Declaração de Prejuízos / Passagem do Tornado

Regionais
Tools
Typography

No sentido de reforçar a informação veiculada ontem dia 05 de março pela DRAPAlgarve, relativa à declaração de prejuízos resultantes da passagem do tornado de baixa densidade que assolou no dia 04 de março as zonas de Faro e do Sotavento Algarvio, provocando na sua passagem um rasto de destruição, anexamos o comunicado produzido pela União de Produtores Hortofrutícolas do Algarve (UNIPROFRUTAL)

No passado Domingo, dia 04/03/2018, as ocorrências meteorológicas verificadas no Algarve, provocaram a destruição e danos graves em explorações agrícolas.

É necessário e urgente bem conhecer e caracterizar os prejuízos verificados nas explorações agrícolas, com vista a verificar o seu enquadramento em termos de eventuais apoios a mobilizar para a reparação dos prejuízos e reposição do potencial produtivo afetado.

Os agricultores afetados deverão dirigir-se, preferencialmente no prazo de dois dias, aos Serviços da Direção Regional de Agricultura do Algarve, no Patacão ou em Tavira, para fazerem a declaração dos prejuízos verificados nas suas Explorações, designadamente:

     . Edifícios e coberturas

     . Citrinos e outras árvores de fruto

     . Culturas com ou sem frutos pendentes

     . Estufas, Túneis e similares

     . Máquinas e equipamentos

     . Outros diversos

Salienta-se a importância deste manifesto em ordem a melhor poder a UNIPROFRUTAL defender, nesta eventualidade, os interesses da horto- fruticultura Regional.

O Presidente da UNIPROFRUTAL

Fonte: DRAPAlgDirecaoRegAgrAlg

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS