Fuseta | Grupo musical "Fuza Flows"

Regionais
Tools
Typography
Fuza Flowz é um projecto musical com raízes na Fuseta, uma vila piscatória localizada no sul de Portugal, que marcou, marca e marcará, decerto, todos os 8 elementos da banda. A paixão pela música foi, sem sombra de dúvidas, o ponto de partida desta aventura em que embarcámos. Vale ressaltar, não obstante, a heterogeneidade presente neste núcleo de colegas, artistas e acima de tudo amigos.
Estendemo-nos do rock ao rap, do reggae ao R&B, com o intuito de cruzar a panóplia de paladares musicais que tanto nos caracteriza. Tocamos e cantamos aquilo que sentimos, o que faz de Fuza Flowz um projeto inteiramente genuíno.
A música, embora deturpada, está cada vez mais presente na vida dos jovens. Os grupos de amigos formam-se por intermédio da afinidade de gostos. Pensam da mesma forma, saem para os mesmos lugares, vestem-se com as roupas das mesmas lojas, e com a música não é diferente. Os ídolos são a referência dos jovens e essa fixação nem sempre é positiva, pois são muitos os artistas que agem de forma desequilibrada perante o seu público.
A adolescência é uma fase ténue, onde a busca de identidade é constante. E é por isso que Fuza Flowz trará para o mercado um conceito ímpar. 
Pretendemos injectar cultura nos nossos jovens. Pretendemos quebrar os ideais associados ao materialismo. Pretendemos, por fim, ser nós mesmos. Esse é o nosso compromisso.
A liberdade é uma planta que cresce depressa quando ganha raízes. Em parte, será essa a imagem do nosso álbum. A concretização do projeto suceder-se-á em torno da Fuseta, um sítio tão nosso quanto o direito à liberdade. Nascemos numa época áurea. Somos livres para expressar os nossos pensamentos.
Em ''Raízes'', apostámos numa mixórdia. Tocaremos estilos completamente opostos, pelo que será impossível atribuir a este primeiro álbum um género único. O nosso intuito é oferecer alento a quem necessite de se alegrar. O título ''Raízes'' advém da vila que nos acolheu desde sempre.
Fonte: Fuza Flowz
FuzaFlowz
 
BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS