Tempo de Crónicas | 'Ausência' das Viagens, e nas Obras

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Alguns leitores(as) do tempo de crónicas talvez já sentiram a falta deste vosso comunicador que se dedica a escrever para vós, para o público, e ao mesmo tempo a divertir-se um pouco com esta coisa da escrita que nunca esquece mas que por vezes sempre vem mais ao decima.

Pois bem, passei o mês de Setembro no Algarve e nessa estadia não deu para muito de andar por aqui por ali. Culpou-se a, ainda inacabada situação pandémica. Imaginem, uma única vez pisando areias de praia à tardinha. De caminhadas a mais longa logo de manhã e passando pelo Vale do Lobo. De resto pouca frequentação, ausente, e permanecer bastante tempo no sossego do meu lugar na Falfosa ainda soube a pouco, e assinalável com duas noites de fortes chuvadas, águas benditas evitaram-me regas.

Chegou Outubro, veio a hora do regresso de novo para Massachusetts. Embarcando na capital algarvia e a bordo do Viana do Castelo da transportadora aérea portuguesa até Lisboa.

De Lisboa, o gigante dos ares Pêro da Covilhã trouxe-nos para este lado do mar e na viagem transatlântica encontrei no pequeno ecrã de frente que cada passageiro tem ao seu dispor, video apresentado por Joana Balaguer, essa Brasileira que escolheu Portugal para viver. Atraente apresentação com reflexos e imagens que são mesmo de nos apaixonar por Portugal, mas direi, não troco por nada a minha morada no Algarve.

Por agora deixo-vos com uma pequena nota quanto ás obras em curso no Jardim da Alameda na cidade de Faro. Concluidas poderão ter retângulos pequeninos sugestivos para fotografias de louvar de mão pousada esfera de lado, parecendo marmorizada e alegre, ou melhor alegres nunca estiveram assim digo-vos do meu imaginário, e mais escrever esta crónica teve destas, o autor olhou por cerros, vegetação blue sky em redes sociais para que isto sai-se mais animado.

Ireneu Vidal da Fonseca, Massachusetts EUATempoCronicas

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS