Loulé Criativo promove Ciclo de Oficinas dedicadas à confeção artesanal de calçado

Regionais
Tools
Typography

A Câmara Municipal de Loulé, através do projeto Loulé Criativo, tem-se dedicado à reativação e revitalização de um conjunto de artes e ofícios que marcam a identidade local. Assim, nos próximos meses de maio e junho, a iniciativa irá levar a cabo um ciclo de oficinas, desta vez dedicadas à confeção artesanal de calçado.

É com base na importância que o ofício de sapateiro desempenhou na história da cidade e do Concelho de Loulé, que o Loulé Criativo vem propor este ciclo de workshops com o objetivo de potenciar a transmissão de conhecimentos e técnicas básicas utilizadas ancestralmente pelos sapateiros na construção artesanal de calçado.

O ciclo de oficinas será ministrado pelo jovem sapateiro Fernando Augusto Gonçalves, em 4 módulos independentes, com a duração de 8 horas cada, que terão lugar aos sábados, entre as 10h e as 19h, no Convento Espírito Santo, em Loulé.

As oficinas têm como destinatários maiores de 16 anos, interessados em aprender, de forma introdutória, as bases do ofício de sapateiro e do fabrico artesanal de calçado, não sendo exigida experiência prévia.

De salientar que a Autarquia irá patrocinar esta atividade, ficando a cargo dos formandos apenas o custo das matérias-primas, no valor de 20 euros/módulo.

Os módulos propostos são os seguintes: Oficina de sapateiro (5 de maio), Oficina de fabrico artesanal de sapatos (26 de maio), Oficina de reparação, adaptação e transformação de sapatos (2 de junho) e Oficina de correaria e marroquinaria (23 de junho).

A inscrição nestas oficinas poderá ser feita individualmente ou em conjunto, sendo necessário inscrição módulo a módulo.

Para mais informações e inscrições é favor consultar o site www.loulecriativo.pt ou utilizar os seguintes contactos: Tel.289400894 / email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. As vagas são limitadas e as inscrições decorem até 2 dias antes da data de realização de cada oficina.

Loulé foi durante séculos o mais importante centro de calçado do Algarve e um dos mais relevantes do Sul do país, chegando a atividade a contar com mais de 300 artífices em simultâneo.

Encontram-se registos de sapateiros louletanos desde o século XV, coexistindo neles as três religiões: os cristãos, os muçulmanos e os judeus.

Com o desenrolar dos séculos, apesar das convulsões político-sociais e das crises económicas verificou-se um crescimento quase constante dos sapateiros em Loulé. Contudo, a partir dos anos 60 do século XX, os sapateiros louletanos começaram paulatinamente a definhar, muito por conta da falta de renovação geracional da profissão, da emigração e da ausência de modernização da indústria do calçado e da sua mecanização.

Fonte: GAP da CM LouléCalcadoArtesanal

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS