Notícias

Grid List

Estão abertas oficialmente, entre 19 de outubro e 30 de novembro de 2018, as candidaturas à Bolsa de Apoio ao Teatro 2019, uma iniciativa da Câmara Municipal de Loulé dirigida aos grupos de teatro amador (com personalidade jurídica) do Concelho de Loulé, e orçada num total de 25.000,00 €.

Recorde-se que a Bolsa de Apoio ao Teatro foi retomada em 2014, verificando-se que é um relevante instrumento de apoio à criação teatral no Concelho de Loulé por parte da Autarquia, uma vez que o seu foco é a apresentação de peças inéditas, o que tem permitido aos agrupamentos sediados neste Município terem um efetivo suporte à componente criativa.

Esta Bolsa constitui, por outro lado, uma importante forma de descentralização das práticas e dinâmicas culturais, uma vez que existe o compromisso de apresentação, por parte de cada grupo, de três espetáculos, sendo dois deles obrigatoriamente realizados nas freguesias do Concelho de Loulé.

Além disso, a Bolsa de Apoio ao Teatro prevê uma dimensão formativa, o que contribui gradualmente para uma maior capacitação e qualificação artísticas das diversas estruturas concorrentes e dos seus membros e projetos.

Os candidatos deverão apresentar as suas propostas à Câmara Municipal de Loulé através do Cine-Teatro Louletano via e-mail – Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. – até ao dia 30 de novembro de 2018, ou enviar as mesmas pelo correio para o Cine-Teatro Louletano, Av. José da Costa Mealha, 8100-501, Loulé. Todas as candidaturas que deem entrada após essa data serão excluídas. Formulário para inscrição e normas em www.cm-loule.pt

A análise das propostas será realizada entre 1 e 20 de dezembro por um júri qualificado, e os resultados serão comunicados aos candidatos até 31 de dezembro do presente ano.

Para mais informações os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano através dos seguintes meios: tel. 289414604 ou email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fonte: GAP da CM LouléCineTeatroLoule

A emblemática sede da Sociedade Recreativa Artística Farense vai ser alvo de obras de reabilitação já a partir do início do próximo mês de Novembro. O edifício histórico, situado na baixa da cidade de Faro, ficará interdito durante o período de obras, que se estima em cerca de 2 anos. Sede da SRAF há mais de um século e parte integrante da sua história, este local, mais conhecido por "Os Artistas", tornou-se icónico no panorama recreativo Farense pelos eventos culturais e convívios que sempre promoveu.
A Direcção da SRAF assegura no entanto que, mesmo sem um espaço em vista que sirva de sede temporária até ao término das obras, irá continuar com a sua programação, contando para tal com o apoio da Câmara Municipal de Faro e associações culturais parceiras. Para já, e em modo de despedida, no dia 27 de Outubro a SRAF abre as suas portas para um último evento antes da reabilitação das instalações. O evento começa pelas 17h e convida a uma tarde e noite animadas com uma programação que pretende recordar a história desta associação centenária. No evento haverá ainda os habituais petiscos para que nada falte a um anoitecer bem passado entre amigos. A entrada é livre e bem-vinda, e faz-se pela porta nº10 da Rua do Montepio.
Sobre a Sociedade Recreativa Artística Farense (SRAF)
A S.R.A.F. foi constituída em 1906 e a sua fundação está ligada ao Montepio dos Artistas de Faro, existente desde 1856. Foi criada com o objectivo de proporcionar aos seus associados actividades ligadas à cultura e ao recreio, sendo, desde então, o palco para eventos de teatro, canto, dança, música, literatura e cinema. Desde 1994 é também o espaço que acolhe o bar "Os Artistas", local icónico e ecléctico da noite Farense, ideal para uma noite bem passada entre amigos.
Fonte: SRAF-Os Artistas
SocRAFarensePortaSocRAFarenseSalaoSocRAFarenseEsplanada

A Rede de Bibliotecas de Tavira organiza a 2ª. edição do Concurso Book Trailers,  no concelho, com o principal objetivo de dinamizar e promover a leitura, a cultura e as bibliotecas.

Um book trailer é um vídeo curto que tem como finalidade apresentar, de maneira breve e visual, a atmosfera de um livro, sem mostrar a trama completa nem o desenlace, de maneira a sugerir e criar o interesse no leitor.

O concurso destina-se a toda a comunidade, nomeadamente a escolar, podendo os interessados apresentar a sua candidatura individualmente ou em equipas de quatro. O book trailer deve ter por base um livro, uma duração mínima de 30 segundos e máxima de 2 minutos e conter o máximo de duas ilustrações da obra original. O vídeo deve ser inédito e não poderá ter sido apresentado noutro concurso.

Os critérios de seriação terão por base a criatividade e inovação, a qualidade artística (banda sonora e imagens) e técnica (captação, edição e pós produção), o argumento e a realização, assim como a correção linguística.

Para participar deverão os interessados enviar o formulário preenchido, até dia 23 de fevereiro de 2019. https://goo.gl/forms/rNwnYURPik31XuvP2

Regulamento

Fonte: Mun de TaviraBookTrailers

No âmbito da estratégia preconizada pelo município de São Brás de Alportel para a valorização dos recursos endógenos da região algarvia, o Mercado Municipal prepara-se para dedicar o mês de outubro à batata-doce, acolhendo no dia 27 de outubro a apresentação do livro “As mais antigas receitas de batata-doce nos livros de culinária dos séculos XVIII e XIX”, de autoria de José António Martins.

Trata-se de uma edição da Associação de Defesa do Património Histórico e Arqueológico de Aljezur que procura valorizar a batata-doce, dando a conhecer a sua origem, a sua história e as receitas mais antigas.

A apresentação do livro terá lugar no Mercado Municipal, pelas 16h00, numa sessão aberta à participação de todos, depois de uma manhã em que a batata-doce será protagonista de uma demonstração Gastronómica muito especial, que contará com a participação do chef André Rodrigues.

Dada a relevância desta edição, o Município de São Brás de Alportel deliberou na sua reunião de 18 de setembro, atribuir um apoio à Associação de Defesa do Património Histórico e Arqueológico de Aljezur, que concede à autarquia a oportunidade de receber alguns exemplares desta obra.

Fonte: GI da CM SBAReceitasBatataDoceLivroRecBatataDoce

O Club Farense continua com o Ciclo apresentando nos dias 26, 27 e 28 de outubro, um vasto programa a não perder.
No dia 26, sexta-feira, o Afonso Dias dá-nos a honra de apresentar o seu Livro "Largo do Mercado", seguido de apresentação do seu último CD, "Alto Contraste - Trovas", por Adília César.
 
Dia 27, sábado, será a vez de um grupo de Rock constituído só por mulheres - "Gaijas" - que nos trarão a irreverência musical dos anos 90, e não só.
No dia 28, domingo, o Quarteto de Jazz liderado por Margarida Guerra, no projecto "Um Copo de Jazz/Glass of Jazz" encerrará o Ciclo.
Fonte: Club FarenseMusicaGaijasAfonsoDiasConvida

Se há momentos em que a visita a uma praça de touros é consensual, é durante o Mercado de Vinhos, evento que decorreu de 19 a 21 de outubro no mítico espaço do Campo Pequeno em Lisboa, agora focado noutras lides, como os espetáculos, exposições e mostras, na qual se inseriu esta 7ª edição do Mercado de Vinhos, com a presença de vários produtores algarvios que deram a conhecer os Vinhos do Algarve.

Já vem sendo um local de referência para a apresentação dos Vinhos do Algarve e se há dois anos foi a região convidada em destaque, continua a ser uma montra importante na qual a Comissão Vitivinícola marca presença com um espaço próprio e uma localização privilegiada, que depois cede aos produtores interessados em promover os seus vinhos num evento vínico de grande destaque em Lisboa e igualmente a nível internacional.

O número de expositores total ronda os 160, e a afluência durante os 3 dias do evento é enorme. Se na sua abertura à sexta-feira é já notória a concentração de pessoas, essa sensação ultrapassa quase o limite do razoável no fim-de-semana, com filas à entrada na bilheteira. Por isso a CVA considera importante a presença dos Vinhos do Algarve neste certame, que ainda por cima tem o mote de “Pequenos Produtores, Grandes Descobertas” que é de forma geral é o que sucede no Algarve, sendo também por isso que a organização acarinha a presença da região do Algarve.

Esta 7ª edição do evento teve o Dão em destaque – decorrem este ano as comemorações dos 110 anos da sua demarcação como região vitivinícola – e teve como principal novidade as “Conversas e um copo de Vinho”, no qual vários convidados subiam ao palco do pequeno auditório no centro da arena, para exatamente conversar sobre vinho, as suas experiências e vivências. Um desses oradores foi o produtor Luís Chaves do Barranco do Vale, que foi falar do seu projeto no Algarve e da casta Negra Mole, com o qual faz um dos seus vinhos – um rosé – que teve bastante sucesso no seu stand, exatamente pela diferença e pela experiência única que é provar um vinho com uma casta única no mundo. Este fator de diferenciação é importante porque o evento tem imensos turistas, visitantes e imprensa estrangeira e todos são unânimes em confessar que o que lhes interessa é conhecer vinhos exclusivos, com particularidades únicas do seu terroir assim como histórias e vivências associadas aos vinhos, produtores ou às suas propriedades e vinhas.

Pelo stand do Algarve, passaram os produtores dos Vinhos Malaca, da Herdade dos Pimentéis, da já referida Herdade do Barranco do Vale e também representantes da Casa Santos Lima, que trouxe uma ampla gama dos seus vinhos algarvios e confessando Soraia Inês que “o projeto da Casa Santos Lima está a correr bem no Algarve, com tendência para crescer, sendo que a certificação Algarve e o nome em si nos rótulos é um fator de atratividade, sobretudo no Reino Unido.”

Fonte: CVAMercadoVinhos2MercadoVinhos3MercadoVinhos4MercadoVinhos

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal do Porto, no dia 18 do outubro, apreendeu cerca de 327 mil euros em metais e peças preciosas, no distrito do Porto.

No âmbito de uma investigação conjunta com a Autoridade Tributária, que visou o comércio de metais preciosos, crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais, foram realizadas 48 buscas, tendo sido apreendido o seguinte:

  • Mais de 1500 peças em ouro: pulseiras, brincos, fios, relógios, libras, entre outros;
  • 17 diamantes;
  • Balanças e maquinaria utilizada em ourivesaria;
  • Duas armas;
  • 16 munições;
  • 35 telemóveis;
  • 36 computadores;
  • Mais de 140 mil euros em numerário.

Nesta ação foram ainda constituídas arguidas 22 pessoas e oito empresas.

Fonte: GNR-UAFGNR UAFOuro

17 de outubro de 2018 – A Novo Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens – desafia as Universidades do país à adoção de comportamentos ambientais e medidas sustentáveis no contexto dos estabelecimentos do ensino superior.

A Universidade dos Açores – Campus de Angra do Heroísmo, localizada na Ilha Terceira, foi palco do arranque deste projeto com uma sessão de formação sobre a importância das boas práticas numa ótica de economia circular, contando com intervenções de entidades nacionais e regionais de relevo nesta matéria para promover a troca de experiências e metodologias de trabalho.

No desafio lançado às universidades, os alunos têm de, após uma auditoria ao estabelecimento para a deteção de problemas ambientais, elaborar um plano de ação com soluções para essas mesmas questões, com foco na gestão de resíduos de embalagens. 

Os melhores planos de ação apresentados pelos estabelecimentos candidatos ao 'Novo Verde Packaging Universities Award', recebem um incentivo no valor de 7500€ para a implementação das soluções propostas para resolver problemas detetados na auditoria ambiental.

Será apurado um projeto vencedor em cada região (Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira) e um vencedor absoluto.

Filipa Moita, responsável de comunicação da Novo Verde, afirma que, "O principal objetivo do 'Novo Verde Packaging Universities Award' é sensibilizar os estudantes universitários para a importância da correta gestão de resíduos de embalagens através de um concurso e premiação de ideias para resolver problemas ambientais detetados nestes estabelecimentos de ensino. Deste modo, a Novo Verde visa despertar a consciência deste target, mobilizando-o para a adoção, gestão e reprodução de comportamentos sustentáveis. Simultaneamente, as sessões de formação nestes estabelecimentos, completam o desafio, convidando ao debate de problemáticas extensíveis a vários setores e que implicam um esforço conjunto da comunidade."

O 'Novo Verde Packaging Universities Award' conta com a parceria da ABAE/Programa Eco-Escolas, APA (Associação Portuguesa do Ambiente) e DGAE (Direção Geral da Administração Escolar). 

Para mais informações, consulte: http://www.novoverde.pt/pua/

Fonte: HK StrategiesNovoVerdeAmbiente

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Lisboa, ontem, dia 15 de outubro, apreendeu 51 mil cigarros contrafeitos, no concelho do Barreiro.

No âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária, os militares detetaram na bagageira de um veículo, quatro malas de viagem e um saco que continham os cigarros dissimulados, de origem da áfrica do Sul, os quais foram apreendidos por introdução irregular do tabaco no consumo.

O tabaco apreendido, caso tivesse sido comercializado, teria provocado uma fraude tributária no valor superior a 8 mil euros, por não pagamento do imposto especial sobre o tabaco e do IVA.

Os militares identificaram um homem de 48 anos e elaboraram um auto de contraordenação aduaneira, por introdução irregular no consumo.

Fonte: GNR-UAFGNR UAFCigarros

 

No seguimento dos estragos causados pelo furacão Leslie, a Allianz acionou um plano de contingência para prestar o apoio necessário aos sinistrados que foram afetados pela intempérie.

A Allianz Portugal reuniu uma equipa de peritagem nos locais mais afectados pela tempestade para agilizar a recolha direta de participações e realização de peritagens urgentes. Além disso, a seguradora lançou uma linha de assistência via contacto telefónico ou email e divulgou informações no website e redes sociais. Foram também enviados SMS a Clientes, com indicação dos contactos de assistência, de forma a tomarem as devidas providências e a tratarem da resolução de danos com a maior brevidade possível.

Para efetuar a participação de um sinistro decorrente da tempestade, por favor contacte o seu mediador Allianz ou utilize os seguintes contactos:

Linha interna: 213 108 301

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Contactos Peritos: 938924469/ 969775713

Fonte: AtreviaLinhaAllianz

O próximo "Fronteiras XXI" debate o que une e afasta os jovens da política, já no dia 17 de outubro, às 21h30, na RTP3.

Não se revêem nos Partidos, nem no mundo Associativo, mas na Internet, os Jovens partilham conteúdos sobre Política e assinam petições. Como entender a atual Participação Cívica e Política dos Jovens em Portugal ?

O que pensam os jovens portugueses da política? Estamos perante uma juventude alheada ou as estruturas que dão corpo à democracia devem mudar? Estudos recentes mostram que a maioria dos adolescentes e jovens não têm interesse na política, apesar de os índices de satisfação com a democracia estarem a melhorar em Portugal. Ao mesmo tempo, na era da e-democracia, as formas de participação cívica alteraram-se, opinar tornou-se mais fácil e há mais fiscalização dos poderes públicos.

O próximo programa Fronteiras XXI faz um retrato da participação política dos jovens portugueses. E das novas formas de intervir na sociedade. São mais as grandes causas do que os partidos que hoje levam jovens a envolverem-se na sociedade portuguesa? Quem está a fazer a diferença na sociedade civil? E como?

«Jovens de costas voltadas para a política?» contará com a participação de Kalaf Epalanga, músico e antigo membro dos Buraka Som Sistema, Hugo Carvalho, presidente do Conselho Nacional da Juventude, Inês Relvas, ex-líder do grupo de jovens promessas do Fórum Económico Mundial e do professor de Ciência Política, Carlos Jalali. O programa contará ainda com um contributo especial da mais jovem autarca nacional, Isabel Guedes, que aos 21 anos se tornou presidente da Junta de Eja (Penafiel).

Este será a estreia da jornalista Ana Lourenço na moderação do Fronteiras XXI, que resulta de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e a RTP.  

#FRONTEIRASXXI

Debater os grandes temas que desafiam Portugal e o mundo, colocando frente a frente conceituados especialistas nacionais e/ou internacionais e uma plateia seleccionada. É este o desafio do Fronteiras XXI, o programa mensal da RTP3, moderado por Ana Lourenço, que resulta de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e a RTP. www.fronteirasxxi.pt

Fonte: JLMAFronteirasXXI

 

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), ontem, dia 20 de outubro, resgatou 41 migrantes, dos quais 15 crianças, 12 mulheres e 14 homens, no mar Egeu.

A equipa de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), através dos equipamentos de visão térmica, detetou uma pequena embarcação insuflável, rumo à fronteira da Grécia, tendo de imediato sido dado o alerta à embarcação da GNR, que se encontrava a patrulhar aquela área, que prontamente se deslocou para o local.

Este resgate requereu especial cuidado devido ao elevado número de crianças e à existência de duas mulheres grávidas a bordo.

Na ilha de Samos, a GNR tem neste momento empenhados 13 militares, que guarnecem uma embarcação e uma equipa de vigilância marítima.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Veja o vídeo do resgate aqui.

Fonte: GNR-DCRPGNR41Migrantes1GNR Div Com Rel Publicas

A APAL – Agência de Promoção de Albufeira, numa ação de promoção que contou com o apoio da Delegação do Turismo de Portugal no Canadá, do Município de Albufeira, e da Associação de Turismo do Algarve, realizou de 25 e 27 de setembro, uma ação de promoção no Canadá, constituída por dois workshops, os quais foram dirigidos aos Operadores Turísticos, Agentes de Viagem, e Comunicação Social de Montreal e Toronto.

Acompanhada por uma força de vendas constituída por 16 empresas das mais variadas áreas de negócio: rent-a-car, golfe, congressos e incentivos, hotéis, DMCs, resorts, apartamentos, entre outras, a APAL, apresentou-se nestas duas cidades com objetivo de dar a conhecer o destino, apresentar novos produtos, e reforçar a notoriedade da marca Albufeira e do Algarve, junto do trade daquelas que são as maiores cidades Canadianas: Toronto, no estado do Ontário, com 2.615.060 habitantes, e Montreal, no Québec, com 1.649.519 habitantes.

Os workshops têm sido o modelo de ação promocional definido pela APAL para a aproximação da oferta à procura, e neste caso, entre as empresas de Albufeira que oferecem os produtos e serviços turísticos, com as agências de viagem e operadores turísticos canadianos, criando assim um momento de apresentação e de contratação entre as empresas de Albufeira e as 110 Agências de Viagem e Operadores Turísticos que participaram nas duas ações promocionais.

Os workshops contaram ainda com a presença institucional dos Cônsules Gerais de Portugal em Toronto e Montreal, sendo uma ação promocional que para além da apresentação do destino de Albufeira e do Algarve, e da sua força de venda, pretendeu acima de tudo, também apresentar Portugal como um destino turístico que está na moda.

Lisboa e Porto, têm sido as duas cidades portuguesas que no momento mais crescimento turístico têm assinalado, sendo importante aproveitar e beneficiar deste crescimento, para apresentar outras regiões do país, neste caso Albufeira e o Algarve.

De notar que os turistas canadianos que procuram o Algarve para férias, fazem-no essencialmente entre fevereiro e abril, sendo a época alta deste mercado em março, com estadias de longa duração com uma ocupação média de 28 noites, sendo assim, um dos mercados eleitos pela APAL a investir com o objetivo de se alcançar um maior esbatimento da sazonalidade.

Segundo estatísticas da AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, o mercado turístico canadiano tem sido um dos mercados que nestes últimos anos tem tido um maior crescimento na época baixa/media, tendo crescido em 2017 cerca de 18,1%, representando para a região do Algarve em 2017 cerca de 194.887 dormidas.

Atualmente a Air Transat é a única companhia aérea que tem uma rota aérea direta do Canadá para Faro, sendo que a grande parte deste mercado turístico chega à região, via Lisboa, acumulando 7 horas de viagem aérea, com mais 3 a 4 horas de transfer rodoviário para chegar ao Algarve.

Dos contactos estabelecidos com as companhias aéreas que voam do Canadá para Portugal, perspetiva-se que a Air Canadá, possa vir a operar com um voo direto para Faro já nesta próxima época, e que a Air Transat em 2020, possa vir a aumentar a frequência semanal, que agora é apenas de uma.

O potencial do mercado fala por si, apenas com uma ligação aérea direta, a região conseguiu atingir em 2017 cerca de 194.887 dormidas, certamente se existissem mais duas ou três companhias aéreas a voar para Faro com voos diretos, facilmente poderíamos atingir as 500.000 dormidas entre janeiro e Abril, bem como 300.000, de Setembro a Novembro.

Fonte: APAL AlbufeiraTurismoCanadaAlbufeira1TurismoCanadaAlbufeira2TurismoCanadaAlbufeira3TurismoCanadaAlbufeira4TurismoCanadaAlbufeira6

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), participa ativamente na garantia dos direitos humanos, promovendo a proteção de vítimas de Tráfico de Seres Humanos, tendo este ano auxiliado diretamente mais de 2 500 migrantes, aos quais se acrescentam cerca de 1 400 migrantes detetados e encaminhados para as autoridades competentes.

Neste esforço, a GNR tem militares destacados na Grécia, Croácia, Polónia, Itália, Bulgária e Espanha, com as atribuições de vigilância terrestre e da orla costeira, apoio ao controlo de fronteiras, investigação criminal e, com grande relevo, de busca e resgate marítimo.

Para o cumprimento das missões de vigilância, controlo das fronteiras e de busca e regate marítimo, desde o dia 1 de maio de 2018, a GNR dispõe da embarcação "Mar Egeu", a qual foi adquirida com o cofinanciamento comunitário do Fundo para a Segurança Interna.

A embarcação "Mar Egeu", atualmente empenhada na ilha de Samos – Grécia, já efetuou 160 patrulhas, cerca de 1 100 horas de serviço e percorreu 9 900 milhas náuticas, o que permitiu detetar e resgatar 334 migrantes, dos quais 111 crianças e 81 mulheres.

A aquisição desta embarcação contribui, fundamentalmente, para a salvaguarda de vidas humanas no mar e para a prevenção, deteção e repressão de ilícitos transfronteiriços, com principal enforque no combate ao Tráfico de Seres Humanos, cujo dia Europeu é hoje assinalado.

Fonte: GNR-DCRPGNRBarcoMarEgeu

 

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), hoje, dia 11 de outubro, detetou 63 migrantes, que seguiam em duas embarcações no mar Egeu.

A equipa terrestre de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), através dos equipamentos de visão térmica, detetou duas pequenas embarcações, rumo à fronteira da Grécia, as quais transportavam 17 crianças, 19 mulheres e 27 homens, tendo as mesmas sido intercetadas e auxiliadas pela embarcação portuguesa da UCC e por uma outra da força pertencente à Letónia, ambas em missão na FRONTEX, que se encontravam a patrulhar próximo daquele local.

A deteção por parte dos militares da GNR possibilitou que os migrantes fossem resgatados em segurança e encaminhados para as autoridades helénicas.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Fonte: GNR-DCRPGNR63MigrantesGNR Unidade Controlo Costeiro

 

A CACIAL, Cooperativa Agrícola de Citricultores do Algarve, C. R. L., apresenta-se pela primeira vez como expositor na feira internacional de frutas e vegetais, Fruit Attraction, que decorre de 23 a 25 de outubro, em Madrid.

A participação da CACIAL, naquela que é uma das feiras mais importantes do setor hortofrutícola, faz parte da estratégia de internacionalização que tem como objetivo exportar não só a emblemática laranja algarvia, como também, a clementina e o limão. A CACIAL pretende contribuir para a promoção internacional dos citrinos algarvios que já são reconhecidos, em diversos países, pela sua frescura, harmonia de aromas e equilíbrio entre a doçura e acidez.

Esta será também a ocasião para divulgar a nova imagem e posicionamento da CACIAL cujo objetivo é o contínuo crescimento e fortalecimento económico dos seus parceiros produtores. A CACIAL é parceira de toda a Grande Distribuição em Portugal e exporta para diferentes países na Europa, América do Norte, América do Sul e África.

Representando atualmente cerca de 200 produtores locais e com um volume de negócios a rondar os 14 milhões de euros anuais (2017), a CACIAL processo anualmente 27 mil toneladas de fruta.

Sobre a CACIAL:

A Cooperativa Agrícola de Citricultores do Algarve, C.R.L., CACIAL, foi criada a 6 de agosto de 1964 por alguns produtores de citrinos do Algarve.

Atualmente representa cerca de 200 produtores, certificados no modo de produção integrada, num total de plantação de 1200 hectares que produzem 27 mil toneladas de fruta por ano.

No total, a CACIAL comercializa cerca de 15 variedades de laranja, clementinas e limões produzidas na região com recurso a técnicas agrícolas adequadas, bem como a aplicação de estratégias de proteção integradas, garantindo a fiabilidade e qualidade dos citrinos e contribuindo para a proteção do meio ambiente.

Para além da garantia da Indicação Geográfica Protegida, a CACIAL opera com a certificação HACCP, GLOBAL GAP – Produção integrada, GRASP e SEDEX.

A CACIAL encontra-se a desenvolver um projeto de internacionalização, poiado por Portugal e União Europeia, com o objetivo de reforçar a sua posição nos mercados onde já atua e entrar em novos mercados internacionais. A CACIAL espera ser reconhecida como um operador de referência no mercado nacional e internacional do comércio de citrinos.

Sobre a Fruit Attraction:

Feira internacional dedicada à Indústria Hortofrutícola que decorre anualmente em Madrid. Este ano celebra a 10ª edição, com mais de 1 600 expositores e 70 000 profissionais de 120 países. www.fruitattraction.com

Fonte: GeoflicksCacialLaranja1CacialLaranja2

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), no dia 05 de outubro, resgatou 45 migrantes, dos quais 21 crianças, 10 mulheres e 14 homens, no mar Egeu.

A equipa de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), através dos equipamentos de visão térmica, detetou uma embarcação insuflável, com cerca de 10 metros, rumo à fronteira da Grécia, tendo de imediato sido dado o alerta à embarcação da UCC, que se encontrava a patrulhar aquela área, que prontamente se deslocou para o local.

Este resgate requereu especial cuidado devido ao elevado número de crianças e às condições meteorológicas adversas. Durante o resgate foi ainda detetada e retirada da água uma mulher, tendo sido de imediato usados os meios de salvamento e resgate, sendo posteriormente colocada em segurança no interior da embarcação da GNR.

Na ilha de Samos, a GNR tem neste momento empenhados 13 militares, que guarnecem uma embarcação e uma equipa de vigilância marítima.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Fonte: GNR-DCRPGNR resgate45Migrantes

GNR Unidade Controlo Costeiro

No dia 10 de novembro, a partir das 14h00, o Dia “Viva o Desporto” irá comemorar mais um aniversário do Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé, com uma multiatividade exclusivamente desportiva para saudar os 17 anos desta instalação.

O Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé recebe a 9ª edição do Loulé Fitness Challenge e o 2º Torneio de Voleibol Viva o Desporto, atividades dinamizadas em parceria com várias entidades do Concelho de Loulé. Do programa faz parte o Voleibol e atividades de grupo em convívio no mesmo espaço para uma grande festa do Desporto.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas online até dia 9 de novembro, às 12h00.

Informação, regulamento e inscrições em http://louledesporto.com/viva-o-desporto/

Recorde-se que o Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé foi inaugurado a 11 de novembro de 2011, estando dotado para a prática de várias modalidades.

Considerado uma referência na região algarvia, com capacidade para 3 mil lugares sentados, este Pavilhão é palco de grandes eventos desportivos e também recreativos.

Está dotado de vários espaços como salas de cardiofitness e musculação, campos de squash, banho turco e sauna, entre outros.

Fonte: GAP da CM LouléPavilhaoMunLoule1

 

No âmbito do plano de atividades da Sociedade Recreativa e Cultural de Vale Judeu, irá realizar-se uma vez mais, no próximo dia 4 de novembro, o evento de Marcha/Corrida/Trail “Trilho das Colinas”.

A prova será constituída por três percursos distintos: 7km, 14km e 21km, este último apenas destinado à Corrida e Trail. O circuito é realizado por caminhos rurais e algumas veredas (percurso Trail), acessível a todas as pessoas, e tem como objetivo promover e incentivar a prática da atividade física, assim como um estilo de vida saudável, permitindo o contacto direto com a natureza.

A abertura do secretariado acontece a partir das 8h30 (no recinto exterior da Sociedade Recreativa) e o início do passeio será às 10h00, culminando com um lanche convívio a partir das 12h00.

A inscrição tem um custo de 3€ por pessoa e as receitas obtidas reverterão para a Sociedade Recreativa e Cultural de Vale Judeu de forma a poder melhorar as condições dos utilizadores desta coletividade sem fins lucrativos.

As inscrições decorrem até ao dia 31 de outubro e poderão ser efetuadas nos seguintes locais: Sociedade R.C. de Vale Judeu, Divisão de Desporto da CML, Loja das Taças em Loulé, Stand Tony do Adro, ou online www.faceboook/src.valejudeu. Para mais informações os interessados poderão contactar a organização através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O “Trilho das Colinas” conta com a colaboração da Câmara Municipal de Loulé.

Fonte: GAP da CM LouléTrilhoColinas

A Liberty Seguros juntou-se à Casa do Povo de Santo Estêvão (CPSE), com o apoio da Câmara Municipal de Tavira e da Associação de Atletismo do Algarve, para, mais uma vez, ser patrocinadora da IV Meia Maratona Tavira CPSE - Liberty Seguros. Esta iniciativa consiste num conjunto de provas de atletismo, que irão decorrer no próximo dia 21 de outubro, domingo, pelas 10h00 na cidade de Tavira.

Neste dia irão decorrer três provas de atletismo: a Mini Maratona com aproximadamente 12,50 km, a Meia Maratona com 21 km e a Marcha Familiar Solidária com cerca de 7,5 Km. Nas duas primeiras, poderão inscrever-se atletas a partir dos 20 anos, pelo que o júri da prova poderá requerer cartões de identificação. Na Marcha Familiar Solidária, Pais e Filhos poderão participar atletas de todas as idades.

Ao longo da prova, a Liberty Seguros contará com a presença de um agente, que irá promover uma dinâmica interativa e participativa distribuindo alguns brindes da marca durante o decorrer do evento. A prova conta também com as cores da Liberty Seguros representadas nas camisolas que serão utilizadas na prova que, conduzirá os participantes pelas ruas milenares de fachadas brancas e Parque Natural da Ria Formosa.

A antiga atleta e embaixadora da Liberty Seguros, Aurora Cunha vai participar na prova e refere: “Tenho muito orgulho em participar nesta prova e ser embaixadora da Liberty Seguros, que é a seguradora oficial de várias corridas e caminhadas do país, sempre com o objetivo de promover estilos de vida saudáveis e solidários. Esta é uma das grandes bandeiras da seguradora, apoiar a prática do desporto de forma justa e leal e promover valores como a ética e espírito de equipa”.

O percurso será inteiramente percorrido pelas ruas da cidade de Tavira, com a partida pelas 10h00, no coração da cidade, na Praça da República (Frente à Câmara Municipal de Tavira). Previamente, os atletas poderão fazer o aquecimento junto ao local da partida com uma equipa de técnicos disponibilizada pela organização do evento, para monitorizar o aquecimento em grupo, das 09h00 às 09h45.

Até ao momento já há 1.000 participantes inscritos nas provas, mas ainda há espaço para mais inscrições. As inscrições para a Meia e Mini Maratona poderão ser efetuadas através da plataforma CRONO AAALGARVE disponível no website: https://www.crono.aaalgarve.org/. As inscrições para a Marcha Familiar Solidária só poderão ser realizadas em formato de papel, nos locais a designar pela organização (espaços comerciais identificados com a placa) ou no próprio dia até às 9h00.

Fonte: Llorente & CuencaMeiaMaratonaTaviraCPSE

Inserido no programa anual do “Viva o Desporto PDM Loulé 2018”, a rubrica “Todos Jogam… Basquetebol” está de volta, no dia 21 de outubro, a partir das 10h00.

A Câmara Municipal de Loulé, em parceria com o Clube de Basket de Quarteira Tubarões, abre as portas do Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé para proporcionar aos adeptos da modalidade, ex-jogadores, atuais jogadores ou simplesmente amantes de desporto em geral, uma manhã de convívio e de prática informal.

Esta atividade destina-se a maiores de 16 anos. Não é necessário inscrição prévia.

Com um programa diversificado, numa vertente lúdica e de aprendizagem, é objetivo da Autarquia, através do “Viva o Desporto PDM”, incentivar a população à prática informal da atividade física. Toda a informação desta iniciativa em http://louledesporto.com/viva-o-desporto/

Fonte: GAP da CM LouléPavilhaoMunLoule

 

Em 2018 Vilamoura e Quarteira voltam a ser palco de mais um Algarve Tri Run, evento que vai já para a sua 4ª edição. Com data marcada para o dia 18 de novembro, o Algarve Tri Run 4.0 volta a receber uma etapa do Campeonato Nacional de Triatlo Longo e uma Meia-Maratona, prova com o percurso homologado pela Federação Portuguesa de Atletismo.

Vilamoura, atração turística única em Portugal, visitada anualmente por milhões de pessoas, destaca-se pelas belas praias, com águas quentes e areia branca, pelos seus campos de golfe, pela sua Marina e pela realização de eventos desportivos internacionais.

No Algarve Tri Run – Triatlo Longo, os atletas irão nadar 1,9 kms na praia da Marina de Vilamoura, percorrer 90 kms de bicicleta no interior do Concelho de Loulé, relativamente exigentes, e correr 21,1 kms entre o Passeio das Dunas e o Calçadão de Quarteira, com um acumulado de desnível baixo, possibilitando um percurso bastante rápido onde podem ser alcançadas performances de excelência.

No Algarve Tri Run – Meia-Maratona, o percurso será percorrido entre Vilamoura e Quarteira em duas voltas, com um acumulado de desnível baixo, possibilitando uma prova bastante rápida onde poderão ser batidos recordes nacionais e internacionais, visto o percurso estar homologado para a distância de 21,1 kms.

Terá lugar também uma Mini-Maratona com a distância de 12,5 kms e uma Marcha com 6,5 Kms, que proporcionará a toda a família uma manhã diferente num ambiente impar.

Os interessados poderão obter toda a informação sobre o evento em https://www.louledesporto.com.

Fonte: GAP da CM LouléAlgarveTriRun

O BTT Algarve Maniacs organiza, no próximo dia 10 de novembro, uma prova de resistência na freguesia de Alcantarilha.

A iniciativa, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Silves, tem início marcado para as 15h30 e duração de duas horas, podendo participar singles e duplas.

O custo de inscrição é de 13,00€ (para os acompanhantes é de 6,00€), com oferta do jantar e as mesmas deverão ser efetuadas até 6 de novembro. Por cada inscrição realizada será doado 1,00€ aos Bombeiros.

+ info: www.apedalar.pt | Tel. 963 484 549 | 919 794 737 | 912 551 960

Fonte: GRP do Mun SilvesBTTAlgarveManiacs

Previsão Meteorológica | "on line"

Faro Portugal Cloudy, 18 °C
Current Conditions
Sunrise: 7:47 am   |   Sunset: 6:44 pm
89%     9.7 km/h     34.440 bar
Forecast
TER. Low: 17 °C High: 22 °C
QUA. Low: 17 °C High: 23 °C
QUI. Low: 16 °C High: 23 °C
SEX. Low: 16 °C High: 21 °C
SáB. Low: 12 °C High: 18 °C
DOM. Low: 10 °C High: 15 °C
SEG. Low: 8 °C High: 15 °C
TER. Low: 12 °C High: 16 °C
QUA. Low: 12 °C High: 17 °C
QUI. Low: 14 °C High: 18 °C

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB