VATe | "Uma Torneira na Testa"

Regionais
Tools
Typography

O VATe está de saída com “Uma Torneira na Testa”. 19ª Produção do VATE – Serviço Educativo da ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve. Após estreia com grande sucesso com muitos dias de lotação esgotada durante o mês de Dezembro no Jardim Manuel Bívar em Faro.

O VATe faz se á estrada, já passou pelas escolas de Lagos e Faro, de 20 a 28 de Fevereiro vai estar em Loulé.

Tem espectáculos confirmados em quase todos os municípios do Algarve para a sua digressão em 2019.

No mês de Março vai estar de 12 a 15 Lagoa e de 18 a 22 Castro Marim.

O espectáculo tem a duração de 30 minutos, aproximadamente, e decorre dentro do Autocarro do VATe. “Uma torneira na testa” é um divertido diálogo entre duas personagens, apelando à importância da educação ambiental e do uso consciente da água.

“Imaginem um mundo sem água, sem o som dos animais, sem o som dos rios, sem o cheiro das flores…um mundo seco, completamente seco”. Este é o sonho do Sr. Desperdício que, através de um plano maquiavélico, pretende acabar com toda a água do planeta. O feitiço volta-se contra o feiticeiro e este acaba por perceber que a água é para poupar e sem ela não se pode viver.

Sobre o VATe:

O projecto assenta na transformação de um autocarro de dois pisos em sala de espectáculos, com palco, plateia, bastidores e camarins. O objectivo é trabalhar com comunidades do interior algarvio, de baixa densidade populacional, geograficamente afastadas dos centros culturais e, consequentemente, das actividades artísticas e culturais. Consiste não só em levar o Teatro a zonas de difícil acesso, mas também mostrar que a arte dramática pode ser uma importante ferramenta no que diz respeito à pedagogia social.

Os públicos-alvo são especialmente as crianças e idosos. As técnicas artísticas privilegiadas neste projecto são os bonecos e as formas animadas (marionetas, fantoches, sombras, etc.), alguma representação e narração oral.

São, de igual modo, desenvolvidos ateliers com os espectadores, com o objectivo de estimular a apetência e a expressão artísticas, a comunicação, a pesquisa e a busca interior.

Fonte: ACTAVateActaTeatro1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS