AHRESP | Estabelecimentos de Animação Noturna Encerrados promovem Ajuntamentos de Risco

Nacionais
Tools
Typography

A manutenção do encerramento legal dos estabelecimentos de animação noturna, como bares e discotecas, além de fazer com que estas empresas se tornem insolventes, com o risco de não reabrirem os seus negócios, tem ainda o efeito pernicioso de promover ajuntamentos noutros locais, que ocorrem sem qualquer controlo ou mesmo cuidado com medidas de prevenção da COVID-19. Neste sentido e considerando o sucesso da vacinação, a AHRESP defende que se justificaria a entrada imediata na 3.ª fase de desconfinamento. Em simultâneo, é preciso não esquecer a necessidade destes estabelecimentos acederem a um apoio financeiro específico para a reabertura, o que ajudaria no combate à pandemia e funcionaria como um sinal de apoio e confiança nestes agentes económicos que levam já mais de ano e meio de faturação zero.

Destaque ainda para:

  • Fim das Moratórias exige disponibilização da medida "Retomar"
    Esclarecimento da Secretaria de Estado do Turismo
  • WTTC resume tendências e destaca oportunidades em documento
  • Summer School do Turismo de Portugal
  • Reino Unido estabelece novas regras para viagens internacionais
  • Desempregados inscritos no IEFP diminuem
  • Estabelecimentos de animação noturna encerrados promovem ajuntamentos de risco

Consulte o Boletim Diário AHRESP: AQUI

AHRESPAHRESPLogotipo

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS