Albufeira | Sérgio Brito apresenta "Os Bichinhes Algarvies" na Biblioteca Municipal

Regionais
Tools
Typography

No próximo dia 16 de fevereiro (sábado), pelas 17h00, Sérgio Brito apresenta na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira, “Os Bichinhes Algarvies”, um conto infantil totalmente escrito em dialeto algarvio. Com esta obra, o autor pretende preservar o que considera ser um importante património imaterial da região, sob a forma de uma história especialmente pensada e dedicada às novas gerações.

Esta não é a primeira incursão de Sérgio Brito na escrita em dialeto algarvio: em 2012 lançou o primeiro livro totalmente em algarvio “Duas histórias no Algarve”, obra que marcou a estreia da Arandis Editora no mercado editorial, e que já conta com mais de 10 mil exemplares vendidos e nove reedições, e em 2013 lançou “Apáxonades no Fássebuque”, um romance também todo ele escrito no linguajar da região.

“O dialeto algarvio é mais um elemento caracterizador deste povo ao sul, cuja alma quente e nobre se esteira pelas páginas de uma história ancestral. Este património imaterial, que urge ser divulgado e defendido, não é só nosso, é de todos os povos que nos visitam e nos acolhem. Pela dimensão desta terra, temos nós, fiéis depositários desta herança, a responsabilidade de a proteger. Deixamos aqui aos mais novos, um pequeno exemplo do que somos como povo falante”, frisa Sérgio Brito que, com esta sua mais recente obra, se estreia na área da literatura infantil.

O livro conta com ilustrações de Isabel Avó e do filho Gonçalo que imprime à obra um toque especial do imaginário infantil.

“Os Bichinhes Algarvies” é uma história que fala sobre a fauna da região, com a particularidade de ao longo das suas páginas se apresentar, também, em português corrente e em inglês, para vencer barreiras linguísticas e melhor chegar a residentes e aos inúmeros turistas que visitam a região.

Sérgio Santos Brito é natural de Alcantarilha e residente em Albufeira, cidade onde exerce a sua atividade profissional como bancário entre 1992 e 2017. Desde muito cedo tem participado ativamente em áreas ligadas à cidadania e ao associativismo: foi Escuteiro (1980/1992) presidente do Rotary Clube de Albufeira (2007/2008) e vereador suplente na Câmara Municipal de Albufeira (2013/2017). É tesoureiro da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albufeira desde 2013, membro da Confraria dos Enófilos e Gastronómica do Algarve, membro da Confraria do Medronho de Monchique, sócio da Associação da Batata Doce de Aljezur e administrador da página “Fássebuque Algarvie”, criada em dezembro de 2013. Em meados de 2013 iniciou, em parceria com os algarvios Nuno Inácio e Fernando Lobo, um novo projeto editorial com a criação da Arandis Editora.

Para além das obras anteriormente referidas é também autor de “Remechido e o desastre de Albufeira” – Colibri editora 2011 e “Confluências” – Arandis editora – 2016.

Fonte: GRP da CM AlbufeiraBichinhesAlg

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS