Vila Real de Santo António aposta no Turismo Ativo e Desportivo

Regionais
Tools
Typography

Projeto apresentado na BTL tem em consideração o potencial económico dos milhares de estágios desportivos acolhidos anualmente e o vasto património natural do concelho. O município de Vila Real de Santo António lançou, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) - a maior feira de turismo do país -, o seu plano de promoção do turismo desportivo e de natureza.

Sob o conceito ‘VRSA vive desporto’, a estratégia agrega as áreas do turismo ativo e de natureza, tendo por base o Complexo Desportivo de VRSA, estrutura que faz parte da rede de Centros de Alto Rendimento (CAR) nacionais e é responsável pela captação anual de milhares de estágios desportivos.

A ação tem em consideração os múltiplos recursos naturais e os equipamentos desportivos do concelho, de que são exemplo a sua rede de 30 quilómetros de ciclovia, as potencialidades da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim, o conjunto de trilhos pedestres da Mata Nacional das Dunas Litorais, assim como as atividades marítimo-turísticas proporcionadas pelo Rio Guadiana.

«As metas passam por agregar todos estes conceitos, colocando-os em sintonia. Somos anualmente visitados por milhares de atletas das mais diversas nacionalidades que, além das infraestruturas desportivas, procuram o nosso clima ameno, boas unidades hoteleiras, assim como um conjunto de pontos de interesse que completem a sua experiência», afirma Luís Romão, vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA.

Entre os projetos em carteira está, por exemplo, a ambição de transformar VRSA na capital do triatlo nacional, já que o concelho possui as características ideais para a modalidade, sendo palco de várias provas do campeonato nacional e regional, assim como de outras competições de longa distância.

Para todas estas metas, concorrem igualmente a extensa rede de praias do município, assim como o rio Guadiana, para onde está a ser projetada uma estação náutica, desígnio que une 4 municípios portugueses (VRSA, Castro Marim, Alcoutim e Mértola), além do município espanhol de Ayamonte.

A infraestrutura responde aos desafios de cooperação que têm sido apontados para desenvolver o turismo náutico no Leste algarvio e aproveita as potencialidades marítimo-turísticas do rio Guadiana.

Sobre o Complexo Desportivo de VRSA

O Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António foi integrado, em 2015, pela Fundação do Desporto, na rede nacional de Centros de Alto Rendimento Desportivo (CAR), estando vocacionado para as modalidades de atletismo, judo, futebol, triatlo e natação.

Atualmente, é um dos mais credenciados equipamentos a nível nacional e europeu, recebendo anualmente milhares de estágios desportivos. Integra ainda, nas suas estruturas de topo, um centro médico.

Entre os atletas que habitualmente procuram o equipamento para a realização de treinos destacam-se nomes como Patrícia Mamona (triplo salto), Francis Obikwelu (velocidade) ou Nelson Évora (triplo salto).

Os CAR são uma rede de infraestruturas desportivas com valências especializadas e orientadas para a investigação, aperfeiçoamento e treino de praticantes de alto rendimento ou de seleções nacionais e têm como objetivo promover o desenvolvimento das várias modalidades desportivas segundo padrões internacionais.

Fonte: GC do Mun VRSAApostaVRSABTLApostaVRSABTL2

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS