Notícias

Grid List

O “Jazz no Palácio” decorre, de 19 a 21 de julho, pelas 22h00, no pátio do Palácio da Galeria, e conta com a presença de João Barradas (dia 19), Carmen Souza (dia 20) e João Paulo Esteves da Silva Trio (dia 21).

João Barradas é um dos mais conceituados e reconhecidos acordeonistas europeus, movendo-se entre a música clássica, o jazz e a música improvisada.

Venceu alguns dos mais prestigiados concursos internacionais, dos quais se destacam o Troféu Mundial de Acordeão, o Coupe Mondale de Acordeão, o Concurso Internacional de Castelfidardo e o Okud Istra International Competition.

Em 2016, grava, com a editora nova-iorquina Inner Circle Music, o seu primeiro álbum, tendo colaborado com diversos músicos de renome.

Hoje, apresenta-se, em Tavira, com os “Home”, do qual fazem parte Mané Fernandes (guitarra), Eduardo Cardinho (vibrofone), Gonçalo Neto (guitarra), Ricardo Marques (contrabaixo) e Guilherme Melo (bateria).

Carmen Souza tem vindo a afirmar-se como um dos mais inquietantes e vibrantes símbolos da lusofonia.

Música afro-cubana, jazz, morna e um conjunto de referências de diferentes fusões rítmicas marcam o perfil autoral da artista para o qual tem contribuído, ao longo da última década, o baixista Theo Pascal.

O seu novo álbum “… ‘Epístola’ representa uma carta de sons”. “Na letra e música, Carmen Souza & Theo Pascal são arquitectos desta linguagem única que é ao mesmo tempo forjada a partir da geografia explosiva de Cabo Verde e a sofisticação de Portugal continental e Grã-Bretanha…”.

João Paulo Esteves da Silva Trio é constituído por JP Esteves da Silva (piano), Mário Franco (contrabaixo) e Samuel Rohrer (bateria). Juntos garantem o êxito do formato de jazz mais clássico. “O trio não se define pela alegria ou melancolia melódica ou pela busca pura de harmonia. A sua procura desenvolve-se na abertura à improvisação, dispensando intenções banais para as suas peças e composições”.

Fonte: Mun de TaviraJazzCarmenSouza

 

Trioza erytreae - Candidatura para apoios ao investimento locais de produção de plantas hospedeiras. A Autoridade de Gestão do PDR2020 publicou o Anúncio de Abertura de período de apresentação de candidaturas n.º 13/Ação 3.2/2018 - Investimentos na exploração Agrícola  que visa o apoio financeiro a investimentos em viveiros para a produção de plantas de citrinos ou outras rutáceas.

Está também disponível a Orientação técnica específica n.º 81/2018.

As candidaturas podem ser apresentadas até às 17 horas do dia 31 de agosto de 2018.  

Para saber mais informações consulte o site do PDR2020.

https://www.dgv.min-agricultura.pt/portal/page/portal/DGV/noticia/?detalhe_noticia=28506419

Fonte: DRAPAlgCitrinosCitrinos1

DirecaoRegAgrAlg

A Câmara Municipal de Loulé deu início neste mês de julho ao Projeto AAXEE que irá decorrer nas escolas secundárias de Loulé e Dr.ª Laura Ayres, em Quarteira, no ano letivo 2018/2019. Esta iniciativa inspira-se integralmente na prática do 10x10 (projeto do programa DESCOBRIR da Fundação Calouste Gulbenkian, do qual Loulé participou com a Escola Secundária Laura Ayres em Quarteira e que se extinguiu na sua 5.ª edição).

Este projeto envolve professores, artistas e alunos num trabalho de valorização de conteúdos curriculares do 10º ano do ensino secundário, estimulando o prazer de aprender e a interação de perspetivas, dos saberes e da criatividade. Contribui para que os professores renovem o seu reportório de ferramentas pedagógicas e de estratégias de comunicação em sala de aula.

Candidataram-se uma tripla e uma dupla de professores das Escolas Secundária de Loulé e Laura Ayres de Quarteira. Os trabalhos iniciam já na próxima semana com a Residência Artística, que se realiza de 23 a 28 de julho, na Escola Secundária de Loulé, com a participação dos artistas Aldara Bizarro; Miguel Horta; Miguel Cheta e Sara Martins.

Durante o primeiro período do próximo ano escolar 2018/19, realiza-se a Oficina que consiste na conceção e realização de um projeto pedagógico singular, que aplica e experimenta em sala de aula e no contexto de cada disciplina envolvida, algumas das micropedagogias organizadas no livro 10x10 – ensaios entre a arte e educação. Os professores e os alunos participam ativamente no processo, acompanhados pelos dois artistas do Concelho, Miguel Cheta – artes plásticas e Sara Martins – dança, por Dina Mendonça, filósofa que dinamiza as sessões de pensamento e por uma avaliadora, Judith Silva Pereira que segue todo o projeto.

O trabalho culmina com a realização das “Aulas Públicas”, que se apresentam no dia 16 de fevereiro, no Cine-Teatro Louletano, onde artistas, professores e respetivos alunos, partilham o processo desenvolvido com a comunidade educativa - professores, artistas, educadores, investigadores e encarregados de educação.

O AAXEE assume a formação contínua como uma mais-valia para o contributo de uma educação de qualidade, contemplando a integração do Centro de Formação de Associação de Escolas do Litoral à Serra (CFAE), nas duas ações que irão compor este projeto - Residência e Oficina.

A relação com as escolas é regida através da celebração de um protocolo entre a Câmara Municipal de Loulé e cada uma das escolas, por forma a garantir as condições para a concretização do projeto nos respetivos estabelecimentos de ensino.

Fonte: GAP da CM LouléEscolaSecundariaLoule

 

Decorreu no domingo à noite, dia 15 de julho, mais uma Gala de Dança, no palco do Revelim de St. António, em Castro Marim, que acolheu, mais um ano, o que de melhor se faz do que toca à disciplina artística da dança. A iniciativa, que reúne as melhores escolas de dança do território do Baixo Guadiana, assume-se já como um dos maiores espetáculos do género da região.

As companhias de dança presentes na edição deste ano - Arutla, Splash, Conservatório Regional de Vila Real de Santo António, Academia de Ballet Contemporâneo e Idade d’Ouro -, brindaram os presentes com um espetáculo de movimento, luz e música, recheado de performances únicas, desde o hip-hop à dança clássica, que prenderam o público desde o primeiro ao último minuto.

Iniciativa da Câmara Municipal de Castro Marim, a Gala envolveu cerca de 250 crianças e jovens do território Baixo Guadiana, demonstrando que o trabalho das artes existe e está cada vez mais presente no dia-a-dia dos jovens.

Iniciativa da Câmara Municipal de Castro Marim, esta Gala pretende valorizar e reconhecer o trabalho admirável que estas escolas desenvolvem com os jovens do território, promovendo, simultaneamente, o gosto pela expressão artística e pela prática de uma disciplina artística, formando não só artistas mas também cidadãos.

Fonte: GC da CM Castro MarimDancaCMarim1DancaCMarim2DancaCMarim3DancaCMarim4DancaCMarim5

O Município de São Brás de Alportel está a dar continuidade ao projeto de colocação de ecopontos subterrâneos na vila de São Brás de Alportel, com a instalação de mais cinco ilhas ecológicas e de seis oleões.

Os cinco conjuntos de ecopontos subterrâneos vão ser instalados na zona urbana da vila de São Brás de Alportel, em locais de maior densidade populacional, onde se regista boa adesão à deposição seletiva e, como tal, onde é necessário reforçar o número de equipamentos ao dispor da comunidade.

O concurso público para a aquisição dos novos contentores já foi lançado pelo Município, estando previsto um investimento na ordem dos 70 mil euros que conta com financiamento do POSEUR a 85% e está integrado numa candidatura, de promoção da reciclagem multimaterial de resíduos, apresentada pelo Município que inclui ainda oito ecopontos subterrâneos e cinco oleões colocados numa primeira fase.

A candidatura teve um reforço físico e financeiro aprovado que permitiu esta segunda fase e que contempla ainda o lançamento da empreitada para a colocação dos ecopontos e de mais seis oleões.

Esta aposta no reforço de ecopontos subterrâneos é um dos eixos da estratégia de promoção da qualidade ambiental definida pelo município, que tem por prioridades a promoção da higiene e limpeza do espaço público e a deposição seletiva de resíduos, com vista à sua crescente reciclagem e valorização.

Fonte: GI da CM SBAEcopontosSBA

A mesa de Albufeira e Olhos de Água, uma das 49 pré-finalistas do concurso “7 Maravilhas à Mesa” foi apresentada esta sexta-feira no Balaia Golfe Village, perante várias dezenas de convidados. O evento teve também por objetivo apresentar publicamente o padrinho da candidatura, o conhecido ator e humorista Manuel Marques. Veja as fotos (cedidas pela CM Albufeira) na nossa galeria de Fotografias: https://www.maisalgarve.pt/fotogaleria/category/292-albufeira-mesa-concurso

Albufeira vai participar na semifinal, no dia 12 de agosto, em Alijó, com transmissão em direto pela RTP, a seguir ao telejornal. As votações começam já no próximo dia 20 de julho.

Coube ao presidente da Câmara Municipal de Albufeira apresentar a Mesa de Albufeira e Olhos de Água ao concurso “7 Maravilhas à Mesa” a perto de uma centena de convidados, num bonito cenário enquadrado por pinheiros e pelo campo de golfe do Balaia Golfe Village.

A acompanhar o presidente estavam o padrinho da candidatura de Albufeira, o conhecido ator e humorista Manuel Marques, o chefe Henrique Leandro, que ajudou a preparar o processo desde a primeira hora, Ruben Pinto, enólogo da Adega do Cantor e Luís Silva, agrónomo e proprietário da Quinta do Mel, unidade de agroturismo que integra o roteiro turístico que complementa a mesa.

José Carlos Rolo referiu que Albufeira para além de ser conhecida internacionalmente pela qualidade das suas praias, temperaturas amenas, excelentes unidades hoteleiras e animação turística e pela simpatia das suas gentes, que tão bem sabem receber quem nos visita, tem uma gastronomia que aposta na tradição de confecionar pratos que passam de geração em geração, aliada à qualidade e frescura dos produtos provenientes da terra e do mar. “A mesa de Albufeira e Olhos de Água retrata bem esta ligação secular entre as gentes do mar e do campo. A cataplana é um prato que remete às nossas raízes árabes, sendo preparada com base em produtos endógenos de grande qualidade: a cebola, o tomate e os coentros que se juntam ao peixe e marisco sempre muito frescos apanhados na nossa costa. A acompanhar o prato, escolhemos dois vinhos da Adega do Cantor, um rosé e outo branco, o “Vida Nova 2017” e o “Onda Nova 2014” que ligam muito bem com o prato. As laranjas doces e suculentas produzidas na Patã de Baixo são a proposta para a sobremesa. Como complemento da excelente gastronomia há um roteiro turístico associado que inclui uma visita aos olheiros de água doce que brotam nos areais da praia de Olhos de Água, por altura da maré baixa. Para descansar propomos um conceito de alojamento que foge ao tradicional, a Quinta do Mel, uma unidade de agroturismo, localizada a 1 Km da praia, e que prima por receber os seus clientes como se estivessem em casa dos seus avós. Quem quiser pode ajudar nos trabalhos da Quinta, uma experiência única e que o Luís Silva agradece”.

José Carlos Rolo aproveitou para informar que Albufeira vai participar na semifinal, no próximo dia 12 de agosto, em Alijó, e acolher a Gala final, no próximo dia 16 de setembro. “Entretanto é preciso que todos votem na nossa mesa para que consigamos chegar à final. As votações têm início já no próximo dia 20 de julho, fiquem atentos à divulgação dos números de telefone”.

Paulo Dias, Chefe de Gabinete do presidente da Câmara, e Carla Ponte, Chefe da Divisão de Turismo, enquanto responsáveis técnicos pela candidatura, explicaram como decorreu todo o processo desde o início, tendo referido que Albufeira foi convidada pela RTP para participar no evento na sequência da participação de Paderne no concurso “7 Maravilhas – Aldeias”, iniciativa que levou o nome da freguesia mais longe tendo aumentado a sua notoriedade. Aos presentes, foi explicado todo o processo de candidatura que, para além da mesa de Albufeira e Olhos de Água, “Mesa do Mar”, incluiu ainda mais duas propostas: a “Mesa do Frango à Guia” e a “Mesa do Barrocal”. A escolha resultou da votação de um painel de especialistas com acompanhamento e supervisão de um Conselho Científico, que elegeram sete mesas por região. Nesse sentido, também José Carlos Rolo referiu que “qualquer das três candidaturas apresentadas pelo Município são representativas da identidade local e espelham a diversidade e complementaridade do território concelhio, quer em termos gastronómicos quer do património natural e turístico”.

A presidente da Junta de Freguesia de Albufeira e Olhos de Água, Indaleta Cabrita, apresentou a claque, que apesar de não estar completa, deu mostras de ser capaz de gritar a plenos pulmões, ao som do instrumento musical mais tradicional do Algarve, o acordeão, eximiamente executado por António Saboia, que anunciou que a nossa mesa vai chegar à final e vencer mais este desafio.

Manuel Marques, padrinho da mesa de Albufeira distribuiu simpatia e sorrisos entre os convidados. O ator e humorista, que tem casa e raízes familiares em Albufeira, confessou adorar a gastronomia do Algarve, particularmente a que comia em casa dos seus avós, em Paderne, “guardando ainda memórias do cheirinho e do sabor do xerém com conquilhas e das cenouras à algarvia”. A cataplana é, igualmente, um dos pratos de sua eleição que neste final de tarde teve a oportunidade de degustar juntamente com os restantes convidados, já que o chefe Henrique Leandro preparou uma enorme cataplana que fez as delícias dos convivas.

Quem também fez questão de marcar presença no evento, em sinal de apoio à mesa de Albufeira, foi Fernando Correia, o padrinho de Paderne às “7 Maravilhas - Aldeias”, que decorreu ano passado, concurso em que Albufeira foi finalista.

Fonte: GRP da CM AlbufeiraMesaAlbufeira19

 

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Lisboa, ontem, dia 12 de julho, apreendeu 15 380 cigarros, no concelho de Mafra, em Lisboa.

Na sequência de uma fiscalização rodoviária de rotina direcionada ao controlo e fiscalização de mercadorias sujeitas à ação fiscal e aduaneira, os militares detetaram os cigarros no interior de um veículo, acondicionados em maços que não ostentavam a estampilha fiscal nacional, o que constitui um ilícito aduaneiro. Com recurso a circuitos comerciais marginais, esta mercadoria tinha como destino o consumo em território nacional.

A comercialização deste tabaco resultaria numa fuga aos impostos no valor aproximado de 2 500 euros para as receitas do Estado, em sede de Imposto Especial sobre o Consumo e de Imposto sobre o Valor Acrescentado.

Fonte: GNR-UAFCigarrosMafraGNRGNR Unid Acao fiscal

13 de julho de 2018, Lisboa – Dois anos após o arranque, o programa abem: Rede Solidária do Medicamento, ajudou mais de 5 mil beneficiários de famílias carenciadas, gerando um retorno social de 6,9 milhões de euros. Esta é a principal conclusão do relatório de avaliação do impacto do projeto, divulgado agora pela Associação Dignitude.

Ao abrigo do programa, que teve início em 25 de maio de 2016, foram dispensados, até 30 de junho deste ano, perto de 88 mil medicamentos prescritos a mais de 2.500 famílias de 80 concelhos portugueses. O investimento necessário para implementar o programa ultrapassou os 892 mil euros.

A avaliação de Impacto formal do projeto seguiu a metodologia SROI – Social Return on Investment – que identificou as mudanças ocorridas em cada stakeholder do programa (beneficiários diretos, agregado familiar, promotores, parceiros, farmácias, associados, staff, doadores, voluntários, centros de saúde e fornecedores) para mostrar e valorizar os impactos junto de todos os elementos da rede. O estudo foi realizado pela Call to Action, consultora certificada pela Social Value International.

Após o estudo de todos os indicadores, chegou-se ao resultado de um SROI de 1:7,8. Ou seja, por cada 1 euro investido no Programa abem:, são gerados 7,8 euros de valor social. "Os dados provam o drama social que o problema do acesso ao medicamento está a ter e revelam como o abem: devolve às pessoas a dignidade que perderam", esclarece Maria de Belém, coordenadora geral da Dignitude.

Ao analisar a vida dos beneficiários antes e depois de terem o cartão abem: verifica-se que o Programa está a criar mudanças positivas. A mais valorizada é o aumento da qualidade de vida (com um valor de impacto de 2.465.325€). Outras mudanças a longo prazo junto da população incluem, no caso das crianças:  o aumento da estabilidade emocional e o reforço da coesão familiar; nos adultos: a redução do absentismo, o aumento da autoestima e da estabilidade financeira; e nos idosos: a redução das dívidas e o bem-estar psicológico.

Sobre o Relatório de Avaliação do Impacto Social

Período em análise: janeiro e dezembro de 2017.

Entidade promotora do estudo: Call To Action, entidade externa certificada pela Social Value International, rede internacional que define os princípios e boas práticas em avaliação de impacto.

Metodologia utilizada: Avaliação SROI – Social Return on Investment, que determina um valor de retorno social considerando o investimento necessário para o implementar (892.268 €) e o valor do impacto gerado (6.949.830 €).

Sobre o Programa abem:

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem:, bastando apresentá-lo numa farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co-comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de fundraising.

Dados nacionais a 30 de junho

2.554 famílias abrangidas

5054 beneficiários envolvidos

465 farmácias abem

87.852 medicamentos dispensados

80 entidades referenciadoras

80 concelhos

Fonte: LPMProgramaAbem

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, na última semana, de 6 a 12 de julho, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 468 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 201 por condução sob o efeito do álcool;
  • 99 por tráfico de estupefacientes;
  • 69 por condução sem habilitação legal;
  • 12 por furto;
  • Dez por posse ilegal de arma;
  • Três por violência doméstica;
  • Dois por ofensas à integridade física;
  • Um por roubo.
  1. Apreensões:
  • 2 889 doses de haxixe;
  • 1 009 doses de heroína;
  • 871 doses de cocaína;
  • 290 doses de anfetaminas;
  • 6 032 pés/plantas de cannabis;
  • 22 300 gramas de folhas e sumidades de cannabis;
  • 6,4 quilos de cannabis moída;
  • 273 sementes de cannabis;
  • 89 gramas de liamba;
  • 73 gramas de resina de cannabis;
  • Sete armas de fogo;
  • Quatro armas brancas;
  • 25 munições de diversos calibres;
  • 25 veículos;
  • 1 595 artigos contrafeitos;
  • 1 180 cigarros avulso;
  • 2,2 quilos de tabaco moído;
  • 107 quilos de pescado;
  • 10 272 euros em numerário.
  1. Trânsito: 9 485 infrações detetadas, destacando-se:
  • 2 244 excessos de velocidade;
  • 489 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 398 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 377 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 343 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 338 relacionadas com tacógrafos;
  • 308 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 187 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

 

No dia em que se debate o Estado da Nação, a PORDATA, projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos, acaba de lançar o Retrato de Portugal de 2018, um resumo de indicadores da sociedade portuguesa contemporânea desde 1960 até ao último ano disponível.

São dados sobre População, Condições de Vida e Rendimentos Familiares, Educação, Saúde, Proteção Social, Justiça e Segurança, Contas Públicas, Macroeconomia, Emprego e Mercado de Trabalho, Empresas, Ambiente, Energia e Território, Ciência e Tecnologia, Cultura e Desporto, Participação eleitoral, Turismo, Transportes e Agricultura e Pescas.

O Retrato está disponível através deste link: https://www.pordata.pt/ebooks/PT2018v20180713/mobile/index.html

Fonte: JLM&ARetratoPortugal

 

Lisboa, 10 de julho de 2018 – A Raríssimas - Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, acaba de anunciar que irá contar com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para dar resposta às necessidades mais urgentes e críticas com que a instituição se depara atualmente.

A direção da Raríssimas tem ativamente desenvolvido esforços no sentido de procurar, junto de organismos públicos e privados, soluções que viabilizem a continuidade e consolidação dos serviços que esta Instituição presta aos seus utentes.

A decisão por parte da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, um importante parceiro da Raríssimas cujo apoio já foi dado no passado, de atribuir um apoio financeiro à Raríssimas é, segundo a direção da Raríssimas, o reconhecimento da importância do trabalho desenvolvido junto das pessoas com doenças raras e respetivas famílias.

Estão a decorrer conversações entre a Raríssimas e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, no sentido de estudar possíveis formas de cooperação entre as duas entidades.

Fonte: HK StrategiesRarissimas

A Pousada de Juventude do Parque das Nações recebeu nos dias 5 e 6 de julho a reunião de chefias da Movijovem.

A Direção da Movijovem reúne regularmente as suas chefias para analisar e perspetivar a sua atividade operacional, financeira e comercial.

A reunião contou com a presença do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, que congratulou a direção da Movijovem pelo trabalho desenvolvido e pelos resultados da sua atividade.

Esta reunião antecede a realização de reuniões regionais com o intuito da promoção e envolvimento dos colaboradores no processo de análise, definição e implementação de estratégias ou ações que possam contribuir para a melhoria do cumprimento da missão da Movijovem.

A Direção da Movijovem assumiu no Plano de Atividades de 2018, a importância da participação dos recursos humanos da Movijovem na persecução dos objetivos do novo ciclo estratégico, para o triénio 2018-2020.

Fonte: MovijovemMovijovemReuniao

O 2018 ICCA Association Meetings Programme (AMP) terá lugar de 9 a 11 de julho em Liubliana, capital da Eslovénia.

O Association Meetings Programme é um evento desenhado para permitir o contacto informal entre os membros ICCA e os responsáveis por associações, potenciando a troca de conhecimento especialmente sobre bidding, preparação, organização e comunicação de reuniões de associações. A ATA pretende com esta participação aumentar a captação de eventos associativos para o Algarve.

Website Oficial: www.amp2018.iccaworld.org 

Produto: Meeting Industry
Mercado: Multimercados

Fonte: ATAATA

No sentido de posicionar o Algarve como um destino up-scale, com diversas mais valias consideradas luxury assim como de destino com excelente relação de value for money, a ATA irá participar no Private Leisure Forum, a ter lugar em St. Moritz, Suíça, de 25 a 28 de junho, dedicado principalmente aos mercados Europeus mas também a emergentes do médio oriente e ásia. 

Este evento caracteriza-se pela escolha criteriosa de buyers deste segmento, conseguindo assim que os suppliers durante os quatro dias de programa de actividades e de reuniões one-to-one, se reúnam apenas com os melhores luxury travel designers, lifestyle management experts e "upmarket travel agencies" de todo o mundo mas na sua grande maioria da Europa, contando com cerca de 300 pessoas entre luxury buyers e suppliers.

Produto: Sol e Mar
Mercado: Multimercados - Europa

Fonte: ATAATA

No âmbito das acções de promoção no mercado Francês, a ATA, em colaboração com a Easyjet, organiza uma visita de imprensa com o propósito de promover não apenas a nova rota Bordeaux – Faro, mas igualmente as restantes seis rotas já existentes entre França e Faro. De 19 a 24 de junho.

Os meios participantes Grazia, Femme Actuelle, Sud Ouest Magazine, Hotel & Lodge, Voyage de Luxe, L'Express, vão realizar um programa de actividades que lhes permitirá conhecer algumas das mais valias e da diversidade do destino.

Note-se que em 2017, no Algarve, o mercado Francês continuou em crescimento com +10% no número total de dormidas e +13% em hóspedes face ao período homólogo, ocupando a 5ª posição, relativamente ao número de dormidas em alojamento classificado, nos mercados emissores externos para a região. No primeiro trimestre de 2018, apresentava já um crescimento de +24% face ao mesmo período do ano anterior.

Fonte: ATAATA

Militares da Unidade Controlo Costeiro (UCC), que se encontram destacados na missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (FRONTEX) na Grécia (Poseidon Rapid Intervention), resgataram na manhã de ontem, dia 12 de junho, próximo da ilha de Samos - Grécia, uma embarcação insuflável, com 23 pessoas a bordo, entre elas 13 menores e quatro mulheres.

Esta interceção ocorreu durante uma ação de patrulhamento marítimo que estava a ser realizada pela embarcação da UCC, tendo os militares recebido uma comunicação informar que uma embarcação com migrantes teria sido arrastada para uma zona rochosa sem possibilidade de saída. Os migrantes não apresentavam ferimentos tendo sido entregues às autoridades locais em segurança.

A GNR participa nesta operação da FRONTEX na ilha de Samos, com empenhamento total de 13 militares.

O principal objetivo desta operação é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a imigração ilegal, o tráfico e seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

 

Maio tem sido um mês proveitoso para os Vinhos do Algarve e para a sua promoção, tanto nacional como internacional. A anteceder a primeira presença da Região Vitivinícola do Algarve numa feira internacional, os vinhos algarvios tiveram em destaque nos recentes Concursos como o dos Vinhos do Algarve, dos Vinhos de Portugal e no prestigiado Concurso Mundial de Bruxelas, obtendo medalhas em todos eles.

Durante os dias 21 a 23 de maio, a Região Vitivinícola do Algarve esteve no Olympia London, o emblemático edifício onde decorreu a London Wine Fair, o evento de vinhos mais importante do Reino Unido. Esta participação foi pioneira para a região, porque se tratou da primeira vez que a fez fora do país com um stand próprio.

A presença dos Vinhos do Algarve no certame foi organizada pela CVA – Comissão Vitivinícola do Algarve, que contou com a participação de 17 produtores que enviaram algumas das suas referências de vinhos, tendo inclusive muitos deles estado no stand da região a promover de forma direta e pessoal a sua produção.

Carlos Gracias – presidente da CVA – regressou satisfeito com a participação algarvia, destacando a relevância da escolha deste evento: “O Reino Unido é o 3º mercado europeu mais relevante para Portugal, e no caso do Algarve há uma importância acrescida na promoção pois trata-se de um país com forte presença turística na região. Esta feira é muito particular porque é especializada para o Trade, ou seja, todos os visitantes são profissionais do setor, tanto na área da restauração, desde o sommelier ao proprietário, passando pelas garrafeiras, distribuidores e mesmo cadeias de supermercados britânicas vêm aqui.”

Para além da mostra de vinhos diversificada da região, o stand algarvio teve a presença regular do enófilo Gilmar Brito, cuja certificação WSET nível 3, permitiu acompanhar o exigente nível do evento e dos visitantes que procuravam informações no stand do Algarve. Gilmar Brito referiu que os vinhos algarvios “tiveram uma boa prestação, mas que, sendo uma feira muito especializada os provadores vinham à procura de vinhos muito particulares, exclusivos ou com caraterísticas singulares”. Neste campo destaca que sem dúvida os vinhos monocasta com Negra Mole, a casta autóctone do Algarve e única em Portugal, “foram aqueles que captaram as maiores atenções e elogios”.

O saldo da participação é claramente positivo e com certeza haverá contactos próximos para os agentes económicos da região exportarem os seus vinhos. A London Wine Fair fecha terminou com chave de ouro um mês de maio repleto de sucessos, que começaram a 7 de maio em Silves, com o XI Concurso de Vinhos do Algarve, onde participaram 85 vinhos, dos quais 27 foram medalhados, e tendo sido atribuído o título de “Melhor Vinho do Algarve”, em concurso, com a grande medalha de ouro, à Quinta dos Vales com o seu Marquês dos Vales Grace Vineyard, tinto 2012.

Fonte: CVAVinhosAlgarveLondres1VinhosAlgarveLondres2VinhosAlgarveLondres3

Cooperação internacional é uma aposta da Movijovem. A direção da Movijovem foi convidada a visitar a sede da Hostelling International, em Londres, para uma apresentação dos recentes projectos da maior rede internacional de Pousadas de Juventude sem fins lucrativos.

A Movijovem, através das Pousadas de Juventude, é a entidade gestora da licença da Hostelling International em Portugal.

Esta visita resulta da boa relação e cooperação entre as duas organizações. Durante o encontro foi feito um balanço sobre a participação da Movijovem nos projetos internacionais “HI Quality and Sustainability” e “HI Connect” e na campanha “Sleep for Peace”.

A internacionalização e a análise de novos mercados turísticos, com destaque para o mercado emissor chinês, foram alguns dos assuntos abordados durante a reunião, tendo em perspetiva a valorização da rede e a realização de ações comerciais conjuntas.

Para o Vogal da direcção da Movijovem, Miguel Perestrello, “a integração das Pousadas de Juventude na rede da Hostelling International confere-nos uma responsabilidade acrescida na garantia de padrões de qualidade internacionais, bem como um potencial para a promoção do país enquanto destino turístico de jovens de todo o mundo.”

A rede da Hostelling International está presente em mais de 80 países, num total de mais de 4 mil Pousadas de Juventude.

Fonte: MovijovemMovijovemHostelling

No dia 15 de julho, as praias da Ilha de Tavira (Barril, Terra Estreita e Ilha de Tavira) recebem, a partir das 10h15, mais uma edição da prova de atletismo: “Corrida Mar Azul”.

Esta competição, aberta a todos os escalões masculinos e femininos anteriores a 2006, é totalmente corrida na areia, sendo constituída por dois percursos. A minicorrida, num trajeto de 2 Km, tem início na Terra Estreita e destina-se aos escalões de infantis e iniciados. A corrida Mar Azul, numa distância de 5 Km, começa na Praia do Barril e dirige-se aos restantes escalões.

Ambas as provas terminam na praia da Ilha de Tavira com distribuição de prémios, pelas 12h00.

A concentração dos atletas far-se-á nos seguintes locais de partida:
- Infantis e iniciados – Terra Estreita – 09h30
- Restantes escalões – Praia do Barril – 10h00

O horário das provas será:
- Infantis e iniciados – 10h15
- Restantes escalões – 10h45

Para mais informações, deverá ser contactada a Divisão de Ambiente, Desporto e Equipamentos Desportivos da Câmara Municipal, através do telefone n.º 281 320 577 ou pelo email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Inscrições até dia 12 de julho.

Fonte: Mun de TaviraCorridaMarAzul

Vai decorrer em Faro, no Pavilhão Municipal da Penha, o Campeonato Nacional de Patinagem Livre, Torneio Nacional de Benjamins, de 21 a 29 de julho.

Das 09h00 às 12h00 - treinos

Das 14h00 às 20h00 - competição

Org.: Real amizade Farense

Fonte: Mun de FaroPatinagemLivre

Loulé é um dos municípios que irá receber o Grande Prémio de Portugal Nacional 2, que se realiza entre 18 e 22 de julho. Esta prova velocipédica irá percorrer aquela que é a maior estrada da Europa e terceira do Mundo em cinco etapas.

A 1ª etapa (18 julho) irá ligar Chaves a Castro Daire, com passagens por Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Régua e Lamego. A 2ª etapa (19 de julho) fará a ligação de Castro Daire a Pedrógão Grande, num percurso que passará por São Pedro do Sul, Viseu, Tondela, Santa Comba Dão, Mortágua, Penacova, Vila Nova de Poiares, Lousã e Góis. Com partida em Pedrógão Grande, a 3ª etapa (20 julho) segue para a Sertã, Vila de Rei, Sardoal, Abrantes, e chegada a Montargil (Ponte de Sor). É daí que parte a 4ª etapa (21 de julho) que terá paragens em Avis, Mora, Coruche, Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo, Alcácer do Sal, Ferreira do Alentejo e Aljustrel. Finalmente, e em toda a zona Sul, a 5ª etapa (22 de julho) sai de Ferreira do Alentejo em direção a Aljustrel, Castro Verde, Almodôvar, São Brás de Alportel, LOULÉ e chega a Faro.

Na primeira edição, esta prova está classificada pela UCI no nível 2.2 (por etapas de segunda categoria).

Ao nível das equipas estrangeiras, vão integrar a prova a Caja Rural/Seguros RGA, Euskadi/Murias, Fundacion Euskadi, MStina Focus Team, Project Nice Cote D`Azur, Ampo-Goierriko TB, Massi Kuwait e Military Team France Défense. As equipas nacionais que farão parte deste Grande Prémio são W52 FC Porto, Sporting Tavira, Vito/Feirense, Rádio Popular Boavista, Efapel, La Aluminios, Aviludo Louletano, Liberty-Seguros, Miranda/Mortágua, UC Maia, Sicasal e Bombarral.

A Estrada Nacional 2 atravessa Portugal de Norte a Sul e é a estrada de maior extensão do país. Tem o seu início em Chaves (Km 0) e terminando ao Km 738,5 em Faro, passando por onze distritos (Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro), oito províncias (Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa, Ribatejo, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Algarve), 4 serras, 11 rios e 35 concelhos.

Considerando que este é um património histórico e ambiental, em novembro de 2016 foi criada a Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2, um projeto turístico que une as cidades de Chaves a Faro, englobando 35 municípios.

Fonte: GAP da CM LouléAmeixialEN2

A 6ª edição da Prova de Resistência Noturna de BTT “Por terras de Salmarim” de Castro Marim, organizada pela Associação Rodactiva, reuniu cerca de 150 participantes no passado sábado, dia 7 de julho. Este evento desportivo é já uma referência no nosso concelho, numa prova de resistência e espírito de equipa para os amantes da modalidade.

O património histórico edificado da vila de Castro Marim – Colina do Revelim de Santo António e Forte de São Sebastião, além da bela paisagem da Reserva Natural do Sapal, fizeram, mais uma vez, parte do traçado da prova, numa iniciativa que concilia a descoberta paisagística com a prática desportiva.  

A 6ª edição da Prova de Resistência Noturna de BTT da Rodactiva contou com os apoios da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Castro Marim e de empresas da região do baixo Guadiana.

Fonte: GC da CM Castro MarimProvaBTTCMarim

Decorreu em Faro, nos passados dias 28, 29, 30 de junho e 1 de julho, a 4ª edição do Torneio Algarve Minibasketball Cup.

O evento de minibasquetebol, organizado pelo Clube de Futebol "Os Bonjoanenses" Faro conjuntamente com o departamento de minibasquete do clube que tem como responsável técnico o treinador Nuno Martins, contou, nesta edição, com a participação de 40 equipas representando várias zonas de Portugal Continental, Madeira e a Andaluzia num total de 500 atletas dos escalões de Mini 8, Mini 10 e Mini 12 de ambos os sexos.

Com o foco na diferenciação o Algarve Minibasketball Cup pretende garantir-se como um torneio de referência no minibasquetebol nacional e internacional, proporcionando a todos os participantes dias memoráveis de convívio desportivo e social com a partilha de experiências diferenciadas a todas as crianças, treinadores, dirigentes e acompanhantes.

Em termos de basquetebol, para além dos seus jogos em pavilhão, os participantes marcaram presença num torneio noturno de Street Basket 3X3 ao ar livre realizado ao longo do torneio, no largo da Pontinha, na baixa de Faro.

Porque o convívio e o fair play estão obrigatoriamente subjacentes aos princípios e valores que entendemos vincar na prática da modalidade, todos os praticantes partilharam diversos momentos de lazer. Neste âmbito temos a referir o desfile pela baixa da cidade de Faro, viagem de barco na Ria Formosa para disfrutarem de momentos de descontração na Praia de Faro, usufruto comum das Piscinas Municipais ao longo dos dias do torneio, assim como utilização de uma área Fun Zone na baixa da cidade junto ao recinto do 3X3.

Com a retribuição em alegria das centenas de participantes ao longo e após o evento esperamos continuar assim a contribuir para o desenvolvimento do minibasquetebol na cidade, na região e no país.

Como alguém referiu: “Sem dúvida alguma um grande torneio com muita competição muita alegria e acima de tudo com muito fair play. Obrigado a todos por terem tornado este torneio tão memorável”

Fonte: CF Os Bonjoanenses

Minibasketball2018.1Minibasketball2018.2Minibasketball2018.3Minibasketball2018.4Minibasketball2018.5Minibasketball2018.6

A mais importante regata algarvia regressa entre 5 e 7 de julho, com passagem por Vila Real de Santo António, Olhão, Faro, Albufeira e Lagos.

A vela como o desporto náutico mais apaixonante e apreciado em todo o mundo, e sendo o Algarvio um povo nauta, tínhamos de ter uma iniciativa deste nível que vai prestigiar a Vela nacional e homenagear o Algarve e a sua costa como um dos melhores campos para velejar do Mundo, refere João Marques, Presidente do Ginásio Clube Naval de Faro.

A LAND ROVER Sailing Challenge - 26ª Volta ao Algarve, foi desenhada mantendo o essencial da edição de 2017, quer na receção dos velejadores e na forma como irá receber todos os convidados, Portugueses e Turistas, para se juntarem no vasto programa social que foi criado.

Com a Organização do Ginásio Clube Naval de Faro, Coorganização pela Marina de Lagos, pelo Clube Vela de Lagos, Marina Yacht Club de Albufeira, Marina de Albufeira, Marina de Isla Canela, Associação Naval do Guadiana e Clube Náutico de Tavira e com o apoio das Camaras Municipais de Faro, Olhão, Albufeira e de Tavira, a LAND ROVER Sailing Challenge - 26ª Volta ao Algarve, espera reunir uma extensa Frota de 40 Veleiros de vários países onde se juntam aos representantes Portugueses num total de 200 velejadores.

Não temos duvidas que esta prova continuará a afirmar-se numa das regatas mais importantes do circuito nacional e até internacional, e por esse motivo agradecemos a todas as entidades que apoiam à realização da LAND ROVER Sailing Challenge - 26ª Volta ao Algarve.

Inscrições: https://goo.gl/mVskGB  -  Regras e Informações: https://goo.gl/QQgEjG

Fonte: GCNFaroRegataAlgarve1

Previsão Meteorológica | "on line"

Faro Portugal Sol, 30 °C
Condições atuais
Nascer sol: 6:26 am   |   Pôr sol: 8:50 pm
42%     29.0 km/h     34.169 bar
Previsão
TER. Min: 22 °C Max: 32 °C
QUA. Min: 16 °C Max: 27 °C
QUI. Min: 17 °C Max: 26 °C
SEX. Min: 18 °C Max: 27 °C
SáB. Min: 18 °C Max: 26 °C
DOM. Min: 19 °C Max: 25 °C
SEG. Min: 18 °C Max: 25 °C
TER. Min: 17 °C Max: 25 °C
QUA. Min: 17 °C Max: 25 °C
QUI. Min: 17 °C Max: 24 °C

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB