10 videojogos em menos de 48 horas na ETIC_Algarve Global Game Jam

Regionais
Tools
Typography

Foi no passado fim de semana que a ETIC_Algarve se tornou um dos palcos da Global Game Jam 2019, que teve como tema "o que Casa significa para ti".

Contando com 52 participantes, a ETIC_Algarve Game Jam entrou para o top 3 nacional de secção com maior número de participantes, de entre as 14 entidades nacionais que aderiram à Global Game Jam, um evento que pretende reunir, em vários países, participantes interessados e focados em desenvolver jogos em menos de 48h.

Nesta "maratona criativa" aberta à toda a comunidade, participaram alunos, ex-alunos e formadores da ETIC_Algarve, aos quais se juntaram alunos da Escola Secundária João de Deus e da Universidade do Algarve.

 Com arranque marcado para as 16h00 do dia 25 de janeiro, e ainda antes de ser revelado o tema da edição de 2019 da Global Game Jam, os participantes puderam viajar entre o passado e o futuro dos videojogos, com duas apresentações a cargo de Paulo Carrasco (um dos criadores do primeiro jogo português comercializado através de uma "Software House" estrangeira), e Isaque Sanches (Software Developer e Game Designer).

Revelado o tema "o que Casa significa para ti", a corrida contra o tempo começou. Formaram-se equipas que rapidamente começaram o seu trabalho para conseguir criar e desenvolver um protótipo de videojogo o mais otimizado possível. Foram apresentados 10 jogos com um nível e elaboração "além expetativas e que essencialmente refletem um momento de confraternização onde a criatividade e a partilha de conhecimento foi uma constante, num evento que promove, não competição, mas à colaboração no desenvolvimento de ideias enquanto se coloca a prova aptidões artísticas e capacidades de programação", afirma André Pereira, tutor e formador da área de Videojogos na ETIC_Algarve. 

 Para Nuno Ribeiro, diretor da ETIC_Algarve, "a participação da ETIC_Algarve na Global Game Jam e a adesão de participantes externos à escola, nomeadamente dos alunos que estão a terminar os seus estudos na Escola Secundária João de Deus, foram a prova que no Algarve realmente existe massa crítica na área de videojogos e que a nossa aposta em fazer parte do desenvolvimento da mesma, tem tido resultados positivos além dos esperados".

Fonte: ETIC_AlgarveVideoJogosETIC2

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS