Problemas com a bebida!

Solta-mente
Tools
Typography

“As mulheres portuguesas têm um problema com a bebida.” Não, afinal, não têm. Mas ela achou que sim, nos primeiros tempos como empregada de mesa em Portugal.

Quem diria, pensava, para os seus botões, que na Europa a coisa andava tão grave? Europa, Portugal e afinal o problema tinha a imensidão da América do Sul. Ou parecia… a pobre moça estava preocupada com a saúde do país de acolhimento…

Não obstante, o que lhe fazia ainda mais confusão e até um pouco de raiva era a confidência agreste, quase intimista, das pessoas com quem estas pressupostas alcoólicas jantavam.

“Se havia um problema familiar este não devia ser anunciado a uma estranha.” Até porque o alcoolismo é coisa séria e não uma piada para ser contada a quem traz os pratos de comida. “Desculpe, a minha mulher já bebeu demais. Tem um problema com o álcool.”

Depois, adaptou-se e começou a perceber aquele nosso tom português sério, mesmo quando é piada. Compreendeu que não havia um problema de álcool, afinal, mas segundo ela, de oportunidade e bom gosto.

Confidenciou-nos que mesmo a brincar, aquilo não caía bem. “Ah, era divórcio na hora! O sujeito dizer que eu era alcoólica a uma desconhecida e eu ria como uma tonta? Ah, não!”

Achei que ela tinha razão. Escusavam de chocar a moça. Ainda concordei mais porque, confesso, o almoço foi bem regado. Na nossa mesa ninguém discutiu com as garrafas, logo, o álcool não nos fez problemas nenhuns.

Escrevo esta crónica divertida mesmo ao lado do Alameda Beer Fest. Continuo sem ter problemas com a bebida. Só de estacionamento, pois vedaram a rua toda e eu trabalho por cá.

Selma NunesProblemasBebida

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS