Notícias

Grid List

A Ideias do Levante - Associação Cultural de Lagoa (Algarve), em parceria com o Município de Lagoa (Algarve), irá organizar de 8 a dia 13 de abril de 2019, a quarta edição do LEVANTARTE – Festival de Dança de Lagoa, através da realização de vários workshops/aulas (i.e., Projecto "Lagoa a Dançar"), e de um espectáculo não competitivo, multidisciplinar, em formato de "mostra de dança", no dia 13 de abril, no Auditório Carlos do Carmo, na cidade de Lagoa, pelas 21h00, que contará com os seguintes participantes: Rancho Folclórico do Calvário, STARS Dance School, Zhar Louz, CAB, entre outros convidados. Através da apresentação dos vários trabalhos coreográficos, o público poderá apreciar vários estilos de dança, tais como: Dança Oriental, Ballet, Jazz, Street Dance, Folclore, entre outros.

O nome do festival foi escolhido, jogando com vários sentidos e significados, tais como "Levantar a Arte", "Levantar-te", ou ainda, "Arte do Levante", este último habitualmente associado ao desassossego, ou ao trabalho da associação Ideias do Levante.

O festival tem como principais objectivos: (a) contribuir para diversidade da oferta cultural do Concelho de Lagoa; (b) promover o reconhecimento da importância da diversidade cultural; (c) gerar momentos de encontro entre artistas, organizações, e público; (d) e, oferecer às escolas, associações, grupos, e/ou singulares que desenvolvam actividade na área da dança, no Concelho de Lagoa (Algarve), uma oportunidade para promoverem o seu trabalho (e ver o seu trabalho reconhecido).

Além do convite aberto às entidades do Concelho de Lagoa, a organização poderá convidar uma escola, associação, grupo ou bailarino(a) que desenvolva a sua actividade relacionada com a dança além Concelho de Lagoa.

O projecto "Lagoa a Dançar", lançado pela Ideias do Levante, há alguns anos atrás, foi agora incluído na programação do Festival de Dança de Lagoa, com o intuito de proporcionar aos eventuais interessados, uma semana de acesso gratuito a aulas de demonstração e de workshops relacionados com dança, sendo que a organização delineou o seguinte calendário:

Segunda-feira, dia 8 de Abril, 19:00-21:00 / Workshop de Danças Europeias / Centro de Estudos e Formação de Lagoa (Sala Polivalente)
Direções: https://goo.gl/maps/HrNu8

Terça-feira, dia 9 de Abril, 21:00-22:00 / Ensaio aberto de Rancho Folclórico / Sede do Rancho Folclórico do Calvário
Direções: https://goo.gl/maps/guUo8N2Q3gP2

Quarta-feira, dia 10 de Abril, 19:00-20:00 / Aula aberta de Dança Oriental / Centro de Estudos e Formação de Lagoa (Sala Polivalente)
Direções: https://goo.gl/maps/HrNu8

Quinta-feira, dia 11 de Abril, 18:00-19:00 / Dança Jazz/Show Dance / Carvoeiro Clube de Ténis
Direções: https://goo.gl/maps/XP474qHhHyT2

Sexta-feira, dia 12 de Abril, 18:30-19:00 / Demonstração de Salsa Cubana / Centro de Estudos e Formação de Lagoa (Sala Polivalente)
Direções: https://goo.gl/maps/HrNu8

Nota: Todas as actividades de formação/demonstração destinam-se a maiores de 16 anos à excepção do Workshop de Danças Europeias que se destina a crianças (+8), adolescentes e adultos, e da Aula de Jazz/Show Dance que se destina a crianças (+10) e adolescentes. A participação nestas actividades de formação/demonstração é gratuita mas é necessária prévia inscrição via formulário https://goo.gl/forms/eC3DGPC3hmNgi69G3

Sábado, dia 13 de Abril, 21:00 / Espectáculo de Encerramento
Auditório Carlos do Carmo (Lagoa)

O espectáculo de encerramento é recomendado para maiores de 6 anos e terá uma lotação máxima de 296 lugares. O valor do bilhete é de 6 Euros sendo que existe um desconto de 20% para portadores do Passaporte Cultural de Lagoa. Mais informações sobre os bilhetes poderão ser obtidas, a partir do dia 18 de Março de 2019, via Auditório Carlos do Carmo - Lagoa [Tel. 282380452; horário: Ter-Sáb, 09:00-12:30/14:00-17:30], Convento S. José - Lagoa [282380434; horário: Ter-Sáb, 09:00-12:30/14:00-17:30], e no Balcão Único - Lagoa [Seg-Sex, 09:00-16:30]. Os bilhetes também estarão disponíveis na Fnac, Worten e Ticketline.

ATENÇÃO: NÃO EXISTE SERVIÇO DE RESERVAS

Mais informações sobre o evento poderão ser encontradas online através do Web site oficial em www.levantarte.info ou através da página do evento nas redes sociais em www.facebook.com/levantarte.info.

Mais informações, sobre a associação e os seus projetos, poderão ser encontradas em www.ideiasdolevante.net ou via Tel. 282 380 053 (Seg-Sex, 09:00-13:00/14:00-18:00).

Esta iniciativa conta com o apoio das seguintes entidades: Município de Lagoa, União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, Pastelaria Algarve, Balance Cafe, Estorninho.biz, Photos4Life, Inforarte, escolas e grupos participantes, entre outros.

Fonte: Ideias do LevanteFestivalDanca1

É já no próximo dia 27 de março, quinta-feira pelas 21h00, no TEMPO, em Portimão.

Depois da apresentação do CD de Nelson Conceição, no passado dia 17 de Março, no cineteatro Louletano, e de ter viajado até Estugarda para estar, no dia 23 de Março, junto da comunidade portuguesa de Sindelfingen, onde acompanhou os fadistas César Matoso e Filipa Sousa, Ricardo Martins estará presente na primeira edição da entrega de prémios Choque Frontal ao vivo.

Este jovem promissor no panorama musical português, gravou, especialmente para este programa, a música designada "Choque Frontal ao vivo", a qual conta com misturas do DJ Sickonce.

Influenciado por vários géneros musicais, Ricardo Martins, encontrou na Guitarra Portuguesa a forma de exprimir a profundidade dos seus sentimentos. Desde a primeira audição de temas de Carlos Paredes que o som deste instrumento lhe mostrou o caminho musical a seguir.

Embora se dedique maioritariamente a acompanhar Fado, vê na Guitarra Portuguesa inúmeras possibilidades enquanto instrumento solista, onde aliás se tem destacado.

Gravou em 2014 o seu primeiro disco de Guitarra Portuguesa instrumental denominado “Ricardo J. Martins”, este projecto discográfico apresenta, por um lado, adaptações de temas que estão fora do ambiente musical da Guitarra Portuguesa e, por outro lado, versões de temas típicos deste instrumento, mas com arranjos próprios . Deste disco destaca-se o tema original e single “Danças na Eira”.

Sempre em busca de novos caminhos para o instrumento, compondo e tocando - sem nunca esquecer as suas raízes - editou em 2017 o segundo disco intitulado “Cantos e Lamentos”. Este trabalho conta com várias participações especiais de vários músicos e instrumentos como é o caso da flauta de bisel, acordeão, voz lírica e percussões, trazendo ao público vivências musicais diferentes, dando a este trabalho um cunho pessoal único que vai desde a música tradicional portuguesa até à música clássica.

Com apenas 35 anos, viaja pelo mundo fora levando a Guitarra Portuguesa consigo. Dos vários países que onde toca regularmente destacam-se: Espanha, França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Sérvia, Inglaterra, Alemanha, Canadá, Estados Unidos da América, China, Ucrânia, Índia e Cabo Verde. Teve o privilégio de tocar com grandes nomes do nosso panorama musical como é o caso de Viviane (Entre Aspas), Marco Rodrigues, Filipa Cardoso, Ana Sofia Varela, Ilda Maria e Pedro Jóia.

Choque Frontal ao vivo

Idealizado por Ricardo Coelho e Júlio Ferreira, para a AlvorFM, "Choque Frontal ao Vivo" é considerado o programa de Rádio mais intimista e exclusivo a sul do Tejo.

Gravado ao vivo no Pequeno Auditório do TEMPO (Teatro Municipal de Portimão) de forma a manter a proximidade com o público convidado, está limitado a 125 convites gratuitos, e vai para o "ar" no sábado seguinte.

O programa consiste numa entrevista para dar a conhecer a pessoa que dá corpo ao artista. Pelo meio de uma conversa intimista e exclusiva o convidado também canta e divulga os seus temas. Para além da música, este programa é palco de outras formas de arte como a pintura. Nestes casos o artista plástico João Sena apresenta no programa duas telas em exclusivo, cabendo ao público a tarefa de atribuir um nome à obra.

Este programa que foi homenageado pela Camara Muninipal de Portimão em Dezembro de 2018 com a medalha de Mérito Cultural Grau Bronze tem no próximo dia 27 de março o seu maior desafio «O PRÉMIO CHOQUE FRONTAL AO VIVO». Este evento que se pretende anual, foi idealizado para incentivar a atividade musical no Algarve e em Portugal, não esquecendo os outros tipos de arte. Esta iniciativa pretende também premiar uma personalidade (individual ou coletiva) que se tenha destacado noutra atividade e que tenha contribuído para o enriquecimento e reconhecimento do Algarve no país e no estrangeiro. Para o efeito são atribuídos 5 prémios para musica e 2 prémios para tudo o resto que se faz e destaca no Algarve, a saber: Melhor Álbum - Nacional; Revelação Música - Nacional; Melhor Álbum - Algarve; Melhor Música - Algarve; Revelação Música - Algarve; Artes, Ciências, Cultura e Desporto - Algarve; Mérito e Excelência - Algarve.

Fonte: Ricardo Martins-Guitarra PortuguesaRicardoMartins1

O Cantaloupe Café, nos Mercados de Olhão, vai apresentar a próxima "Diversão as Quintas" dia 28 de março, quinta feira às 18h00: Prova de Vinho com o produtor da Casa de Cello.

A Casa de Cello é uma empresa familiar que se dedica à exploração vitícola das suas quintas há 4 gerações.

Foi nos anos 80, que um dos proprietários, João Pedro Araujo, deu início à profissionalização da actividade da Casa de Cello. Reorganizou a estrutura existente com o objectivo de implementar as melhores tecnologias vitícolas e enológicas, de forma a expressar os "terroirs" da Casa de Cello.

Os vinhos da Casa de Cello são produzidos em duas Quintas, situadas em duas das mais importantes e características Regiões Demarcadas de Vinho em Portugal.

- Dia 31 de março, domingo às 18h30, um espectáculo com: Javier Ortí Quartet.

Javier Orti começou a estudar música aos 7 anos na banda de Isla Cristina (Huelva), ampliando seus estudos nos conservatórios de Huelva, Sevilha e mais tarde em Madrid com o saxofonista Andrés Gomis. Em tenra idade ele ficou interessado em jazz e receber tipos de grande jazzman Jerry Bergonzi como Arturo Serra, Bill McHenry, Jorge Pardo, George Garzone e Dave Santoro.

Atualmente, é professor de saxofone C.P.M "Francisco Guerrero" em Sevilha onde também dirige a Big Band do Conservatório.

Como músico colabora com a Big Band Andalucía, "Monk Experience", "prova real", "Carlos Bermudo Sextet" e o quinteto liderado pelo baixista Zé Eduardo "Fried Neoronium". Em 2015, ele lançou seu primeiro álbum como líder de "Javier Ortí Quintet".

Fonte: Cantaloupe CaféProvaVinhoCasaCelloJavierOrtiQuartet

 

A Câmara Municipal de Vila do Bispo promove mais uma edição da “Páscoa Desportiva”, de 8 a 18 de abril. Trata-se de um programa de ocupação de tempos livres das férias da Páscoa, dirigida a crianças e jovens dos 6 aos 13 anos, onde serão desenvolvidas atividades lúdico-pedagógicas, desportivas e ainda sociais.

Partir do Folar, caminhada, passeio de comboio turístico urbano, atividades desportivas, culinária, ação de limpeza no areal, caça ao ovo, trabalhos manuais e cinema são as propostas para esta edição.

Todos os interessados em participar neste projeto deverão inscrever-se de 25 a 29 de março no Centro Cultural de Vila do Bispo, entre as 09h00 e as 15h00.

A participação dos jovens e crianças têm um custo de 30,00€. Os beneficiários do escalão A estão isentos e os beneficiários do escalão B pagarão 15,00€. O valor inclui refeições, seguro, transporte e atividades.

Mais informações no Centro Cultural de Vila do Bispo ou através do telefone 282 630 600 ou do telemóvel 910 779 854.

Fonte: Mun Vila do BispoPascoaDesportivaVBispo

A Câmara Municipal de Faro, através da sua Divisão de Promoção Turística, organizou, em parceria com a Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (EHTA), a 8ª edição de formação certificada sobre “O Potencial Turístico de Faro”.

Esta iniciativa, com uma duração de cinco dias (um por semana), num total de trinta e seis horas de formação, é dirigida a profissionais do sector da indústria turística, com o objectivo de melhorar a qualidade da informação prestada aos visitantes do concelho de Faro.

A formação tem uma componente de visita, levando os formandos a visitar locais de interesse turístico, a fim de tomarem conhecimento com a oferta dos diversos produtos turísticos que Faro tem para oferecer aos seus turistas. Nessa oferta integra-se, nomeadamente, o Turismo Cultural (património histórico/arquitectónico), Gastronómico, Náutico, de Natureza e Desporto, com o programa a incluir a visita a museus, igrejas, teatros, restaurantes, Ria Formosa e Ilhas de Faro, Culatra e Farol, entre outros pontos de referência na cidade, e no concelho.

A primeira edição de 2019, realizada em Janeiro, registou um elevado número de inscrições, o que levou o Município a decidir organizar uma edição extra, nos mesmos moldes, para permitir a participação de todos os interessados.

A nova edição teve o seu início a 27 de Fevereiro e termina a 3 de Abril com o encerramento a acontecer na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve com uma experiência gastronómica de produtos algarvios e a entrega de certificados aos formandos.

O Município de Faro registou um aumento do número de camas na hotelaria, entre 2013 e 2018, passando de cerca de 1.700, para aproximadamente 4.500, distribuídas por todas as tipologias de alojamento. No mesmo período, o número de dormidas, passou de cerca de 290.500 para 520.000, tendo a taxa de taxa de ocupação, que também cresceu ao longo dos últimos anos, sido de 55%, situando-se acima dos valores do Algarve e Portugal.

Fonte: Mun de FaroCamaraMunFaro

 

A Câmara Municipal de Silves (CMS) informa que, entre as 8h00 e as 20h00, dos próximos dias 26 e 27 de março (terça e quarta-feira) será interrompido o fornecimento de água nas zonas do Falacho, Vale de Lama e Almarjão (freguesia de Silves). Este corte deve-se à necessidade de execução de nós de ligação na conduta de água, no âmbito da empreitada “Travessia de Conduta de Abastecimento de Água Sobre Canal de Rega em Almarjão”.

É possível que ocorram variações de pressão e caudal.

Para o esclarecimento de qualquer dúvida ou obtenção de informações adicionais os munícipes poderão contactar a autarquia através do número do piquete de águas: 964 013 526.

Serão tomadas todas as diligências para que os trabalhos decorram de forma célere e eficiente, pelo que a CMS agradece a melhor compreensão dos munícipes e utentes do sistema pelos transtornos causados.

Fonte: GRP do Mun SilvesAvisoCorteAgua

 

Na data em que se comemora o Dia Mundial da Água, o Grupo Os Mosqueteiros anuncia concurso nas escolas portuguesas de norte a sul do país em parceria com a Texto. “Vamos poupar água com o Pafi ” é o nome do desafio que tem como objetivo sensibilizar os mais novos para a poupança de água. As duas entidades lançam o repto a alunos de 2.000 escolas de todo o país para desenvolverem conselhos e dicas uteis para a poupança de água, ilustrados com a mascote do Grupo – Pafi. Os trabalhos poderão ser entregues até dia 27 de maio.

O desafio “Vamos poupar água com o Pafi ”, foi ontem lançado às turmas de 1º ciclo do ensino público e privado de 2.000 escolas de todo o país. O objetivo é que através do trabalho em equipa aliado a atividades da área de Expressões, os alunos reflitam sobre o tema e desenvolvam dicas e conselhos para a poupança de água. As escolas com trabalhos vencedores irão ser premiadas com tablets e vales de compra Intermarché para material escolar. O primeiro prémio irá ainda receber uma experiência inesquecível partilhada por todos os alunos da turma e uma festa com a mascote do Grupo Os Mosqueteiros - Pafi.

João Magalhães, administrador do Grupo Os Mosqueteiros explica como tudo surgiu: «O projecto “Vamos poupar água com o Pafi”, dirigido a escolas do 1º ciclo de norte a sul do país, surgiu da necessidade de alertar os mais novos para uma atitude cívica responsável sensibilizando-os para a preservação dos recursos hídricos».

Recorde-se que o Grupo Os Mosqueteiros, do qual fazem parte as insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady, tem desenvolvido um sólido trabalho na sensibilização dos mais novos para diversos temas cívicos. O primeiro destes desafios às escolas aconteceu em 2018 e teve como objetivo sensibilizar e alertar os mais novos para a necessidade de proteção e preservação da floresta.

Estes concursos escolares foram desenvolvidos com o intuito de aprofundar a vertente educativa do projecto de apoio aos Bombeiros, que nos últimos três anos se traduziu na edição de três livros que alertam para a importância do papel dos Bombeiros na sociedade e para a preservação da floresta. As receitas da venda dos três livros já permitiu adquirir 3.000 equipamentos de proteção individual, material fundamental para a segurança dos bombeiros portugueses.

Sobre Os Mosqueteiros

O Grupo Mosqueteiros é um dos maiores grupos de Distribuição mundiais multi-insígnia que opera em quatro países europeus, entre os quais Portugal, atuando com um posicionamento muito particular, único mesmo num setor de atividade tão moderno e criativo, já que a sua gestão global é partilhada pelo conjunto dos proprietários de cada uma das lojas em cada país. Esta estrutura organizativa peculiar determina que o Grupo assuma como característica fundamental da sua missão a máxima proximidade com as comunidades onde está implantado, dado o envolvimento direto da sua gestão com a realidade circundante das respetivas lojas.

Em Portugal, O Grupo Os Mosqueteiros atua com três insígnias: Intermarché, supermercados especialistas em produtos frescos, que se adaptam às realidades dos locais onde se localizam; Bricomarché, que integra cinco áreas dentro do mesmo espaço (decoração, bricolage, materiais de construção, jardinagem e produtos para animais de estimação); Roady, um centro-auto especialista na manutenção, equipamento, reparação, acessórios e peças para automóvel.

Fonte: LIFTPouparAguaGrupoMosqueteiros

 

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Faro, no dia 19 de março, realizou buscas em nove distritos - Faro, Beja, Évora, Setúbal, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu e Porto, no decorrer de uma investigação de fraude fiscal, que culminou na detenção de quatro pessoas, três homens e uma mulher.

Durante mais de um ano foi investigado um grupo de indivíduos que, através da criação sucessiva de empresas de prestação de serviços de exploração florestal em nome de "testas de ferro" e falsas declarações tributárias, logrou obter lucros, por falta de pagamento dos impostos devidos, em sede IVA e de Impostos Sobre os Rendimentos, que se estimam de montante superior a 5 milhões de euros, num esquema que durava há vários anos.

As diligências de investigação culminaram no cumprimento de quatro mandados de detenção, bem como 34 mandados de buscas, 15 domiciliárias e 19 não domiciliárias, destacando-se as seguintes apreensões:

  • 28 viaturas;
  • 15 200 litros de combustível (gasóleo colorido);
  • 6 890 euros em numerário;
  • 15 carimbos identificativos de diversas empresas;
  • Diversa documentação contabilística e bancária;
  • 19 telemóveis;
  • Oito computadores;
  • Dois discos rígidos;
  • Quatro cartões de crédito;
  • Uma arma de fogo;
  • 53 doses de cannabis;
  • 18 doses de haxixe.

Durante as ações foram ainda verificadas 12 contraordenações ao Código dos Impostos Especiais Sobre o Consumo, por violação dos pressupostos do benefício fiscal atribuído ao gasóleo colorido e marcado, constatando-se a utilização deste produto em equipamentos e atividades diversas daquelas, para que tinha sido autorizado aquele beneficio.
Sobre um dos detidos recaía um mandado de detenção e condução a estabelecimento prisional para cumprimento de cinco anos de prisão efetiva, recolhendo a estabelecimento prisional. Os outros três detidos, dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre 38 e 49 anos, aos quais, após terem sido submetidos a primeiro interrogatório judicial, foram constituídos arguidos e aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais no posto policial da área de residência.

Desta ação resultou ainda a constituição de 14 arguidos, cinco homens e seis mulheres, com idades compreendidas entre 19 e 49 anos, e ainda três empresas.

Os detidos estão indiciados da prática dos crimes de fraude fiscal, associação criminosa, abuso de confiança, burla tributária, falsificação de documentos e insolvência dolosa. 
Nesta operação foram empenhados um total de 116 militares da Guarda Nacional Republicana que contaram com a colaboração de 39 elementos da Autoridade Tributária.

Fonte: GNR-UAFGNR Unid Acao fiscal

Realiza-se a 25 de maio a 16.ª edição da Corrida de Solidariedade da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. A Corrida tem como ponto de partida e de chegada a Reitoria da Universidade de Lisboa, localizada na Cidade Universitária, no Campo Grande.

A Corrida de Solidariedade APAV é, em 2019, pela segunda vez, uma corrida noturna. Tem início ao final da tarde, pelas 19.00, e conta com um percurso de 10 quilómetros com cariz competitivo. Além da Corrida, a APAV promove a Marcha das Famílias, com um percurso de cinco quilómetros sem cariz competitivo.

A Corrida de Solidariedade APAV é uma iniciativa solidária, com um custo de inscrição que reverte para o apoio diário que a APAV presta às vítimas de todos os tipos de crime e violência.

A iniciativa tem como objetivo promover a prática de hábitos de vida saudáveis e o convívio e, simultaneamente, sensibilizar para a realidade da violência na sociedade e para o apoio às vítimas de crime, bem como para a importância da existência de instituições como a APAV no apoio a estas vítimas.

Este evento solidário é dirigido a famílias, desportistas e a todas as pessoas que desejem apoiar a missão da APAV. É também uma oportunidade para percorrer pedonalmente esta zona nobre da cidade de Lisboa, num momento livre de movimentação e tráfego rodoviário.

A 16.ª Corrida de Solidariedade APAV conta com a organização técnica da Xistarca, com o apoio institucional da Câmara Municipal de Lisboa e com o patrocínio da EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres.

Inscrições:
bit.ly/2Fm0aOe

Informações:
www.corridadesolidariedade.org

Fonte: APAVCorridaAPAV

 

“Atualmente é muito clara a necessidade de gerir de forma mais agressiva o risco de doença cardiovascular nas pessoas com diabetes, visto que são as doenças cardiovasculares a causa mais comum de morte entre os adultos com diabetes”, alerta José Luís Medina, presidente do 2.º O Coração da Diabetes, encontro organizado pela Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP), que junta no Porto centenas de profissionais de saúde em torno das principais questões relevantes na diabetes e doenças cardiovasculares.

A segunda edição deste encontro nacional realiza-se a 22 e 23 de março na Fundação Engenheiro António de Almeida, centrando o debate na diabetes e na relação desta doença crónica com as doenças cardiovasculares e outras complicações, o seu peso na qualidade de vida dos doentes e cuidadores e para o próprio Estado e Serviço Nacional de Saúde.

A prevalência da diabetes tem vindo a aumentar nos últimos anos, o que realça a importância de diagnosticar e tratar a diabetes de forma adequada e explica o empenho da APDP na organização deste encontro.

“A diabetes afeta mais de um milhão de portugueses. 30% dos internamentos por acidente vascular cerebral (AVC) são em pessoas com diabetes e perto de 1/3 dos internamentos por enfarte agudo do miocárdio ocorrem em pessoas com diabetes. Não podemos ignorar esta doença nem as complicações a ela associadas”, afirma o endocrinologista.

O 2º O Coração da Diabetes vai juntar mais de 200 participantes, entre profissionais de endocrinologia, cardiologia, medicina interna e medicina geral e familiar, as áreas que mais lidam com o flagelo da diabetes e das suas complicações.

“Apesar dos progressos já alcançados na gestão dos níveis glicémicos e no tratamento dos fatores de risco cardiovascular, a taxa de mortalidade em pessoas com diabetes tipo 1, por exemplo, ainda é elevada”, explica José Luís Medina, acrescentando que “por se manifestar mais cedo na vida do doente [por exemplo em criança ou adolescente] na diabetes tipo 1 as complicações vasculares começam a desenvolver-se cedo, logo no início da doença, embora se manifestem depois na idade adulta”. Os temas a abordar no encontro têm uma relação direta com a prática clínica, procurando respostas para as importantes questões que assolam médicos e doentes na gestão da diabetes e das complicações a ela associadas. Obesidade, hipertensão arterial e insuficiência cardíaca, cirurgia bariátrica como meio de proteção vascular, síndrome metabólica na mulher e biomarcadores e outras formas de diagnóstico em doentes sem sintomas são alguns dos temas em foco neste encontro.

A diabetes é hoje uma das principais causas de morte, principalmente por implicar um risco significativamente aumentado de doença coronária e de AVC. Em 2014 a diabetes representou cerca de oito anos e meio de vida perdida por cada óbito por diabetes na população com menos de 70 anos.

Fonte: HK StrategiesCoracaoDiabetes

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 8 e 14 de março, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 481 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 174 por condução sob o efeito do álcool;
  • 100 por condução sem habilitação legal;
  • 39 por tráfico de estupefacientes;
  • 14 por posse de arma proibida;
  • Nove por furtos;
  • Oito por violência doméstica;
  • Cinco por permanência ilegal em território nacional;
  • Quatro por rapto;
  • Três por invasão de recinto desportivo;
  • Três por violação de imposições e interdições;
  • Um por incêndio florestal.
  1. Apreensões:
  • 4 448 doses de heroína;
  • 4 236 doses de haxixe;
  • 314 doses de cocaína;
  • 134 sementes de cannabis;
  • 32 doses de cannabis;
  • 332 munições de diversos calibres;
  • 16 veículos;
  • 14 armas de fogo;
  • 16 armas brancas;
  • 24 419 artigos de material contrafeito;
  • 624 quilos de pescada;
  • 90 quilos de lampreia;
  • 65 quilos de tecido;
  • 11 quilos de lapas;
  • Três quilos de meixão;
  • 1 829 euros em numerário.
  1. Trânsito:

Fiscalização: 10 801 infrações detetadas, destacando-se:

  • 2 366 excessos de velocidade;
  • 699 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 512 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 469 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 472 relacionadas com tacógrafos;
  • 431 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 364 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 294 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

À semelhança do que tem acontecido em anos anteriores, o Município de Faro estará presente com um stand na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que arranca na FIL, em Lisboa, no próximo dia 13 de Março.

Presente no stand do Turismo do Algarve (pavilhão 1, stand 1A02), Faro terá oportunidade de promover junto dos profissionais do setor e do público consumidor os principais produtos turísticos, desde o Turismo Cultural, com o seu rico património histórico e arquitectónico, ao Turismo de Natureza, cujo expoente máximo é a Ria Formosa e as ilhas da Culatra-Farol e Faro, e ainda o Turismo Náutico, com destaque para a recente certificação da Estação Náutica de Faro, uma das 15 atribuídas pelo Fórum Oceano.

Neste âmbito, o Município dará um enfoque especial a este produto turístico participando numa apresentação das Estações Náuticas do Algarve no dia 14 de Março, a partir das 11:00 horas, no Stand do Algarve onde serão abordados os objetivos e ações previstas para a afirmação de Faro como destino náutico.

Aproveitando a oportunidade de estarmos presentes na principal feira de turismo nacional, o Município irá ainda participar no stand da Associação de Municípios da Estrada Nacional 2, localizado no pavilhão 2, visando promover esta rota turística que vem ganhando uma relevância crescente anualmente.

A Estrada Nacional 2, (EN2), é a mais extensa estrada portuguesa, com 739 km, desenvolve-se ao longo do País ligando Faro a Chaves, atravessando 35 concelhos, 11 cidades e muitas mais vilas e aldeias portuguesas. Foi classificada como Estrada Nacional em 1945 e assume-se actualmente como um produto turístico nacional. Recorde-se que a revista norte americana Frommer’s, especialista em viagens, considera a EN2 equivalente à famosa estrada americana Route 66, e elegeu-a como um dos 19 locais a visitar no mundo em 2019.

 

Moçambique: Caixa Geral de Depósitos, Fidelidade e Millennium bcp juntam-se à Cruz Vermelha Portuguesa e à UNICEF Portugal no apoio às vítimas do ciclone Idai.

A catástrofe natural causada pela passagem do ciclone Idai em Moçambique provocou uma devastação de grande magnitude, com um elevado número de vítimas, tendo gerado milhares de desalojados, perda de alimentos, recursos e prejuízos ainda incalculáveis. Moçambique e Portugal são países irmãos, com múltiplas parcerias empresariais e com extensa cooperação institucional, no qual muitos portugueses têm raízes, pelo que um acontecimento destas dimensões não nos pode deixar indiferentes. Devido à forte e longa ligação histórica entre Portugal e Moçambique, três entidades portuguesas – a Caixa Geral de Depósitos, a Fidelidade e o Millennium bcp – juntam-se à Cruz Vermelha Portuguesa e à UNICEF Portugal no apoio aos cidadãos moçambicanos.

Com o objetivo de apoiar a população afetada pelo ciclone Idai, existem duas contas, uma na Caixa Geral de Depósitos e outra no Millennium bcp, para as quais qualquer cidadão pode fazer o seu donativo, seja por transferência bancária (na ATM ou por homebanking), MB WAY, ou através das Apps MB Way, Millennium bcp, CaixaDirecta ou Caixa Easy. As contas são respetivamente da Cruz Vermelha Portuguesa (conta na Caixa Geral de Depósitos) e da UNICEF Portugal (conta no Millennium bcp), organizações que têm a capacidade, de forma ágil e célere, dispor dos fundos angariados para prestar apoio de emergência aos moçambicanos mais afetados.

A Caixa Geral de Depósitos, a Fidelidade e o Millennium bcp deram um contributo inicial de 150 000€, que será dividido em igual parte pelas duas organizações beneficiárias, sem prejuízo de outros apoios que cada uma das empresas está a desenvolver a nível local, apelando também aos portugueses que contribuam para esta angariação de fundos de apoio às vítimas do ciclone Idai. Tanto as entidades promotoras desta iniciativa como as Organizações Não Governamentais apelam aos portugueses para que apoiem esta angariação de fundos e façam a diferença com o seu donativo, num país que faz parte da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, na altura em que os moçambicanos mais precisam.

Para contribuir, basta efetuar uma transferência bancária ou um depósito para as Contas Solidárias na Caixa Geral de Depósitos e no Millennium bcp, das seguintes formas:

Conta da Cruz Vermelha Portuguesa na Caixa Geral de Depósitos: IBAN PT50 0035 0027 0008 2402 2305 3

Conta da UNICEF Portugal no Millennium bcp: IBAN PT50 0033 0000 5013 1901 2290 5

MB WAY: 919 919 939

Para mais informações aceda, por favor, aos sites da Cruz Vermelha Portuguesa, em https://www.cruzvermelha.pt/ e da UNICEF Portugal, em https://www.unicef.pt/emergencia-em-mocambique-lp/

Fonte: CV&AAjudaConjuntaMocambique

  • Fundação Galp vai disponibilizar bens de emergência à Cruz Vermelha para apoiar nas operações de socorro
  • Colaboradores da Galp dinamizam ações de recolha de alimentos e bens de primeira necessidade

Presente no país há mais de 60 anos, a Galp está a mobilizar ajuda às vítimas do ciclone Idai, em articulação com a Cruz Vermelha, no apoio humanitário para bens de primeira necessidade.

Em face da situação de calamidade que se está a viver no país, a Fundação Galp vai disponibilizar bens de emergência à Cruz Vermelha no valor de EUR150.000 para apoiar as operações de socorro às vítimas em Moçambique com foco na província de Sofala.  

Consciente que a disponibilidade de combustível é fundamental para as operações de socorro e de reconstrução, a Galp está concentrada em assegurar a normalidade das operações nos seus postos de abastecimento nas zonas afetadas.

Paralelamente, a Galp está a mobilizar os seus colaboradores em diversas geografias para a recolha de bens identificados pela Cruz Vermelha e que serão enviados para Moçambique por avião nos próximos dias.

Sobre a Galp

A Galp é uma empresa de energia de base portuguesa, de capital aberto com presença internacional. As nossas atividades abrangem todas as fases da cadeia de valor do setor energético, da prospeção e extração de petróleo e gás natural, a partir de reservatórios situados quilómetros abaixo da superfície marítima, até ao desenvolvimento de soluções energéticas eficientes e ambientalmente sustentáveis para os nossos clientes. Ajudamos grandes indústrias a aumentarem a sua competitividade, ou consumidores individuais que buscam as soluções mais flexíveis para as suas habitações e necessidades de mobilidade. Integramos todos os tipos de energia, para casa e para a estrada: da eletricidade, ao gás, aos combustíveis líquidos. Contribuímos para o desenvolvimento económico dos 11 países em que operamos e para o progresso social das comunidades que nos acolhem. A Galp emprega 6.389 pessoas. Mais informações em www.galp.com.

Fonte: M P RAjudaMocambique

 

A Associação Turismo do Algarve participa na feira "Salon Destinations Nature 2019", que decorrerá entre os dias 14 e 17 de março, no Porte de Versailles, em Paris.

A "Salon Destinations Nature" é uma das maiores feiras da Europa no que se refere aos produtos de walking e biking. dedicada ao Turismo Natureza e Turismo Activo, em todas as vertentes vocacionadas para actividades ao ar livre. Na edição de 2018, a feira contou com 15 sectores de exposição, 245 empresas participantes e mais de 60 mil visitantes.
Tratando-se de uma feira onde o Turismo de Portugal não estará presente, a ATA organiza uma participação conjunta com os seus associados, com um stand modular de 15 m², decorado com imagens alusivas ao Turismo de Natureza, dando assim uma maior visibilidade ao destino e a possibilidade aos parceiros de divulgarem os seus programas a profissionais do sector e público em geral.

Para informação adicional consultar o site oficial www.destinations-nature.com  

Fonte: ATAParisSalonNature

A Associação Turismo do Algarve volta a marcar presença em mais uma feira Fiets en Wandelbeurs, desta vez, a decorrer em Utrecht, na Holanda, de 01 a 03 de março.

A ATA organiza uma participação conjunta com os seus associados, Proactivetur e The Prime Energize Hotéis, dando assim uma maior visibilidade ao destino e a possibilidade aos parceiros de divulgarem os seus programas a profissionais do sector e público em geral.

O stand modular da região terá aproximadamente 12m2 e será decorado com imagens alusivas ao Turismo de Natureza, principal motivação dos visitantes desta feira direccionada para o Turismo Activo e considerada uma das mais influentes da Europa em produtos de walking e biking.

Produto: Natureza
Mercado: Holanda

Fonte: ATAATA

Sílvia Rodrigues, empresária de Loulé e fundadora da marca Sigues, é a primeira portuguesa a marcar presença numa edição do SIMOF – Salão Internacional de la Moda Flamenca, que este ano irá decorrer de 7 a 10 de fevereiro. Portugal inaugura assim a sua representação neste certame de Sevilha, nesta que é a sua 25ª edição.

  • Designer de Loulé Design Lab estará acompanhada por empresária de Cadiz.
  • I Encontro B2B Juntas Somos Mais realizado em Faro uniu estas 2 empreendedoras.
  • Projeto INTREPIDA visa potenciar a Cooperação Transfronteiriça entre Portugal e Espanha com o apoio do programa Interreg POCTEP

Esta jovem designer portuguesa irá partilhar esta sua experiência no evento juntamente com Marisol Torres, empresária andaluza. Ambas estarão a promover os respetivos trabalhos com o apoio do projeto INTREPIDA - Internacionalização das Mulheres Empresárias de Espanha e Portugal para a Inserção, Desenvolvimento e Alianças – que coordenada a Fundação Tres Culturas Del Mediterráneo, uma iniciativa que visa potenciar a Cooperação Transfronteiriça entre Portugal e Espanha através do programa Interreg POCTEP.

O projeto INTREPIDA tem por principal objetivo impulsionar a competitividade empresarial das PMEs administradas por mulheres no território transfronteiriço da Andaluzia, do Algarve e do Alentejo, promovendo a sua internacionalização através de novos modelos de desenvolvimento e cooperação comercial. Neste âmbito se insere o apoio a estas duas empresárias através do financiamento das suas participações no SIMOF 2019, assegurando os custos com o stand no evento, bem como o alojamento na cidade andaluz e deslocações.

As duas empreendedoras conheceram-se no I Encontro B2B Juntas Somos Mais — uma iniciativa promovida pelo projeto INTREPIDA—, realizado em Faro, no passado mês de novembro. Ambas utilizam a mesma matéria prima, o papel, trabalhando-o de forma diferente, mas com a característica comum de personalizar cada peça aliando estética à qualidade.

O Presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, destaca a importância do projeto INTREPIDA referindo que “nos objetivos que fixamos para o biénio 2019-2020 do apoio ao empreendedorismo em Loulé, a internacionalização dos projetos regionais é um dos eixo fortes que assinalamos para trabalhar, e nessa linha o apoio para uma cooperação transfronteiriça consistente e continuada é fundamental para conseguirmos de forma mais eficaz e eficiente promover a economia e a valorização social. Pelo que considero a participação da criativa Sílvia Rodrigues no projeto INTREPIDA e agora no Salão Internacional de la Moda Flamenca um ótimo augúrio para profícuas e longas colaborações transfronteiriças.”

Silvia Rodrigues iniciou-se há mais de 10 anos na criação de joias em papel de jornal e criou a sua própria marca, a Sigues. Foi a primeira designer nesta área na Europa e uma das primeiras no mundo, tendo sido distinguida por vários prémios a nível nacional e internacional. Atualmente, desenvolve a sua atividade na comunidade criativa, Loulé Design Lab, um projeto da Câmara Municipal de Loulé.  

Para Sílvia Rodrigues, o projeto INTREPIDA ‘representa um apoio fundamental para o desenvolvimento da minha marca, fornecendo as ferramentas fundamentais para a internacionalização da Sigues para Espanha. Tanto no evento em Sevilha, como no evento em Faro pude receber formação em Internacionalização, pude fazer networking com outras empresárias e assim estabelecer algumas parcerias importantes para o crescimento e expansão da Sigues.’

Por seu lado, Marisol Torres fundou a sua própria empresa em 2016, desenvolvendo um projeto pessoal e inovador. Assim nasceu a marca Mariblu que se dedica à criação de peças artesanais para decoração floral e bijutaria em papel, que produz no espaço de co-working artístico de Cádiz: Piedra, Papel, Tijera. O seu trabalho centra-se essencialmente na elaboração de ramos de noivas, tendo recentemente começado a criar pequenas coleções para o universo flamenco.

Financiado pelo Programa INTERREG POCTEP Espanha e Portugal, aprovado pela União Europeia para o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, o projeto INTREPIDA desenvolve outras atividades como o encontro empresarial B2B Juntas Somos Mais Fóruns de Trabalho, Capacitação em Internacionalização e TIC para as empresárias, Visitas a Empresas e Sensibilização Pedagógica em empreendedorismo nas escolas.

A Fundação Tres Culturas Del Mediterráneo, para o projeto INTREPIDA, conta também com a colaboração da Fundación Universidad Empresa de la Província de Cádiz (FUECA) e Diputación de Huelva. Em Portugal, tem uma parceria com as associações NERE e NERPOR, no Alentejo, e está em conversações com a associação REGIOTIC no Algarve para que esta entidade integre o grupo de sócios oficiais do projeto.

Sobre a Fundação “Tres Culturas Del Mediterráneo”

Fundación Tres Culturas Del Mediterráneo, com sede em Sevilha, Espanha, é uma instituição internacional sem fins lucrativos que atua desde 1998 a nível Euro-Mediterrâneo, através de diferentes linhas de ação e de múltiplas iniciativas. A Fundação pretende criar uma maior proximidade e respeito entre cidadãos e instituições apostando na diversidade como um princípio basilar. As suas iniciativas contribuem para um maior enriquecimento socioeconómico através da promoção de projetos relacionados com cultura, geopolítica, empreendedorismo, edução e participação ativa dos cidadãos.

Fonte: MCSilviaRodrigues1SilviaRodrigues2

Interpida

 

Após a azáfama da vinificação e das vendas especiais de dezembro, o ano novo da promoção vínica começa a partir de fevereiro com o arranque do calendário dos certames especializados no setor dos vinhos e bebidas, com a Região Vitivinícola a definir a sua presença, desde já, em dois emblemáticos eventos.

Começa da melhor maneira o calendário de eventos vínicos para a Região Vitivinícola do Algarve, garantindo a CVA – Comissão Vitivinícola do Algarve – a participação em dois importantes certames. O primeiro ocorre já a partir de 22 de fevereiro até a 25, no Palácio da Bolsa, no Porto. Trata-se da Essência do Vinho, a primeira Feira de destaque a nível nacional a realizar-se em 2019 e que este ano cumpre o seu 15º aniversário.

Para já são três os produtores presentes no evento no Porto – Marchalégua, Morgado do Quintão e a Adega Cooperativa Única – estando ainda abertas inscrições para produtores que queiram representar e região e divulgar os seus vinhos, num evento de grande destaque para o mercado nacional e sobretudo na região Norte.

A organização estima a presença de 400 produtores e mais de 3 mil referências de vinho em prova, tendo este ano desenvolvido uma APP do evento que irá funcionar como loja online e permitir que os visitantes possam comprar os vinhos, disponibilizados pelos produtores presentes, logo no momento da prova, com a entrega a ocorrer de forma cómoda em casa. Uma novidade que poderá ser um modelo a seguir noutros eventos similares.

Outro dos eventos vínicos marcantes onde os Vinhos do Algarve estarão presentes, desta feita a nível internacional, é a PROWEIN, que celebra em 2019 uma data emblemática – o 25º aniversário. Durante 3 dias, de 17 a 19 de março, a cidade alemã de Düsseldorf é literalmente o palco dos principais produtores e respetivas marcas mundiais, tanto no setor vínico como no das bebidas alcoólicas.

Dada a importância deste certame a nível internacional, associado ao pesa da Alemanha no setor vínico nacional – é o 4º país no ranking das exportações e o 3º da EU, sendo o que mais cresceu em 2017 (8%) na EU face a 2016 – levou a que a CVA lançasse o desafio aos produtores da região, patrocinando um stand na PROWEIN 2019 de forma a que os Vinhos do Algarve tivessem presença, pela primeira vez, neste evento de referência para o setor vínico internacional. Foram quatro os produtores que responderam afirmativamente e que irão estar a representar a Região Vitivinícola do Algarve com os seus vinhos, nomeadamente: Cabrita Wines, Casa Santos Lima, Quinta da Penina e Quinta dos Vales.

Em 2018 a PROWEIN registou a presença de 6.738 exibidores oriundos de 67 países e cerca de 60.000 visitantes profissionais, números recordes que são esperados para a edição de 2019.

Fonte: CVAVinhosAlgarve1VinhosAlgarve2VinhosAlgarve4VinhosAlgarve5

 

Ricardo Teodósio e José Teixeira superaram o desafio do Azores Rallye, que teve uma das suas edições mais duras dos últimos anos. A dupla algarvia levou o Skoda Fabia R5 ao 3.º lugar do Campeonato de Portugal de Ralis e ainda ganhou três classificativas à geral no Europeu FIA de Ralis (ERC).

Líderes do Campeonato de Portugal de Ralis após a vitória indiscutível na abertura, em Fafe, Ricardo Teodósio e José Teixeira chegavam ao Azores Rallye apostados em obter mais uma boa pontuação para a sua temporada. Nas famosas e exigentes especiais de terra açorianas, a dupla do Skoda Fabia R5 enfrentou um rali atribulado e onde só a espaços pôde mostrar a sua verdadeira rapidez, vencendo mesmo três classificativas na prova do Campeonato da Europa FIA de Ralis (ERC) e quatro troços na prova do CPR. No final, Ricardo Teodósio garantiu o 3.º lugar da prova nacional e o top 5 no evento do ERC.

“Foi um rali difícil para nós e onde tivemos de ultrapassar várias adversidades”, analisou o popular piloto da Guia. “Tudo começou com um toque logo no primeiro troço do rali, que deixou uma ‘roda’ aberta durante as primeiras três classificativas. Na sexta-feira optámos por usar os pneus intermédios em vez dos mais macios e isso deixou o carro com um comportamento algo estranho, levando-me a perder confiança. No sábado o setup estava muito melhor mas fizemos um pião na primeira passagem pelos Graminhais e perdemos o contacto com o Bruno (Magalhães). Ainda assim, o terceiro lugar no CPR e os quatro troços que ganhámos para o Nacional são uma boa operação para o campeonato, além de termos demonstrado um andamento forte sempre que o carro estava ao nosso gosto. Quero agradecer a toda a equipa ARC Sport e o Lorenzo (ndr, engenheiro da Skoda Motorsport), pelo trabalho que fizemos para melhorar o carro ao longo do rali, também às nossas famílias, em especial à minha mãe, que me fez uma visita-surpresa durante o rali, a todos os nossos amigos e ao muito público que nos apoiou na estrada e na assistência. O nosso muito obrigado a todos eles. No próximo fim de semana vamos disputar o Rali de Vila do Bispo e espero voltar a dar espetáculo na nossa região”, afirmou Ricardo Teodósio.

O Rali Vila do Bispo será mais uma oportunidade para ver o Skoda Fabia R5 de Ricardo Teodósio e José Teixeira em pisos de terra, disputando-se no próximo sábado e domingo (30 e 31 de março).RicardoTeodosioRali1RicardoTeodosioRali2RicardoTeodosioRali3RicardoTeodosioRali4

 

No âmbito do programa Município Amigo do Desporto, e resultante da sua política de fomento ao Desporto, a Câmara Municipal de Silves foi um dos municípios vencedores dos concursos “Medida Desportiva” e “Instalação Desportiva” do ano 2019.

Estes galardões foram atribuídos ao Complexo das Piscinas Municipais de Silves (no caso da distinção Instalação Desportiva do ano) e ao projeto “Jogos Desportivos Escolares – Troféu Espírito Desportivo” (no caso da Medida Desportiva do ano) e são o reconhecimento do trabalho que tem vindo a ser feito pela Câmara Municipal de Silves na área do Desporto e na implementação de políticas de incentivo à prática desportiva nas mais diversas faixas etárias e à diversificação da oferta nesta área, assim como de medidas que visam atingir níveis de qualidade de excelência e que têm vindo a ser reconhecidas por diversas entidades, a última das quais traduzida na distinção das piscinas municipais de Silves pela Federação Portuguesa de Natação com o nível de Prata, através do programa Portugal a Nadar.

A Câmara Municipal de Silves congratula-se pelo reconhecimento recebido, que é uma vitória não só da autarquia, como dos seus técnicos, munícipes em geral, comunidade escolar e utentes dos equipamentos desportivos municipais. A todos o nosso muito obrigada.

Fonte: GRP do Mun SilvesDesportoSilves

 

A brasileira Isabela Sousa, atleta de bodyboard, tetracampeã do mundo (2010, 2012, 2013 e 2016), tricampeã latino-americana, campeã pan-americana, campeã do circuito europeu e Top 3 do circuito mundial em 2018, participa no projeto “Individualidades na Escola”. A titulada atleta visita, no dia 2 de abril, a Escola EB 2,3 de Quarteira e a Escola EB 2,3 Padre João Coelho Cabanita, em Loulé.

Neste momento, Isabela Sousa irá falar à comunidade escolar, sobretudo aos alunos, sobre o seu percurso desportivo e profissional, sobre a modalidade que abraçou e sobre a importância de praticar desporto.

“Individualidades na Escola” é um projeto de sucesso da Câmara Municipal de Loulé, que nasceu em 2015, sendo destacado a nível nacional e internacional. Tem levado às escolas do Concelho louletano personalidades do desporto, que se destacam em diferentes modalidades, como Tomaz Morais, Vanessa Fernandes, Dulce Félix, Marco Fortes, Ricardo Pereira, Lenine Cunha e Joana Schenker.

A promoção do desporto, da cidadania desportiva, dos hábitos saudáveis e o reforço da importância da relação escola/desporto no presente e futuro das crianças e adolescentes são os principais objetivos desta iniciativa.

Fonte: GAP da CM LouléIsabelSousaIsabelSousa1IsabelSousa2IsabelSousa3

O Silves Futebol de Clube completa no próximo dia 4 de abril um século de existência e programou, com o apoio da Câmara Municipal de Silves, da Junta de Freguesia de Silves e de vários parceiros, um conjunto de eventos alusivos a esta data marcante.

Assim, no dia 4 de abril, às 17h00 horas, será inaugurada a Sala de Troféus, situada no Pavilhão Mário José Gonçalves, seguindo-se uma arruada pela cidade, com os atletas do clube, e, a partir das 18h30, nos Paços do Concelho, uma sessão de homenagem aos antigos dirigentes que presidiram ao Silves Futebol Clube, numa iniciativa da Câmara Municipal de Silves.

No dia 5 de abril, a partir das 21h30, no Teatro Mascarenhas Gregório, será apresentada a obra “Por Silves, Pelo Silves – 100 Anos”, da autoria de Armando Alves, que retrata um século de existência da coletividade, seguindo-se uma tertúlia a propósito do Centenário, com a presença, entre outros, de antigos dirigentes, treinadores e jogadores.

No dia 6 de abril, o Pavilhão Mário José Gonçalves receberá, a partir das 21h30, a Gala comemorativa do Centenário, com um espetáculo multimédia e muitas surpresas.

Ainda no âmbito do programa das festividades que assinalam o Centenário do Silves, no dia 15 de abril, a partir das 18h00, será inaugurado o alojamento local Domus Xilb, na Rua Francisco Gomes Pablos (antiga sede do clube) e nos dias 19 e 20 de abril o Estádio Dr. Francisco Vieira acolherá a XVI edição do Torneio Silves Jovem – Rui Bento.

Fonte: Silves Futebol ClubeSilvesFutebolClub2SilvesFutebolClub1

A bonita e típica aldeia de Alte recebe no próximo dia 25 de abril a 21.ª Edição da mítica Maratona BTT ALTE Algarve. Alte, como é seu timbre, apresenta-se, nesta 21.ª Edição, com percursos magníficos e repletos de novidades, que permitirão a todos usufruir desta bonita zona da serra e do barrocal algarvio, numa época primaveril, em que os campos e a natureza estão no seu esplendor.

Mantendo-se o espírito de verdadeira festa do Desporto que caracteriza o evento, haverá como sempre diversos níveis e distâncias, e que este ano, são os seguintes:

- Clássico Passeio BTT com 36 km;

- Meia Maratona com 36 km;

- Maratona com 67 km.

Em termos competitivos corre-se em Alte a 2.ª etapa da Taça do Algarve de Maratonas XCM.

Este ano voltamos a apostar novamente no TRAIL / Corrida / Caminhada com um percurso independente de 13,5 Km.

Complementarmente ao BTT e à Corrida será promovido um Passeio Pedestre guiado pelos alunos do Curso de Turismo da Escola Profissional de Alte, pela aldeia de Alte e zona circundante numa distância de 5 km. Será um passeio guiado com o objetivo de apresentar todos os recursos turísticos da aldeia, bem como alguns recursos culturais, destacando-se o Passeio Literário sobre o poeta Cândido Guerreiro. O percurso será realizado em várias etapas, nas imediações da aldeia, terminando na Fonte Grande, local da chegada dos atletas do BTT ALTE.

Um evento com a chancela de Loulé Compromisso com o Desporto e integrado na Semana das Artes e Culturas de Alte.

A animação musical e os sabores da serra e do barrocal vão estar em destaque no Mercadinho Regional que se realiza no espaço de lazer da Fonte Pequena.

À semelhança dos anos anteriores, são esperados mais de mil participantes nesta 21.ª edição do Passeio Maratona BTT ALTE Algarve 2019.

O Passeio Maratona BTT ALTE Algarve 2019 é uma organização conjunta da Escola Profissional de Alte, da Casa do Povo de Alte e do Centro de Animação e Apoio Comunitário da Freguesia de Alte, com a colaboração da Delegação do Algarve da Federação Portuguesa de Ciclismo e da Junta de Freguesia de Alte.

Mais informações em bttalte.pt 

Inscrições BTT apedalar.pt

Inscrições Trail / Caminhada / Passeio Pedestre acorrer.pt

Fonte: Escola Profissional AlteAlteBtt1AlteBtt2

A Câmara Municipal de Loulé continua a apostar na promoção do desporto informal e, nesse sentido, de 9 a 19 de abril, decorrerá mais uma edição da “Páscoa Ativa”.

Em estreita colaboração com diversos parceiros locais, a Autarquia desafia a população do Concelho a participar num programa de atividades gratuitas e abertas a toda a comunidade. Em 10 dias, 148 aulas das mais diversas modalidades vão estar disponíveis a todos os que quiserem fazer uma ou várias aulas, de forma totalmente livre.

Atividades aquáticas como o hidrojump ou hidrobike, surf, crossfit, yoga, ballet, danças como semba, bachata ou tango argentino, pilates, cycling, ABS glúteos, BTT, voleibol ou stretching, várias são as modalidades, das mais tradicionais às mais inovadoras, que poderão ser escolhidas pelos participantes.

O programa decorrerá em vários espaços das cidades de Loulé e Quarteira e da vila de Almancil.

Com este projeto, a Autarquia louletana pretende proporcionar uma Páscoa “fit”, repleta de movimento, boa disposição e novas experiências a todos os seus munícipes mas também a quem visita o Concelho. Esta é, pois, mais uma ação que se enquadra na aposta no desporto informal, levando atividades a toda a comunidade independentemente da faixa etária, social, género ou condição física.

Toda a programação disponível em https://www.louledesporto.com/pascoa-activa/

Fonte: GAP da CM LouléPascoaAtivaLoule2PascoaAtivaLoule3PascoaAtivaLoule4

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB