Lagos | A Cozinha Autêntica Faz-se Com os Produtos da Terra

Regionais
Tools
Typography

Lagos, 6 de Março de 2018 - Na constante procura em oferecer uma experiencia gastronómica mais autêntica, a chef do Mar d'Estórias foi perceber quais os ingredientes indicados para as suas criações culinárias. Nessa procura travou parcerias locais para o fornecimento desses elementos e, agora, partilha convosco a origem dos produtos utilizados na sua cozinha. 

Os Sábados de manhã no Mercado do Levante são preenchidos com as folhas mais verdes e com a frescura de produtos acabados de apanhar, por todas as bancas. Por isso, a chef Megan Melling desloca-se religiosamente à Reforma Agrária, em Lagos, para comprar os ingredientes que precisa. Aqui pode encontrar leguminosas avulso (como a ervilha quadrada e o feijão), ovos biológicos, flores, selecção de ervas aromáticas em potes, farinha de milho (para o xerém), piri-piri caseiro em óleo ou seco ao sol, azeitonas temperadas caseiras, tremoços, bem como compotas caseiras e doces regionais (como os Dom Rodrigos), entre outros. No entanto, a chef adverte que algumas bancas revendem ingredientes de grandes superficies comerciais, ou seja, "tentem fugir às bananas e aos tomates demasiado brilhantes". Não obstante Megan complementa as suas compras com visitas regulares ao Mercado da Avenida ou ao de Santo Amaro.

"Localmente, a compra de produtos mais autênticos e de agricultura sustentada pode tornar-se um desafio", comenta Chef Melling. No entanto, a chef refere alguns produtores que já fazem entregas porta-a-porta para facilitar aqueles que desejem produtos que não estejam embalados nos frigoríficos das grandes superfícies comerciais; uma opção é a empresa Pé de Salsa (sediada na Mexilhoeira Grande), onde pode escolher o seu cabaz de legumes ou ervas aromáticas para lhe ser entregue a casa. Outra referência, é a Natividade Correia (que tem uma newsletter semanal a informar os produtos da época) que também fornece directamente tomates da horta, tomate seco ao sol, figos frescos, piri-piri, amêndoa e legumes diversos da época. Ou ainda os nossos vizinhos da BioSabor que se encontram à saída de Lagos antes de chegar ao Chinicato.

Voltando aos tachos e panelas, decidimos eleger o nosso pão-de-ló de abóbora como modelo na utilização de produtos locais, pois contém pólen e mel do Cotifo (Melaria da Bravura), laranja Algarvia e a abóbora (BioSabor). O Mar d'Estórias estendeu o horário e encontra-se aberto para o jantares às sextas e sábados; convidamo-lo a provar esta sobremesa no Mar d'Estórias  e comprovar a nossa filosofia de fomento do comércio local e na importância que o Mar d'Estórias dá aos produtos da terra.

Fonte: Mar d'EstóriasReformaAgraria1ReformaAgraria2

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS