

Regionais
Tools
Typography

A Campanha Literária Luís Guerreiro* - FLIQ 2019, lançada pela Fundação Manuel Viegas Guerreiro no âmbito do 4.º Festival Literário Internacional de Querença, já mobilizou centenas de jovens e adultos e - nesta que é a última semana da iniciativa - apelamos à doação de livros de literatura infanto-juvenil.

Em três meses, a acção solidária reuniu mais de 500 livros infanto-juvenis com o objectivo de criar uma Sala de Leitura em S. Tomé e Príncipe. 

Se ainda não doou um livro da sua biblioteca particular, ainda vai a tempo, porque a Campanha Literária só termina no final deste mês.

A entrega de livros pode ser feita na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, Querença, ou nas bibliotecas escolares e municipais dos concelhos de Faro, Lagos, Loulé, Olhão, S. Brás de Alportel, Silves e Tavira.

A todos os que irão contribuir ou que já contribuíram para esta causa, alargando o valor da PALAVRA, o nosso muito obrigado.

*Luís Guerreiro, falecido em 2017, foi funcionário da Câmara Municipal de Loulé na área da Cultura e ex-presidente da Fundação Manuel Viegas Guerreiro. Guardador de mais de dois mil títulos, a sua recolha permitiu fixar em 1833 o início da imprensa periódica regional algarvia. É também seu legado o projecto da Hemeroteca Digital do Algarve, plataforma que pretende alojar todos os periódicos publicados no Algarve, uma iniciativa inicialmente promovida pela Fundação e que se encontra a ser desenvolvida pela Direcção Regional de Cultura do Algarve em parceria com a Universidade do Algarve. Amante incondicional do livro e da literatura, Luís Guerreiro foi também mentor do FLIQ, um dos seus últimos grandes projectos e que teve na 4.ª edição o berço desta Campanha.

Fonte: FMVGLuisGuerreiroFLIQ

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS