Município de Silves assinala 'Dia Internacional dos Monumentos e Sítios' 2019

Regionais
Tools
Typography

A Câmara Municipal de Silves assinala, no próximo dia 18 de abril, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS), uma iniciativa que este ano terá como tema central o “Património e Paisagem Rural”. O programa da autarquia alarga-se até ao dia 20 de abril.

Em Silves o programa começa no dia 15, com a iniciativa “Menu Histórico” que conta com a terceira edição, e que este ano decorre até dia 21 de abril, seguindo a mesma lógica e procurando que os restaurantes da cidade possam também usufruir de maior afluência de público neste dia especial. Para além da ementa habitual, os restaurantes participantes criam um menu inspirado em receitas históricas, menu esse que terá um valor fixo e igual (ver programa próprio com entidades aderentes e menus disponíveis em https://www.cm-silves.pt/pt/noticias/5405/de-15-a-20-de-abril--municipio-de-silves-assinala-dia-internacional-dos-monumentos-e-sitios.aspx).

No dia 17 de abril, o Museu Municipal de Arqueologia de Silves, acolherá entre as 10h00 e as 12h00, e as 14h00 e as 16h00, o tema “Paleontologando” com uma atividade Lúdico Pedagógica. Proporcionar conhecimentos em relação à geologia das diferentes áreas do território de Silves no que diz respeito à sua composição e vida animal coeva, materializados numa ação prática sob a forma de uma linha do tempo. Esta atividade está integrada no programa das “Férias Super Fixe” e é de entrada livre.

O Programa do DIMS, no dia 18 de abril, inicia-se pelas 10h00, onde será inaugurada a exposição de arquitetura popular “Policromia da tradição”. O Mercado Municipal de Silves será o espaço, onde pelas 10h00, se abrirá esta exposição, realizada com base na arquitetura, na arte popular, nos ofícios, nas pessoas e nas vivências que são os alvos preferenciais da objetiva de Filipe da Palma que, nesta exposição, mostra a sua visão caleidoscópica dos testemunhos ainda tangíveis de um Algarve que, antes da massificação do turismo e para além do branco imposto pela propaganda do Estado Novo, se constituía em região ímpar, policromática e plena de tradição. Esta exposição está patente até dia 31 de maio, das 07h00 às 17h00 (excepto domingos), e é de entrada livre.

O dia 18 terminará pelas 18h00 com uma palestra do Paleontólogo Hugo Campos, intitulada “Antes do Homem: Os animais que viviam no centro do Algarve”. Nesta palestra, Hugo Campos falará da terra há cerca de 227 milhões de anos, especificamente deste tempo geológico no território que corresponde atualmente ao Algarve Central. Esta palestra tem o objetivo de dar a conhecer um pouco da vida na terra na Idade Geológica que corresponde ao Triásico, altura em que se formaram rochas como o “Grés de Silves” e a região foi habitada por animais extintos como o recentemente identificado e classificado Metaposaurus Algarviensis. Esta atividade é de entrada livre e para o público em geral.

Uma visita guiada à Igreja Matriz de São Marcos da Serra, é a proposta para dia 20 de abril, que terá lugar entre as 10h30 e as 11h30. Nesta visita serão divulgados aspetos arquitetónicos e históricos relativos à Igreja Matriz de São Marcos da Serra. A Igreja Matriz foi provavelmente construída na primeira metade do século XVI, mas tal como a maioria das igrejas sofreu várias remodelações durante a segunda metade do século XVIII (na sequência de afetações sofridas aquando do terramoto de 1755), respeitando o formulário Barroco. A participação é gratuita mas sujeita a marcação prévia.

O programa do DIMS termina no dia 20 de abril, com um Workshop de chocolate “Sabes como se fazem ovos de chocolate?”, dinamizado por Dora Barradas, que terá lugar das 10h00 às 12h00, no Pólo de Seniores de São Marcos da Serra. Numa simbiose entre a celebração da época da Páscoa e o fabrico de chocolate, o participante será convidado a “meter as mãos no chocolate” permitindo-lhe adquirir conhecimentos e ser capaz de produzir de forma autónoma os seus ovos de chocolate. Mais uma vez, há necessidade de marcação prévia para poder participar neste evento.

O DIMS foi criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) a 18 de abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. Tem como objetivo sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização. Para além disso e porque junta muitas nações do mundo, celebra a solidariedade internacional em torno do conhecimento, da salvaguarda e da valorização do património.

+ info: Sector de Património e Arqueologia: telefone 282 444 854 | email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fonte: GRP do Mun SilvesMonumentosSilves

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS