Banner Alto Página

Faro | Serviços Desportivos do Concelho Bloqueados

Regionais
Tools
Typography

Os serviços desportivos fornecidos pela autarquia são hoje uma componente essencial na vida e para a vida dos farenses, nomeadamente pela oferta de atividades aos segmentos que não se enquadram nos desportos fornecidos pelo tecido associativo local.

A autarquia, através da Divisão de Desporto, tem vindo a intervir nos últimos 20 anos nesta área, apostando na criação de projetos que vão ao encontro das necessidades da população.

Nos últimos 10 anos, as sucessivas obrigações legislativas e imposições de ordem financeira obrigaram à redução do número de funcionários da autarquia e impossibilitaram a contratação de mais recursos humanos que permitissem a subsistência, por meios próprios, de todos os projetos desenvolvidos.

Neste sentido, foi criado um procedimento, público e transparente, de concessão de serviços desportivos que permitiram assegurar a totalidade das atividades já implementadas.

Na Assembleia Municipal do passado dia 29 de junho, os votos contra dos partidos da oposição PS, PCP,BE e inviabilizaram a subsistência e regularidade de um serviço de domínio público de incontornável importância, que, uma vez empatados num primeiro sufrágio (15 contra dos partidos acima e 15 a favor dos partidos da coligação PSD, CDS, MPT, PPM e PAN) se viram desempatados pelo voto de qualidade do presidente da mesa da Assembleia Municipal Luís Graça.

O que é preciso consagrar deste injustificável veto político são as suas cataclísmicas consequências para o programa desportivo e tecido social farense. Assim sendo, a autarquia informa que a rejeição da renovação da concessão tem por consequentes implicações o seguinte:

- Cancelamento de 103 classes/turmas com 2760 praticantes inscritos, desde a natação para bebés até aos seniores com mais de 60 anos;

- Redução dos horários de abertura das Piscinas Municipais e Centro Náutico para utilização livre (atualmente com 17 mil utentes);

- Redução da capacidade de receber a totalidade dos alunos do primeiro ciclo no projeto escolar "Saber Nadar" (980 crianças);

- Fim do projeto “Sénior Ativo”;

- Aumento da despesa em 21%, mais concretamente € 188 284,91.

De referir ainda que esta triste realidade empurra forçosamente os funcionários ao serviço das anteriores concessões para uma situação de desemprego, nomeadamente:

- 17 Técnicos superiores avençados;

- 1 Técnico superior coordenador efetivo;

- 2 Assistente técnicos efetivos;

- 2 Técnicos de limpeza avençados.

Ainda assim, tudo faremos para garantir o máximo de actividades e projectos previstos no calendário desportivo do concelho, ainda que em eminente consciência da amplitude e gravidade destas implicações.”

Fonte: GRP da CM FaroServicosDesportivosBloqueados

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS