Notícias

Grid List

O Fashion Weekend chega ao AlgarveShopping já no próximo fim de semana, dias 15 e 16 de dezembro, com consultas de imagem gratuitas e personalizadas, nomeadamente, com looks para o Natal e Passagem de Ano inspirados nas tendências.

Este é um evento exclusivamente dedicado à moda, no qual os visitantes do AlgarveShopping vão poder ver em destaque os looks e tendências para a Passagem de Ano e Natal, numa zona de exposição com 8 bustos localizados no Piso 1 do Centro, que ao longo do fim de semana oferecem mais glamour ao AlgarveShopping.

Os Fashion Advisors vão ajudar os visitantes a optarem pelos looks mais indicados de acordo com a ocasião e a silhueta de cada pessoa, oferecendo a melhor recomendação na compra das peças-chave para esta estação. As ações decorrem entre as 11h00 e as 15h00 e as 16h00 e as 20h00, num espaço criado especificamente para este efeito, que integra uma zona de receção de clientes, no qual as pessoas serão aconselhadas por consultores de imagem. Para poder contar com a opinião dos especialistas em moda deverá dirigir-se ao corredor coberto, no Piso 1.

Também as reconhecidas caras da televisão, Rita Salema e Francisca Salema vão estar presentes no dia 15 de dezembro, entre as 12h00 e as 15h00, para receberem uma consulta de imagem com os Fashion Advisors.

Durante os dias de Fashion Weekend os visitantes do AlgarveShopping podem aproveitar todo o ambiente de moda e inspirarem-se nos looks expostos em manequins com as tendências para esta época festiva, tirando partido da seleção feita pelos Fashion Advisors.

Fonte: LIFTFashionWeekend

A Biblioteca Municipal José Mariano Gago acolhe no próximo sábado, dia 15 de dezembro, pelas 15h00, o lançamento da obra "Memórias da Minha Rua", de Cecília Alves. Trata-se de um livro que retrata as memórias de vivências numa rua do município de Almada na década 1955/65.

Memórias da Minha Rua retrata a forma como então se vivia o dia a dia num pequeno aglomerado urbano do nosso país, descrevendo não só as vidas de alguns moradores da rua, como as atividades económicas, recreativas, sociais e até políticas desenvolvidas pelos residentes/personagens.

A trama desenvolve-se numa rua de Almada, que poderia ser em Olhão ou em qualquer outro ponto do país que tivesse a mesma dimensão, conseguido-se fazer algumas ligações entre o que se descreve e a cidade cubista.

Muitas das histórias contadas são verdadeiras, numa obra também pincelada por momentos de ficção. A autora propõe-nos, desta forma, conhecer as vivências de uma rua pelo olhar de uma criança.

Cecília Maria Silva do Carmo Alves nasceu em Lisboa a 26 de março de 1955. Estudou até ao 9º ano em Almada, de onde partiu para Moçambique em 1971, tendo ainda residido alguns meses na África do Sul.Regressou a Portugal em 1976, tendo desde essa data vivido em Olhão, onde acabou o 12º ano.

Foi funcionária da Câmara Municipal de Olhão durante 38 anos, estando já aposentada. Amante da leitura, desde cedo demonstrou aptidão para a escrita, tendo na gaveta alguns contos infantis que não chegou a publicar. Memórias da Minha Rua é a sua primeira obra publicada.

Fonte: Mun de OlhãoMemoriasMinhaRua

No final do ano, o Heliporto de Monchique volta a ser arena para uma inesquecível e calorosa celebração. É no interior de uma grande tenda de circo com chão de terra batida, palco de espectaculares números acrobáticos - de barra russa, equilíbrio mão-a-mão e com cavalos - pautado por uma banda sonora original contagiante, doses generosas de humor e palmas de todas as idades. Espectáculo de circo "híbrido", onde distintas linguagens e universos circenses se intersectam, numa atmosfera ligeiramente burlesca, viva e inebriante.

Neste terceiro ciclo de actividade, LAVRAR O MAR, projecto de programação cultural em época baixa nos territórios de Aljezur e Monchique, inserido no Programa 365 Algarve e apoiado pelo Cresc Algarve - Portugal 2020, Direcção Geral das Artes e Municípios de Aljezur e Monchique, traz ao alto da serra um novo espectáculo de novo circo para toda a família: "Saison de Cirque".

Cirque Aïtal é o projecto de um casal unido na vida e na arte: Victor Cathala, francês e Kati Pikkarainen, finlandesa que, nesta nova co-criação itinerante para chapiteaux, absorveu e integrou diversos colegas de profissão: o colectivo de acrobatas siberianos de barra russa "Kanakov", o acrobata equestre Ludovic Baladin e dois cavalos que tomam o seu tempo para possuir a pista, o malabarista sueco-finlandês Matias Salmenaho e o quarteto de músicos "Streetswing Orchestra".

Espectáculo virtuoso, imbuído simultaneamente do espírito do circo tradicional e de um imaginário, humor e dramaturgia contemporâneos, onde somos conduzidos aos bastidores e ao lado habitualmente velado do trabalho destes artistas em tournée. Também nos levam em viagem consigo, provocando um novo olhar e convidando a entrar nas emoções e intimidade desta vida dedicada ao circo e todas as suas estações.

Para ver nos dias 28, 29, 30, 31 de dezembro pelas 21h e 1 de Janeiro pelas 17h com duração aproximada de 1h20 (na noite da passagem de ano, o magnetismo vibrante e mágico desta família Aïtal alargada estende-se até após a meia-noite, em conjunto com outras surpresas serranas) .

Uma declaração de amor ao circo para celebrar o final do ano em Monchique, "Saison de Cirque".

Fonte: Lavrar o MarCircoMonchique

O conjunto dos monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve, com estruturas de acolhimento – Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu – apresentam o maior número de visitantes desde que existem registos, aproximando-se, no seu conjunto, às 500.000 visitas no final 2018.

Até novembro deste ano, de 427.972 visitantes do ano anterior passou para 473.340, correspondendo a um aumento global de 10,60%.

A afluência de visitantes nos diferentes monumentos não é simétrica, quando comparada com o ano anterior. Em alguns imóveis a tendência verificada foi de ligeira redução em relação aos valores do ano passado, mas mais uma vez foi na Fortaleza de Sagres que se verificou o crescimento mais expressivo, contribuindo para os valores globais alcançados.

A nível global, e à semelhança dos anos anteriores, são os estrangeiros quem mais afluem, numa percentagem 85,36% contra 14,64% de nacionais. Esta tendência foi contrariada nos Monumentos Megalíticos de Alcalar em que o número de nacionais foi mais equilibrado face aos estrangeiros, representando 45,46% das entradas.

Estes imóveis têm vindo a ser dinamizados através do programa DiVaM, com várias atividades de caráter multidisciplinar, que têm permitido aos visitantes e comunidades locais a fruição desses espaços com incremento de oferta cultural.

Além das ações regulares ou pontuais, estão em curso intervenções de manutenção e valorização com recurso a candidaturas a fundos comunitários e nacionais, nomeadamente ao Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, no caso da Fortaleza de Sagres, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu. Existem também duas candidaturas à Linha de Apoio Turismo Acessível do Valorizar – Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino, do Turismo de Portugal, para melhorar as acessibilidades na Fortaleza de Sagres e na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, sendo que, no primeiro caso, a candidatura já se encontra aprovada.

O trabalho efetuado nestes monumentos ao longo dos anos tem sido reconhecido, nomeadamente a Fortaleza de Sagres com a atribuição da Marca Património Europeu em 2015 e mais recentemente o título honorífico de “Lugar Internacional de Cultura e Paz” atribuído pelo Observatório Internacional de Direitos Humanos.

A Direção Regional de Cultura do Algarve continuará o seu trabalho para a preservação e fruição de todos os monumentos que lhe estão afetos, como forma de promover a identidade da Região e do País.

Fonte: DRCAlgFortalezaSagres

O Museu Municipal de Tavira promove oficinas para famílias com crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos de idade, no Palácio da Galeria.

Estas oficinas de Natal acontecem nos dias 20 e 21 de dezembro, nos seguintes horários:

Decorações para o Natal - 20 de dezembro (5.ª feira), 10h15 às 12h15 
Ano Novo, Calendário Novo - 21 de dezembro (6.ª feira), 10h15 às 12h15

Inscrição gratuita e obrigatória através de email ou telefone
Serviço Educativo Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.;
telf.: + 351 281 320 500 (ext. 2304)

Fonte: Museu Mun de TaviraNatalMuseuTavira

São Brás de Alportel distinguiu  jovens e grupos de jovens do concelho que se têm destacado nas mais diversas áreas, na Gala dos Prémios Juventude 2018, que teve lugar no passado dia 24 de novembro. Na cerimónia realizada no Salão de Festas da Santa Casa da Misericórdia foram entregues 21 prémios.

Esta é uma iniciativa bienal, organizada pelo Município de São Brás de Alportel desde 2004, que visa distinguir os jovens de mérito, valores de futuro.

A Gala de Entrega dos Prémios Juventude 2018 foi o culminar de um processo que envolveu toda a comunidade são-brasense a quem coube numa primeira fase, durante o mês de outubro, sugerir jovens ou grupos de jovens que, pelo seu mérito e talento devem ser merecedores de reconhecimento e distinção. Após esta fase, coube a uma comissão organizadora composta por representantes da autarquia, das associações locais, do agrupamento de escolas e da comunicação social local selecionar as sugestões recolhidas e definir os nomeados, no máximo de três por categoria temática e dez para a categoria de Prémio Juventude Município.

Seguidamente, coube à comunidade votar nos jovens nomeados para atribuição dos Prémios Juventude Categorias e à Câmara Municipal, em reunião de Câmara, deliberar a atribuição dos Prémios Juventude Município.

O Prémio Juventude na categoria “Desporto” foi atribuído à jovem atleta Lara Martins, que aos 15 anos, Lara Martins já conta com vários troféus conquista em provas de atletismo regionais, nacionais e internacionais. Para esta categoria estavam também nomeados Guilherme Jesus (DH-BTT) e a atleta Sofia Marques. Na área da formação, o Prémio Juventude foi entregue a Dinis Cruz, treinador de guarda-redes no Sport Lisboa Benfica – Sub 14. Foram também nomeados o treinador de ténis, João Romeira e o treinador de futebol de juniores do Farense, Vasco Ventura.

O Prémio Juventude na categoria “Artes” foi atribuído ao estilista João Barriga, que prossegue neste momento a sua carreira em Milão. Foram também nomeados André Nunes, pelo seu reconhecido trabalho em fotografia; e Beatriz Prazeres, pela sua carreira na dança.

Na categoria “Música”, o Prémio Juventude foi entregue a Inês Graça, uma jovem apaixonada pela música, que é vocalista em várias bandas musicais como é o caso dos Orblua, os Damm Pussies e Let’s Go Out. Para esta categoria estavam também nomeados o rapper André Guerreiro “Kristoman” e o guitarrista e formador de guitarra, Paulo Sousa. O prémio “Música – Revelação” foi entregue ao jovem acordeonista David Mendonça, que apenas com 18 anos já conta com participações em vários projetos e grupos musicais. Para esta categoria estavam também nomeados o jovem David Brito e Inês Sousa.

A Mestre e investigadora em psicologia forense, Joana Silva, foi a mais votada para a categoria de “Ciência e Investigação” para a qual também estavam nomeadas a Mestre em Ciências Biomédicas e investigadora na área da Fibrose Quística, Lúcia Santos e a Mestre e Investigadora em Medicina Dentária Forense, Lucianna Russell.

O prémio “Empreendedorismo” foi entregue a Silvia Guerreiro, pelo seu projeto de produção agrícola “Produtos da Nossa Horta”. André Guerreiro, fundador da Barbearia Brizzi; e  Luís Sousa e Ricardo Alves, fundadores da empresa tecnológica Forge it, também estavam nomeados para esta categoria.

O prémio Solidariedade foi entregue ao jovem voluntário e missionário Ricardo Peres. Nuno Teixeira, voluntário e dedicado à defesa dos animais abandonados, também estava nomeado para esta categoria.

Na categoria “Cidadania”, o prémio foi entregue a David Ferreira, pelo seu empenho na Direção da Associação de Estudantes da Escola Secundária. Para esta categoria estava também nomeado o presidente da Direção da Associação Académica do Algarve, Pedro Ornelas.

O prémio “Carreira” foi entregue à diretora do curso da área departamental de Ortoprotesia da Universidade do Algarve, Adriana Cavaco. Um prémio disputado com Joao Soares, vice-presidente do Web Summit.

Os Prémios Juventude Município foram entregues ao jovem Bruno Gomes, participante em 2017 no programa televisivo “Extraordinários”; João Loureiro, com uma sólida carreira dedicada à música como multi-instrumentista, compositor, produtor e diretor musical. Pelo seu trabalho desenvolvido no âmbito do exercício cívico, a Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas também foi distinguida. A equipa de Futsal feminina do Grupo Desportivo e Cultural de Machados, pelos excelentes resultados; a equipa de FUTAL da Casa do Benfica, igualmente pelos seus excelentes resultados; o Grupo de Jogos de Tabuleiro de São Brás de Alportel, pelo seu contributo na saudável ocupação dos tempos livres; ao Grupo musical “Young Melody”, pelo seu contributo para o desenvolvimento cultural; ao Núcleo do Grupo de Jovens Sem Fronteiras, pelo trabalho ao nível social na comunidade; e ao Projeto DIGI 3D – solução para a deficiência motora, desenvolvido pelo professor Vítor Gonçalves e pelos alunos Alexandre Badalo, Marco Martins e Ricardo Madeira, vencedor do Concurso Nacional Ciência na Escola, foram também merecedores deste Prémio. Um conjunto de jovens e grupos de jovens que muito orgulham o município de São Brás de Alportel.

O prémio melhor aluno finalista do ensino secundário de 2016/17 foi entregue a Lúcia Nunes e David Ferreira recebeu a mesma distinção relativa ao ano letivo 2017/2018.

Os Prémios Juventude de São Brás de Alportel são uma iniciativa do Município de São Brás de Alportel, concretizada com a colaboração da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, das associações locais que desenvolvem trabalho junto dos jovens do concelho, do Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas, dos órgãos de comunicação local e de um conjunto de entidades regionais.

Fonte: GI da CM SBAPremiosJuventude1

A Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, durante o período de 14 a 24 de dezembro, realiza a operação "Comércio Seguro", com o objetivo de garantir a segurança dos comerciantes e clientes, fruto do aumento de fluxo de pessoas em espaços e áreas de comércio, que tradicionalmente caracteriza esta época natalícia.

Durante a operação serão empenhados militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), militares da estrutura de Investigação Criminal e militares dos Postos Territoriais, que realizarão ainda ações de sensibilização junto de comerciantes, através da distribuição de folhetos, alertando-os sobre os procedimentos de segurança a adotar, com o intuito de evitar que sejam alvo de ilícitos criminais.

Será ainda reforçado o patrulhamento nas zonas de comércio, com o objetivo de aumentar o sentimento de segurança dos lojistas e clientes, considerando que nesta época existe um aumento significativo de transações monetárias.

Aos comerciantes, a GNR aconselha:

  • Tenha as entradas/saídas do estabelecimento bem iluminadas;
  • Antes de fechar o estabelecimento, verifique se as portas e janelas estão devidamente fechadas;
  • Não tenha grandes quantidades de dinheiro no interior do estabelecimento;
  • Não tenha uma rotina para a realização dos depósitos bancários;
  • Tenha sempre disponível o contacto telefónico da GNR da sua área do estabelecimento;
  • Em caso de assalto mantenha a calma, não reaja, memorize os traços fisionómicos do assaltante, a roupa que o mesmo vestia e a direção de fuga, contactando de imediato a GNR.

Aos compradores/clientes, a GNR aconselha:

  • Evite trazer consigo grandes quantias de dinheiro e objetos de valor;
  • Numa rua movimentada leve a sua mala de mão ou pasta do lado oposto à berma, mantendo-se junto dos edifícios;
  • Evite circular em locais isolados e pouco iluminados;
  • Em caso de um encontrão com alguém, verifique se a carteira, o telemóvel e os restantes objetos de valor continuam consigo.

Fonte: GNR-DCRPGNR ComercioSeguroGNR Div Com Rel Publicas

A Guarda Nacional Republicana, de 5 a 9 de dezembro, realizou uma operação, de âmbito nacional, direcionada para o exercício da atividade de segurança privada e para as medidas de segurança de adoção obrigatória, de forma a detetar situações passíveis de configurar ilícitos criminais ou contraordenacionais.

Esta operação incidiu na fiscalização do pessoal e meios de segurança privada; nas medidas de segurança a adotar impostas por lei; o controlo do cumprimento das proibições e regras de conduta no plano da execução de serviços de segurança privada.

Durante a operação foram empenhados cerca de 700 militares dos Comandos Territoriais, que realizaram 660 ações de fiscalização em recintos desportivos e em estabelecimentos comerciais, nomeadamente em estabelecimentos de restauração ou de bebidas, tendo sido registado:

  • Dois detidos por posse de armas proibidas;
  • 39 contraordenações no âmbito da segurança privada, de onde se destaca:
  • Falta de sistema obrigatório de videovigilância;
  • Falta de aviso da existência de sistema de videovigilância;
  • Sistema videovigilância em funcionamento com hora errada;
  • Incumprimento do dever de conservação das gravações de imagem por um período de 30 dias;
  • Falta de afixação de alvará da empresa de segurança que presta o serviço.

    Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

 

O apresentador e locutor de rádio Pedro Fernandes é embaixador da iniciativa Quartel Electrão, da Amb3E - gestora da Rede Electrão, e um dos protagonistas do pequeno filme de divulgação da campanha, em que explica que “se tem electrodomésticos que não funcionam, pilhas gastas ou lâmpadas fundidas, leve-os para o quartel de bombeiros da sua área de residência”. No final, lança o desafio: “Seja o herói do dia! Salve o ambiente e vista a farda da sua corporação”.

Com o apoio institucional da Liga dos Bombeiros Portugueses e do Corpo Nacional de Escutas, a Amb3E lançou a 4ª edição do Quartel Electrão, desafiando quartéis a recolherem o maior volume de resíduos em troca de prémios que os ajudam a superar os desafios do dia-a-dia.

A mecânica desta campanha de sensibilização ambiental baseia-se na entrega de todo o tipo de equipamentos eléctricos, pilhas e lâmpadas usadas, nas Corporações de Bombeiros Voluntários aderentes, para que estas acumulem a maior quantidade e recebam prémios. Desde 1 de Dezembro e até 30 de Abril de 2019 poderá entregar os seus equipamentos eléctricos e pilhas usadas no quartel aderente mais próximo.

Prémios para o quartel que recolher o maior volume de resíduos. Aos vencedores, o Electrão vai entregar os seguintes prémios:
 
1º prémio absoluto
Ambulância de Transporte de Doentes
2º prémio absoluto
2.500 € em equipamento
1º prémio Pilhas
2.500 € em equipamento
1º prémio Lâmpadas
2.500 € em equipamento
Prémios per capita
8 cartões pré-pagos de combustível
 
Este ano, o Corpo Nacional de Escutas também se juntou ao Quartel Electrão para levar ainda mais longe a mensagem e ajudar os Bombeiros na sua missão de recolher o máximo de resíduos ao longo do tempo da campanha. Assim, também é possível entregar equipamentos como máquinas de lavar, torradeiras, microondas, computadores, telemóveis ou berbequins em Agrupamentos de Escuteiros para contribuir para esta causa.
Sob o mote #TUDOproQUARTEL, esta campanha pretende sensibilizar a população para a necessidade de reciclar correctamente os equipamentos eléctricos e de pilhas e acumuladores usados, realçando também o papel das Corporações de Bombeiros Voluntários como agente de apoio às comunidades locais.
Ajudar os bombeiros e o ambiente agora é mais fácil! Vamos fazer como o Pedro Fernandes e levar #TUDOproQUARTEL.
 
Sobre a Amb3E:

A Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, gestora da Rede Electrão, é a entidade gestora de resíduos líder na gestão dos equipamentos elétricos, eletrónicos e pilhas usadas. Criada em 2006, tem hoje 66% de quota de mercado e presta serviços de gestão de resíduos a mais de 1.500 agentes económicos do setor elétrico e eletrónico.

A Rede Electrão, tem cerca de 2.500 locais de recolha destes resíduos em todo o País e, em 12 anos de atividade já recolheu mais de 400.000 toneladas de resíduos. Em 9 de Agosto de 2017 foi-lhe atribuída a sua terceira licença de atividade para gestão de embalagens resíduos de embalagens, permitindo-lhe vir a disponibilizar um serviço integrado na gestão de três fluxos de resíduos: equipamentos elétricos, pilhas e embalagens. A Amb3E arranca o ano de 2018 com 7% de quota de mercado na reciclagem de embalagens.

Fonte: LIFTQuartelEletrao


 

 

Arranca no dia 17 de dezembro, nas farmácias aderentes de todo o país, a campanha solidária “Dê Troco a Quem Precisa”. A iniciativa, que termina no dia 25 de dezembro, é promovida pelo Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, e convida os portugueses a doar o troco das compras ao Fundo Solidário abem:. O montante angariado será integralmente aplicado na aquisição de medicamentos dos beneficiários abrangidos.

“As estatísticas indicam que cerca de um milhão portugueses não consegue comprar os medicamentos que lhes são prescritos. Não podemos ficar indiferentes a esta realidade, que afeta também uma parte considerável da população infantil. Com esta campanha pretendemos ajudar a combater um problema de emergência social: a falta de acesso ao medicamento por insuficiência de rendimentos disponíveis”, adianta Maria de Belém Roseira, coordenadora-geral da Associação Dignitude – entidade dinamizadora do Programa abem:.

O lançamento oficial da campanha decorrerá na Farmácia Carvalho (R. João Pires Correia em Alcabideche), no dia 17 de novembro, às 10h00 e contará com a presença de Maria de Belém Roseira.

O abem: está presente em todos os distritos do país e regiões autónomas e assenta numa rede de parcerias com entidades locais que referenciam ao programa as famílias em risco. Estas pessoas, quando se tornam beneficiárias do abem:, recebem um cartão que passam a usar na farmácia para levantar os medicamentos de que necessitam, sem qualquer custo.

A nível nacional, o programa já apoiou 6.769 beneficiários de 3.503 famílias, dos quais 25% são crianças. Já foram adquiridas, ao abrigo do abem: 161.293 embalagens de medicamentos desde a sua origem, em maio de 2016**.

Sobre a Associação Dignitude:

A Associação Dignitude nasceu no dia 4 de novembro de 2015, em Coimbra, onde está sedeada. É uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O abem: Rede Solidária do Medicamento é o primeiro Programa promovido pela Associação Dignitude.

São Associados Promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Portuguesa de Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias. Através de protocolos institucionais, juntaram-se ao projeto a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, a União das Misericórdias Portuguesas, a Associação de Farmácias de Portugal e a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

São Embaixadores Dignitude: António Ramalho Eanes; Francisco Carvalho Guerra; João Gonçalves da Silveira; João Cordeiro; Maria de Belém Roseira.

Sobre o Programa abem:

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem:, bastando apresentá-lo numa farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co-comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de fundraising.

A avaliação de Impacto formal do projeto, segundo a metodologia SROI – Social Return on Investment – revela que o programa gerou nos dois primeiros anos um retorno social de 6,9 milhões de euros, mostrando que cada 1 euro investido teve um impacto social valorizado em 7,8 euros.

**Dados referentes ao mês de novembro de 2018

Fonte: LPMAbemDignitude

A Fundação Francisco Manuel dos Santos acaba de actualizar o site Portugal Desigual. Com base na recente publicação dos principais indicadores de desigualdade, pobreza e exclusão social pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o site permite uma leitura actualizada sobre a evolução das condições de vida da população e a identificação dos principais factores de vulnerabilidade social no nosso país.

Graças ao seu formato interactivo, com gráficos acompanhados de textos explicativos da autoria do professor do ISEG, Carlos Farinha Rodrigues, a consulta ao Portugal Desigual permite analisar a realidade portuguesa e compará-la com a situação na Europa.

O QUE MOSTRAM OS NOVOS DADOS?

  • A incidência da pobreza atingiu, em 2017, 17,3% da população total. Assim, mais de cem mil portugueses abandonaram a situação de pobreza no último ano, apesar da linha de pobreza ter subido cerca de 3%.
  • A proporção de crianças e jovens em situação de pobreza diminuiu de forma ainda mais significativa, reduzindo-se a sua taxa de incidência de pobreza de 20,7% para 18,9%, uma descida de 1,8 pontos percentuais (p.p.).
  • A taxa de pobreza das famílias monoparentais e das famílias alargadas com 3 e mais crianças, dois dos grupos sociais mais vulneráveis à situação de pobreza, diminuiu em 4,9 p.p. e 9.8 p.p., respectivamente. Esta evolução registada em 2017 não evita, no entanto, que estes dois grupos continuem a ter das mais altas taxas de incidência da pobreza (28,2% e 31,6%, em 2017).
  • A intensidade da pobreza (que avalia quão pobres são os pobres) desceu de 27,0% para 24,5%.
  • A taxa de privação material severa baixou de 6,9% para 6,0%.
  • O indicador síntese do Eurostat, que aglutina a proporção de famílias em situação de pobreza e de exclusão social, passou de 23,3% para 21,6%.
  • Todos os índices de desigualdade registam uma diminuição: o coeficiente de Gini desceu de 33,5% para 32,6% e o indicador que mede a distância dos rendimentos entre os 20% mais ‘ricos’ e os 20% mais ‘pobres’ diminuiu de 5,7 para 5,3.

Em contraciclo com a evolução dos principais indicadores, observa-se o comportamento dos seguintes indicadores:

  • A taxa de pobreza da população idosa registou um agravamento de 0,7 p.p., fixando-se em 2017 nos 17,7%.  
  • Igualmente no que concerne à situação de pobreza da população desempregada registou-se um ligeiro agravamento. Apesar da população em situação de desemprego ter diminuído, tal como o número de desempregados em situação de pobreza, a taxa de incidência dos desempregados aumentou 0,8 p.p., fixando-se em 45,7%, um dos valores mais elevados e mais preocupantes do conjunto da população.
  • Igualmente no que concerne à situação de pobreza da população desempregada registou-se um ligeiro agravamento. A sua taxa de pobreza foi de 45,7% em 2017, tendose mesmo agravado face à verificada em 2016 (44,8%).
  • A incidência da pobreza entre a população empregada em 2017 reduziu-se ligeiramente face ao ocorrido em 2016, tendo-se fixado nos 9,7%. A permanência de uma proporção tão elevada de ‘working poors’ não pode deixar de reflectir as fragilidades do nosso mercado de trabalho.

Carlos Farinha Rodrigues, faz o balanço global destes números: “É indiscutível que traduzem uma melhoria relevante da condição social do país mas não nos podem fazer esquecer que Portugal continua a ser um dos países com maior pobreza e com maiores níveis de desigualdade na Europa.” Acrescentando que “permanecem em situação de pobreza mais de 1,7 milhões de cidadãos, e que uma parte significativa destes são crianças e jovens. Se alguma lição podemos tirar dos números agora conhecidos é a de que as políticas públicas, e a sociedade no seu conjunto, ainda têm um longo caminho a percorrer para construirmos uma sociedade mais coesa, socialmente mais justa, com menos pobreza e menos desigualdade.”

Fonte: JLMAPortugalDesigual

 

 

 

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 30 novembro e 06 de dezembro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 307 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 122 por condução sob o efeito do álcool;
  • 46 por condução sem habilitação legal;
  • 23 por tráfico de estupefacientes;
  • 14 por furtos;
  • Cinco por posse ilegal de armas;
  • Quatro por pesca e caça ilegal;
  • Um por violência doméstica;
  • Um por ofensas à integridade física.
  1. Apreensões:
  • 70 238 unidades de cigarros contrafeitos;
  • 51 quilos de tabaco triturado contrafeito;
  • 1 581 doses de haxixe;
  • 109 doses de heroína;
  • 59 doses de anfetaminas;
  • 38 doses de cocaína;
  • 30 doses de folha de cannabis;
  • 13 doses de MDMA;
  • 30 armas de fogo;
  • 21 armas brancas;
  • 3009 munições;
  • 715 artigos contrafeitos;
  • 555 quilos de pescado;
  • 370 quilos de bivalves;
  • 32 veículos;
  • 11 822  euros em numerário.
  1. Trânsito:

Fiscalização: 8 220 infrações detetadas, destacando-se:

  • 2 418 excessos de velocidade;
  • 473 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 334 relacionadas com tacógrafos;
  • 316 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 267 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 225 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 217 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 155 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

No âmbito da consulta pública "Voice for the Ocean", a Surfrider Foundation Europe, organização mundial sem fins lucrativos dedicada à proteção e valorização de lagos, rios, oceanos, ondas e do litoral, conseguiu já reunir cerca de 4.500 respostas à consulta pública. De toda a Europa, Portugal foi o segundo a obter mais respostas, revelando a preocupação dos portugueses com o ambiente.

A campanha que teve início em Junho deste ano com questões relacionadas com o oceano identificadas como prioritárias para a agenda política dos futuros deputados europeus eleitos nas próximas eleições parlamentares de 2019, pretende alertar os políticos para que tenham estes resultados em consideração e integrem ações no seu programa de campanha.

As questões ambientais tornam-se permentes na vida dos portugueses. Desde a manifestação do passado sábado sobre a prospeção de petróleo na costa portuguesa, às últimas declarações prestadas pelo Ministro do Ambiente na conferência do clima COP24 que decorreu na Polónia em que sublinhou a dificuldade no consenso sobre financiamentos, urge a tomada de medidas de proteção e valorização do ambiente.

"Temos consciência da importância das questões ambientais e dos vários assuntos que se têm levantado acerca do tema. O próximo ano será crucial para os mares da Europa, uma vez que se esperam várias mudanças ao nível das políticas da UE e a nível internacional, com a eleição e nomeação do novo Parlamento Europeu." comenta Antidia Citores, chefe do Departamento de Lobbies e Campanhas da Surfrider Foundation Europe.

O questionário online que pretende dar voz aos oceanos estará disponível para preenchimento até meados de Janeiro, tendo sido alargado o prazo inicialmente previsto. A organização pretende obter as 5.000 respostas de forma a captar a atenção dos futuros líderes parlamentares. Os resultados serão processados ​​por profissionais, de modo a identificar as principais prioridades apontadas pelos cidadãos e a identificar as medidas que receberam o maior apoio dos cidadãos. Estes resultados, analisados ​​na íntegra, servirão de base para a argumentação apresentada pela Surfrider Foundation Europe aos candidatos europeus. 

Todos os dados obtidos serão mantidos em sigilo pela Surfrider, não sendo em nenhuma circunstância transmitidos a terceiros.

Sobre a Surfrider Europe
A Surfrider Foundation Europe é uma organização ambiental sem fins lucrativos, criada em 1990 em França (Biarritz). Durante a sua existência, adquiriu experiência nas áreas de investigação e ação local, bem como na criação e distribuição de ferramentas educativas. Hoje tornou-se numa rede de 700 voluntários, 10.500 membros e 120.000 apoiantes em aproximadamente quarenta capítulos locais, que estão ativos em nove países europeus. Saiba mais: www.surfrider.eu

Fonte: Canela PROceanoPortugalOceanoPortugal1

 

 

A Guarda Nacional Republicana, no dia 20 de novembro, realizou uma cerimónia de entrega de fardamento doado às forças de segurança de São Tomé e Príncipe.

A cerimónia, onde foram doadas quase 1 500 peças de fardamento para equipar a Polícia Nacional e a Polícia Fiscal e Aduaneira, contou com a presença do Ministro da Defesa e Administração Interna da República Democrática de São Tomé e Príncipe e do Embaixador de Portugal.

A doação efetuada à Polícia Fiscal e Aduaneira surgiu na sequência de uma ação de formação ministrada pela GNR em maio deste ano em São Tomé, sendo o corolário do reforço da cooperação existente entre as duas forças de segurança.

No caso da Polícia Nacional, para além das peças de fardamento foram ainda entregues capacetes para motociclistas.

Na cerimónia, foi destacado o importante contributo de Portugal e, em particular, da Guarda Nacional Republicana, no apoio às forças de segurança Santomenses.

Fonte: GNR-DCRPGNR FardasSTome1GNR Div Com Rel Publicas

A ATA volta a marcar presença numa das mais importantes feiras do sector, a IBTM,a ter lugar em Barcelona, de 27 a 29 de novembro.

Com o objectivo de realizar o maior número de contactos possível com potenciais clientes finais ou influenciadores de decisão, pretende-se desta forma aumentar a visibilidade do destino neste segmento e a captação de eventos para o Algarve

Para mais informações aceder ao website oficial da feira: www.ibtmworld.com

Produto: Meeting Industry
Mercado: Multimercados

Fonte: ATAATA

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no âmbito do protocolo de cooperação bilateral estabelecido com a Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), realizou o 2.º Curso de Missões Internacionais, em Díli.

Este curso, que teve a duração de dois meses e terminou hoje, dia 22 de novembro, teve como objetivo capacitar a PNTL, nomeadamente a sua Unidade Especial de Polícia, para o desempenho de missões, militares ou civis, de gestão internacional de crises.

O Curso de Missões Internacionais é um curso de especialização na área policial, cujo plano curricular abrange diversificadas matérias, transmitindo conhecimentos sobre as Organizações Internacionais e Direitos Humanos, assim como, formação específica policial, destacando-se:

  • Armamento e tiro;
  • Proteção química, biológica e radioativa;
  • Topografia e navegação;
  • Defesa pessoal policial;
  • Técnicas de sobrevivência;
  • Técnicas de transposição de obstáculos;
  • Relacionamento com os Órgãos de Comunicação Social;
  • Escoltas de segurança;
  • Socorrismo em ambientes hostis;
  • Segurança de altas entidades;
  • Restabelecimento e manutenção da ordem pública.

Neste segundo curso participaram 30 formandos, das categorias de oficiais, sargentos e agentes, estando ainda prevista a realização de quatro outros cursos em 2019.

A GNR já formou mais de 1200 agentes, que correspondem a 30% do efetivo total da PNTL, ministrando diversos cursos de formação geral policial e de especialização e qualificação, nas áreas da ordem pública, segurança rodoviária e do direito.

Fonte: GNR-DCRPGNR PNTimorGNR Div Com Rel Publicas

 

A ATA participa nos Workshops a ter lugar nas cidades polacas de Wroclaw e Warsaw, organizados pelo Turismo de Portugal, em colaboração com a Câmara de Comércio Polónia-Portugal, nestas cidades Polacas, de 21 a 22 de novembro.

Nestas iniciativas, a ATA faz-se acompanhar de alguns dos seus associados que irão reunir-se com agentes de viagens, operadores turísticos e jornalistas daquele mercado.

A Polónia, manteve o ritmo de crescimento em relação a 2016, continuado a ser um dos mercados em crescimento para o Algarve. Em 2017 registou um aumento de +13.6% face ao período homólogo, correspondendo a +7.188 hóspedes. Em 2018, até ao mês de Agosto, existe um ligeiro decréscimo de 1,8% YoY. No que se refere ao número de dormidas aumentou +9,9% no mesmo período, correspondendo a +24.877 dormidas em relação a 2017.

Produto: Sol e Mar
Mercado: Polónia

Fonte: ATAATA

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), dia 03 de novembro, através de sistemas de visão térmica, detetou 70 migrantes que efetuaram a travessia do mar Egeu.

A equipa terrestre de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), após ter recebido um pedido de apoio, por parte das autoridades gregas, para participar numa operação de busca e resgate, para localizar uma embarcação com 45 migrantes, os militares percorreram a zona de costa, na ilha de Samos, tendo detetado os migrantes já em terra.  

Ainda no decurso do patrulhamento a equipa manteve a vigilância marítima com recurso aos equipamentos de visão térmica, acabando por detetar no mar Egeu, rumo à fronteira da Grécia, uma pequena embarcação insuflável com 25 migrantes a bordo.

A deteção por parte dos militares da GNR possibilitou que os 70 migrantes fossem resgatados em segurança e encaminhados para as autoridades helénicas.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

De 6 a 7 de dezembro teve lugar a 2ª edição da MEMOS Convention, este encontro de alunos e ex-alunos do Master Executivo em Gestão de Organizações Desportivas é patrocinado pela Solidariedade Olímpica e envolve 12 universidades internacionais. O Centro de Congressos do Estoril foi o palco designado para acolher cerca de 200 participantes de todo o mundo, com vista a promover contactos e partilha de conhecimento acerca dos últimos desenvolvimentos da esfera olímpica e das organizações desportivas.
O programa do evento, organizado pelo Comité Olímpico de Portugal e pela MEMOS Association, incluiu comunicações de oradores de referência internacional, sessões de debate, atividades desportivas e eventos sociais ao longo dos dois dias. Saiba mais sobre o MEMOS

Simultaneamente, a exposição "Portugal: Destino Desportivo", promovida pelo COP em colaboração com a Fundação do Desporto, envolveu a participação dos Centros de Alto Rendimento do Jamor, Foz Côa, Caldas da Rainha, Montemor, Viana do Castelo e Rio Maior; as Federações Portuguesas de Ciclismo, Natação e Golfe; as Câmaras Municipais de Lisboa e Cascais; a Sport TV, Saúde Prime, Promo, Sports Venture, Sports Partner e Cosmos Viagens. Todas estas entidades tiveram, assim, oportunidade de dar a conhecer as suas atividades e projetos aos participantes e potenciar contactos estratégicos a nível nacional e internacional.
Com foco na promoção internacional da Rede Nacional de Centro de Alto Rendimento, o stand da Fundação do Desporto foi uma das atrações da MEMOS Convention, tendo disponibilizado uma led wall (ecrã panorâmico 5/3m), que permitiu exibir os vídeos promocionais dos CAR em alta definição e dimensão.
Ver Fotos

A cidade de Lisboa foi a anfitriã dos I Prémios Empresariais Fundação do Desporto/Patrocina um Desportista, um evento promovido em coorganização pela Fundação do Desporto e a Patrocina um Desportista. O Desporto e as empresas reuniram-se numa Gala com a presença das autoridades oficiais portuguesas e espanholas em sinergia.
O objetivo era claro: reconhecer as empresas, instituições e pessoas que apoiam o Desporto Nacional.
O Hotel Pestana Palace em Lisboa vestiu-se de gala para receber empresários, desportistas e personalidades do mundo do Desporto com vontade de passar uma noite especial.
Uma Gala apresentada por Diana Chaves com o patrocínio da Associação Mutualista Montepio, Alimentos de Extremadura e Ayuntamiento de Badajoz.

Marcaram presença figuras de relevo do universo desportivo nacional, designadamente, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Direção do IPDJ, I.P., Presidentes dos Comités Olímpico e Paralímpico, Presidentes de Federações Desportivas Nacionais, AAOP e CAO, Diretores dos jornais desportivos A Bola e Record, e vários meios de comunicação social. De registar a presença, igualmente, do Embaixador da Coreia do Sul e de representantes da Junta da Extremadura.
A cerimónia iniciou-se com a entrega do "Prémio Amigo do Projeto" que reconheceu o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, um dos grandes apoiantes, desde a primeira hora, deste projeto em Portugal. Saiba Mais

Fonte: Fundação do DesportoFundacaoDesporto4FundacaoDesporto2FundacaoDesporto3

Quarenta atletas estiveram presentes, no passado domingo, dia 2, em Lagoa, para disputar o "I Encontro Zona Sul do Plano Nacional de Talentos - Polo Aquático", da Federação Portuguesa de Natação (FPN). Os atletas, distribuídos por escalões de sub-12 e sub-14 mistos, representaram três Associações Territoriais: Associação de Natação do Algarve (ANALGARVE), Associação de Natação do Alentejo (ALENTEJO) e Associação de Natação do Distrito de Santarém (ANDS), em representação de quatro clubes: Lagoa Académico Clube, Portinado, Aminata-Évora e Viver Santarém.

O encontro, organizado pela ANALGARVE, com o apoio do Município de Lagoa, decorreu nas piscinas municipais de Lagoa entre as 10h00 e as 13h00 e contou com a presença do selecionador nacional da modalidade, Fernando Leite. “A visão deste projeto passa por criar os alicerces para que os jogadores do futuro tenham as bases necessárias para o alto rendimento desportivo no Polo Aquático”, referiu, na altura.

“A missão do projeto”, adiantou, consiste em “protocolar métodos para criar níveis de excelência, (…) democratização das boas práticas (…) e sustentabilidade da atividade de uma forma credível”, fornecendo aos jogadores treino “com uma base capaz através da sistematização dos conteúdos de aprendizagem”, concluiu o técnico da Federação Portuguesa de Natação.

Fonte: GC do Mun Lagoa(Algarve)PiscinaLagoa

Realizou-se este fim de semana, os Campeonatos Nacionais de Clubes da 2ª divisão, nas Piscinas Municipais de Santo António dos Cavaleiros.

O Louletano Desportos Clubes participou com as suas equipas masculina e feminina, apresentando-se desde o início dos campeonatos, não só como um forte candidato à subida, como á vitória.

A equipa feminina sagrou-se campeã nacional de clubes da 2ª divisão, com um total de 411 pontos, deixando em segundo e terceiro lugar, as equipas do Famalicão, com 326 pontos e do Bairros dos Anjos/Leiria, com 321 pontos, respetivamente.

Em masculinos, a equipa do Louletano sagrou-se vice-campeã nacional, com um total de 375 pontos. Os campeonatos foram ganhos pela equipa da SFUAP, com um total de 409 pontos, ficando em terceiro, a equipa do FOCA, com 340 pontos.

A nadadora Sofia Diaz ficou em 5º lugar na tabela das melhores performances dos campeonatos, com um total de 707 pontos, alcançados na prova dos 400m estilos, com o tempo de 4:50.54. Em masculinos, o nadador Eusébio Romero teve a segunda melhor performance dos campeonatos, com 739 pontos, alcançados na prova dos 1.500m, com o tempo de 15:37.62.

Fonte: AnalgarveNatacao2Divisao

Lagoa reconhecida com o galardão “Município Amigo do Desporto”. A Associação Portuguesa de Gestão do Desporto (APOGESD) e a Cidade Social reconheceram Lagoa como um dos 88 “Municípios Amigos do Desporto”, oito deles situados no distrito de Faro.

A entrega do galardão aos 88 municípios representativos de todos os distritos que compõem o território nacional e regiões autónomas dos Açores e da Madeira ocorreu no âmbito do Congresso Nacional de Gestão do Desporto, em Rio Maior.

Fonte: Mun de Lagoa(Algarve)MunicAmigoDesportoLagoa

 

Em 2018, foram publicadas 589.407 notícias sobre futebol em Portugal, revela um estudo da Cision. A análise revela ainda que, entre 1 de janeiro e 30 de novembro do corrente ano, as rádios e televisões nacionais dedicaram ao desporto-rei 14.550 horas de emissão – o equivalente a mais de 606 dias. Estes números não incluem a transmissão dos jogos propriamente ditos.

O Sporting foi o “campeão” mediático: o clube de Alvalade foi citado em 188.881 artigos e foi falado durante 5.568 horas (232 dias) nas estações de rádio e televisão.

Muitas das referências não dizem respeito exclusivamente ao que se passa dentro do terreno de jogo. O “ataque” à Academia de Alcochete, um dos acontecimentos que marca o ano de 2018, foi mencionado em 12.562 notícias e foi tema de análise e debate durante 655 horas (27 dias) de emissão nos audiovisuais.

O processo “E-Toupeira”, que envolve o Benfica, foi outro dos assuntos centrais nos media portugueses monitorizados pela Cision, com 6.418 notícias e 290 horas de emissão (cerca de 12 dias).

Mais de metade da informação sobre futebol em Portugal foi veiculada em meios online (53%). Segue-se a televisão, com 23%, e a imprensa, com 21%. A rádio representa apenas 3% do total.

O objeto do estudo realizado pela Cision – empresa líder global em serviços e software de pesquisa, monitorização e análise de media – foram todas as notícias sobre futebol, difundidas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social, no período temporal compreendido entre 1 de janeiro e 30 de novembro de 2018.

Fonte: Cisionfutebol 2018

A atleta Beatriz Santos da ACD FERRAGUDO é uma das 16 basquetebolistas convocadas para um estágio de observação a realizar em Lisboa de 17 a 19 do corrente, do qual sairão as 12 jogadoras que irão participar no "Torneio Medina del Campo" nos dias 28/29 em Valladolid e que servirá de preparação para a Selecção Nacional de Sub 16 Femininos que participará no Campeonato Europeu da Modalidade.
 
Recorde-se que esta atleta da ACD FERRAGUDO, frequenta desde o início da época, em regime de permanência, o Centro de Alto Rendimento de Basquetebol no Jamor (Lisboa).
Fonte: ACD Ferragudo
BasquetebolFerragudoBasquetebolFerragudo1

Previsão Meteorológica | "on line"

Faro Portugal Blustery, 16 °C
Current Conditions
Sunrise: 7:36 am   |   Sunset: 5:15 pm
58%     45.1 km/h     34.406 bar
Forecast
QUI. Low: 9 °C High: 16 °C
SEX. Low: 8 °C High: 16 °C
SáB. Low: 8 °C High: 16 °C
DOM. Low: 10 °C High: 17 °C
SEG. Low: 8 °C High: 15 °C
TER. Low: 8 °C High: 16 °C
QUA. Low: 8 °C High: 16 °C
QUI. Low: 8 °C High: 16 °C
SEX. Low: 9 °C High: 16 °C
SáB. Low: 9 °C High: 16 °C

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB